A lua influencia o parto?

· 9 de março de 2019
Certamente você já ouviu falar sobre a influência da lua no comportamento dos mares e até mesmo no cérebro humano. Além disso, esse astro influencia muitas mulheres a tomar decisões sobre a gravidez.

Por muito tempo ouvimos diferentes teorias sobre como a lua influencia o parto. Esse satélite natural tem motivado o ser humano a analisar a sua influência sobre o nosso corpo, o meio ambiente e, até mesmo, o próprio nascimento.

Desde a antiguidade, o ciclo menstrual tem sido associado ao ciclo lunar já que ambos têm duração de 28 dias.

Naquela época, a ovulação estava relacionada com a lua cheia e, portanto, a menstruação com o dia da lua nova. Assim, as mulheres que tinham o ciclo inverso eram consideradas bruxas.

Em comparação com outros momentos da fase da lua, mais nascimentos ocorrem durante a lua cheia. Será coincidência? Ademais, algumas pessoas também acreditam que os nascimentos são mais rápidos e simples durante as luas nova e crescente. No entanto, até agora não há base científica para mostrar que essa fase lunar é realmente responsável pela estatística.

Por que tantas pessoas acreditam que a lua influencia o parto?

A partir do momento em que Isaac Newton publicou suas teorias da gravidade em 1687, começamos a entender como a lua e o sol exercem forças que afetam a água dos oceanos. Antes disso, os seres humanos mais primitivos já relacionavam as posições e fases lunares às marés. E eles estavam certos.

Sabe-se que as fases da lua influenciam os oceanos pela lei da gravidade. Então, será que também poderiam afetar os seres humanos, uma vez que somos compostos principalmente de água? Será que a lua tem o poder de afetar o meio aquoso em que o bebê se desenvolve no útero da mãe?

Há muitas perguntas que os pesquisadores tentaram responder. No entanto, ainda não existe uma abordagem com bases sólidas o suficiente que possa provar a influência total da lua nos processos do corpo humano.

Não há evidências científicas que confirmem até que ponto a lua influencia no parto.

O que pessoas experientes dizem a respeito

Muitas enfermeiras mais tradicionais a e as famosas parteiras certamente afirmarão que, dependendo da fase da lua em que o nascimento acontece, terá algumas características bem definidas. Para muitas delas, a lua certamente influencia o parto.

Essas mulheres experientes em trazer bebês ao mundo também mantêm a crença de que a lua pode influenciar  a definição do sexo do bebê. Mesmo assim, não existem evidências suficientes para verificar essa suposição, nem qualquer outra suposição relacionada com as fases lunares e o parto.

Tipos de parto de acordo com a lua

Segundo a crença, as características do parto que podem ser influenciadas pela lua são as seguintes:

Lua minguante

Nesse período há maior probabilidade de rompimento de bolsas amnióticas e coloração do líquido. A quantidade de parto diminui nessa fase e aqueles que ocorrem costumam dar mais trabalho do que o normal.

Geralmente os bebês se colocam em uma posição ruim, então a chegada deles no mundo se torna mais complicada.

Mais nascimentos ocorrem durante a lua cheia em comparação com outros momentos do ciclo. Será coincidência?

Lua crescente

Nessa fase da lua, ocorre um maior número de cesarianas e partos induzidos devido à dilatação muito lenta da mulher. Apesar disso, geralmente são considerados partos fáceis ou normais, já que muitas vezes não apresentam contratempos.

Lua cheia

Aqueles que acreditam que a lua influencia o parto afirmam que durante essa fase é quando mais bebês chegam ao mundo. Nesse caso, existe pouca probabilidade de partos por cesárea, uma vez que as gestações que terminam em lua cheia geralmente completaram os nove meses de gestação.

Há aqueles que acreditam que a lua influencia no parto

Lua nova

As parteiras asseguram que os nascimentos são muito mais rápidos durante a lua nova. Nessas circunstâncias, as futuras mamães entram na maternidade com uma boa quantidade de centímetros de dilatação e prontas para um parto natural sem complicações.

Dizem que os partos nessa fase são tão espontâneos que, às vezes a mãe não tem nem tempo de assimilar o que está acontecendo quando o parto ocorre.

Sem dúvida, os desdobramentos relacionados a esse assunto e suas conexões são muito interessantes. Entretanto, de fato não há registros estatísticos verificáveis com relação às fases lunares, à quantidade de partos e às suas características.

Portanto, todas as informações que encontramos a esse respeito não são nada mais do que suposições. Muitas pessoas esperam que os avanços científicos e as pesquisas logo possam oferecer informações verdadeiras.

A influência da lua no parto sempre será uma questão que gera interesse entre as mulheres. Quem sabe pode até motivar algumas mulheres a considerar as informações disponíveis para calcular quando querem ficar grávidas e, consequentemente, escolher a data mais conveniente para dar à luz.

  • Margot, J. L. (2015). No evidence of purported lunar effect on hospital admission rates or birth rates. Nursing Research. https://doi.org/10.1097/NNR.0000000000000086
  • Silveira, F. L. da. (2003). Marés , fases principais da Lua e bebês. Caderno Brasileiro de Ensino de Física.