A importância de aprender a administrar o tempo em casa

6 de julho de 2019
O tempo que passamos em casa com os nossos filhos pode marcar a sua educação no presente e no futuro. A criança precisa aprender a administrar o tempo em casa porque a sua organização pessoal dependerá disso quando crescer.

Geralmente, a casa é o espaço onde a família passa a maior parte do tempo. Os momentos vividos nela devem ser bons e úteis para uma convivência de qualidade. A criança deve aprender a administrar o tempo em casa. Dessa forma, ela vai aproveitá-lo da melhor maneira possível.

Cada integrante da família tem as suas próprias necessidades materiais, pessoais e emocionais, que variam de acordo com a idade. O lazer é uma parte necessária da vida em casa, pois é essencial para viver com bem-estar. No entanto, se dedicarmos muito tempo ao lazer, isso vai nos impedir de alcançar muitos outros objetivos de vida.

É importante saber como administrar o tempo em casa adequadamente. A ideia é que ele seja proveitoso em todos os momentos do dia e leve ao bem-estar e à conquista de objetivos mais importantes.

Aprender a administrar o tempo em casa

O tempo é um investimento e tudo o que é feito com ele tem consequências. Embora a existência seja, por natureza, caótica, os seres humanos evoluíram através do conhecimento. Dessa forma, eles se organizaram para obter o maior bem-estar possível.

Os benefícios da organização da vida diária podem ser observados em qualquer idade. Os adultos são responsáveis por fazer com que as crianças comecem a administrar o tempo disponível de forma responsável.

A má administração do tempo pode ter consequências negativas, até mesmo mais graves do que imaginamos. Um bom recurso para ensinar os mais jovens são os exemplos reais.

Dicas para otimizar o tempo em casa

Planejar um cronograma de tarefas

Isso ajuda a nos lembrar o que está pendente ou o que é mais importante, já que podemos nos esquecer devido ao grande número de tarefas urgentes.

Em suma, a ideia é priorizar o que é realmente importante, para fazer isso em primeiro lugar. No entanto, o cronograma não deve ser inflexível. Ele é apenas uma ferramenta pois, no fim das contas, o que importa são as pessoas.

As rotinas diárias oferecem segurança, mas podem ser excessivas. As listas escravizam e, às vezes, desviam o foco do que é realmente essencial. Por isso, às vezes, é necessário ignorá-las.

Dicas para otimizar o tempo em casa

Um equilíbrio entre o tempo dedicado aos deveres e ao lazer

Nem tudo se trata de deveres e tarefas. É necessário ter momentos para o descanso, para o entretenimento ou simplesmente para não fazer nada.

Para as crianças, esse lazer é ainda mais importante. É a hora das brincadeiras, dos esportes e do “faz de conta”, que são indispensáveis para o seu crescimento e aprendizagem.

As brincadeiras infantis só se tornam um problema quando ultrapassam demais as outras atividades produtivas. Isso é especialmente observado entre crianças e adolescentes ao passarem muito tempo em frente à televisão, com os aparelhos eletrônicos ou os jogos sedentários.

“Os adultos são responsáveis por fazer com que as crianças comecem a administrar o tempo disponível de forma responsável.”

Reservar um tempo para o afeto e a interação social e familiar

O afeto, às vezes, é algo que fica bastante esquecido na convivência. Assim, colocar o hábito do afeto em um cronograma é uma excelente maneira de não esquecê-lo.

Nós não somos autômatos: precisamos de beijos e abraços, bem como de expressões verbais de afeto, comunicação afetiva e conversas. Com isso, adquirimos autoestima e alcançamos uma boa integração e um bom ambiente familiar.

A casa também é um lugar para projetos de vida

Os projetos pessoais que são a base do futuro não se limitam ao espaço escolar ou ao trabalho. Eles continuam em casa e, por essa razão, deve haver um tempo para continuar a desenvolvê-los nela.

Incluir passeios e férias

É necessário sair de casa de vez em quando. Além de representar um momento de descanso, à distância, é possível apreciar e valorizar o ninho ainda mais.

A casa não é uma prisão. Na imaginação das crianças, as memórias dos passeios divertidos e das férias em família permanecerão para sempre.

Benefícios de uma boa administração do tempo em casa

Benefícios de uma boa administração do tempo em casa

Aprender a administrar o tempo em casa diminui a tensão e o estresse. Isso proporciona bem-estar físico e psicológico, pois dá uma sensação de controle.

Além disso, é uma tarefa que deixa muitos aprendizados. Entre eles:

  • Adquirir responsabilidade e maturidade desde pequenos.
  • Organizar-se, hierarquizar, internalizar o valor do planejamento e concluir o que foi começado.
  • Aquilo que é aprendido na escola em relação à educação afetiva, à convivência, ao respeito, aos valores e ao ato de compartilhar é complementado. Isso determina como as crianças serão com seus pares adultos no futuro.
  • Cuidar da casa, de si mesmos e dos seus entes queridos.

Em resumo, ensinar as crianças a administrar o tempo não é apenas um capricho infundado dos pais. Os benefícios são reais e muito importantes para o futuro.