A luta de uma mãe pela saúde de seu filho

2 de agosto de 2018
A luta de uma mãe pela saúde de seu filho é realmente algo admirável.

Essas guerreiras da vida, rainhas mães de seus lares, deixam de lado, a cada dia, todos os deleites que a vida cotidiana oferece a qualquer progenitora, sem se lamentar ou duvidar por um segundo.

Ganhar a luta contra a doença por medo de perder uma vida. Nada menos do que a vida de seu pequeno sol. Isso é o que significa, em linhas gerais, a luta de uma mãe pela saúde de seu filho. Esse pequeno ser que ficará agradecido para sempre, por tamanho esforço, sacrifício e dedicação genuínos.

O que significa a luta de uma mãe pela saúde de seu filho?

A luta de uma mãe pela saúde de seu filho significa levar a criança para fazer o tratamento ou permanecer dias, semanas e até meses inteiros dentro de um hospital, enquanto vê pela janela do centro de saúde como as mamães das outras crianças podem passear, levá-los à escola e também a atividades como futebol e balé.

Essa batalha também significa sacrificar os mais agradáveis e memoráveis momentos para que sejam substituídos por outros muito mais difíceis, mas que mesmo assim não podem deixar de despertar o orgulho materno ao ver a força e a coragem de seu filho, que te ensina diariamente o valor da vida em si.

Além disso, a luta de uma mãe pela saúde de seu filho significa se camuflar na hora de compartilhar com familiares e amigos os belos lugares onde estiverem em família, assim como também escapulir de uma conversa em que seus amigos conversam sobre realizações e notas de provas na escola.

Por fim, essa briga árdua pode requerer numerosos malabarismos. Não somente com seu trabalho, mas também com eventos e reuniões de todo tipo. Lutar pela saúde e pela vida de seu filho significa guardar as lágrimas de angústia e tristeza em um cofre dentro do coração e sorrir sempre que a vida te golpear. Somente por ele.

A luta de uma mãe pela saúde de seu filho muda a vida

luta de uma mãe pela saúde de seu filho

Por acaso você nunca viu uma mãe completamente angustiada, devastada, diante de um computador? Inundada de lágrimas, ela pode passar horas pesquisando sobre a doença do filho e também o que ele precisa para ficar bem. É viver para os dias em que serão realizados os exames médicos.

A luta de uma mãe pela saúde de seu filho é fazer cara feia quando as pessoas se queixam pelo que, obviamente, são coisas pequenas. É buscar o lado positivo a cada dia e chorar de emoção diante de cada avanço, por menor que seja. Por isso, também é ter fé. Não importa o credo, mas simplesmente ter fé.

Essas batalhas pelas saúde de um filho também levam a lutar contra o mau humor, o cansaço, o sentimento de impotência. Você quer desaparecer a cada dia. Mas mesmo assim segue em frente, com uma coragem que nem mesmo sabia que tinha. Somente para conseguir ir mais além pela família que um belo dia você decidiu formar.

A luta de uma mãe pela saúde de seu filho é se levantar cedo a cada manhã, mesmo tendo passado as piores e mais caóticas noites. Mas essa briga sempre significa viver no limite, estar à beira do precipício. Basicamente lutando para poder viver.

A luta de uma mãe, por mais invisível que seja, vale a pena

luta de uma mãe pela saúde de seu filho

No dia a dia dessa guerra a favor da saúde, gerada pelo mais puro e incondicional amor materno, você se sente invisível. É como se ninguém notasse seu sofrimento em absoluta solidão. Mesmo assim, você sempre consegue seguir em frente, fazendo o impossível para dar ao seu filho o melhor cuidado possível.

Certamente, haverá dias em que você vai se perguntar se conseguirá continuar lutando, e se isso vale a pena diante de prognósticos que não são favoráveis. É claro que você perceberá que vale a pena. Vale a luta e a vida. Não se sinta sozinha, agarre-se ao amor, que é o mais importante.

Nesses dias em que a luta de uma mãe se mostra ingrata, levante-se e batalhe. Se você perceber uma melhora, considere que esses momentos de trabalho duro tiveram sua recompensa. É hora de chorar. Mas que essas lágrimas sejam de alegria. Saboreie o sucesso, por menor que seja. E se sinta orgulhosa de si mesma e da criança.

Seja qual for a luta de uma mãe, o tempo que ela demande, a dificuldade que se apresente e a dor que desperte, essa batalha vale mais que todo o ouro do mundo. Ninguém te ensinou a fazer isso. Mas, mesmo assim, você está aqui, saindo-se magnificamente bem. O que você faz é importante e, com certeza, vale a pena.