A magia da relação entre pai e filha

14 de julho de 2018
Sem dúvida, a relação entre pai e filha envolve um elemento mágico inexplicável. Esse post é dedicado a essa maravilhosa relação.

A relação entre pai e filha é um dos vínculos mais intensos quando se trata de um pai presente e dedicado, que dá muito amor e delicadeza à sua pequena princesa.

Não é para menos, uma vez que o pai representa o primeiro homem em sua vida além de ser um modelo muito inspirador. A figura paterna é construída na infância feminina e tem uma influência masculina inicial e próxima da vida cotidiana da menina.

Portanto, aqui em Sou Mamãe queremos te oferecer uma série de dicas para os pais que têm a sorte de ter uma filha. Dessa forma, eles podem e devem construir um dos vínculos mais surpreendentes e enriquecedores: a relação entre pai e filha.


Como fortalecer a mágica relação entre pai e filha?

Mostre à sua filha o seu amor profundo e incondicional pela mamãe. Dessa forma, ela saberá que pode ser amada da mesma maneira. Esse é o motivo pelo qual se afirma que a relação entre pai e filha marca a futura relação das meninas com os homens na sua vida adulta.

Graças a esse primeiro amor que lhe terá mostrado como é um relacionamento amoroso, a menina desejará ter uma história própria tão bonita quanto a de seus pais quando chegar a hora de procurar a sua metade da laranja.

Além disso, a figura do pai ajuda a filha a adquirir e desenvolver a sua feminilidade e personalidade. Diga belas palavras, diga-lhe que é bela e inteligente para que se sinta amada, valorizada e ganhe autoestima e segurança.

Desperte a admiração da sua filha dando-lhe atenção. Escreva cartas e dance com ela. Não deixe passar o tempo enquanto espera o seu aniversário de 15 anos para convidá-la para dançar pela primeira vez. Talvez seja tarde demais.

Não se esqueça de lhe dar toda a sua atenção e aproveitar com ela coisas que são importantes e a faz imensamente feliz. Lembre-se também de deixá-la dormir ao seu lado de maneira que ela possa se sentir protegida e acompanhada.

relação entre pai e filha

A relação entre pai e filha, um vínculo à prova do tempo

Portanto aprecie o momento agora. Atreva-se a cantar, seja o primeiro homem a cantar as serenatas mais lindas antes que alguém faça isso no seu lugar. Aprecie ao máximo seu tempo juntos enquanto pode. Brinque, dance, leve-a para passear e a presenteie com flores.

Leve-a para a escola porque vai chegar o momento em que ela não vai querer que você a acompanhe e ficará incomodada quando você quiser levá-la. É recomendável que ela saiba o caminho de casa desde pequena. O dia em que ela será maior e independente logo chegará, por isso é essencial que você ensine o caminho de casa a tempo.

A relação entre pai e filha funciona como uma bomba-relógio que explode na fase da adolescência quando normalmente essa ligação estreita desaparece, impondo certa distância. De qualquer maneira, essa fase é tão normal quanto essencial para prepará-la para futuros vínculos com outros homens.

Além disso, é nesse período que ocorrem mudanças radicais. A chegada da primeira fase da adolescência na qual o corpo começa a sofrer mudanças e o aparecimento dos primeiros amores normalmente são vividos com certa incompreensão por parte do pai, que se pergunta por que a menina se tranca em seu quarto e recusa a sua afeição.

Embora seja um momento muito complicado, os pais devem continuar próximos às suas filhas. Mesmo quando você sentir que o seu bebê se tornou uma estranha, o seu papel na educação também é essencial para que a criança se desenvolva emocionalmente saudável durante esse processo.

Os ensinamentos ideais da relação entre pai e filha

Finalmente, preencha a sua amada princesinha de ensinamentos de todos os tipos. Boas maneiras e valores devem ser primordiais. Mas, acima de todas as coisas, ensine coisas úteis como trocar um pneu, trocar uma lâmpada ou arrumar alguma coisa da casa. Afinal, você deverá cortar suas correntes para o dia de amanhã.

Ensine que nunca deverá depender de absolutamente ninguém. Ela deverá contar com as habilidades, conhecimentos e destrezas que a liberarão e a ajudarão a levar a sua vida adulta de forma autônoma. Tenha certeza de que todos esses valores ajudarão a sua pequena a se tornar uma grande mulher.