A relação entre frustração e maternidade

26 de maio de 2019
Na vida, encontramos muitos obstáculos difíceis de serem superados. Como mães, devemos enfrentá-los de maneira inteligente, sem deixar que os tropeços no caminho nos preocupem e nos desviem dos nossos objetivos.

Como mulheres, as expectativas em nossa vida são sempre muito altas. No entanto, quando se misturam fatores como frustração e maternidade, parece que tudo vira de cabeça para baixo.

É verdade que ser mãe muda a nossa vida e tudo ao nosso redor ganha um novo sentido. É uma experiência gratificante e maravilhosa.

No entanto, sabemos que também é muito cansativa. Antes, só tínhamos as nossas próprias preocupações. Agora, somado a isso, temos uma vida dependendo de nós em tempo integral. Passamos infinitas noites sem dormir e dias atarefados, sem nem sequer sair de casa.

A isso, acrescenta-se um pouco mais de pressão, caso você tenha outras responsabilidades. Por exemplo, mais filhos, um marido, as atividades da casa, as compras, estudar, trabalhar, entre outras.

Nos primeiros dias, geralmente, temos ajuda, ainda mais se somos mães de primeira viagem. No entanto, em seguida, a rotina pode se tornar muito desgastante.

O estresse emocional, as inseguranças e a pressão geram pensamentos negativos e um cansaço extremo, que nos fazem achar que é impossível continuar. É nesse momento que frustração e maternidade formam uma dupla perigosa e devastadora para qualquer mulher.

A Síndrome de Burnout

Essa síndrome aparece quando a mulher tem estado exposta a um período de estresse intenso e prolongado, física e mentalmente. Essa patologia tem suas origens no âmbito do trabalho, em profissionais que trabalham em um ambiente carregado de estresse.

mulher grávida triste

Mas também se manifesta nas mães, já que elas passam por situações semelhantes em suas casas. Os sintomas são alterações do organismo diante de circunstâncias de estresse crônico, como, por exemplo:

  • Dores musculares e distúrbios gastrointestinais.
  • Insônia e cansaço.
  • Isolamento do ambiente e problemas com o(a) parceiro(a).
  • Sentimento de solidão e frustração.
  • Ansiedade e desânimo.

A fonte do desgaste pode ser a casa ou o trabalho, devido a alguns dias de muita atividade intensa ou noites difíceis sem poder descansar. A higiene pessoal, a alimentação e o sono são deixados de lado para poder cuidar de tudo e estar em dia com as responsabilidades.

O fato de ser mãe exemplar perante a sociedade pesa a quem aspira a isso. Essas mulheres se expõem a uma infinidade de sensações que nem sempre são as melhores.

Quando nos vemos envolvidas em situações extenuantes, é necessário repensar e respirar fundo. Devemos pensar sempre na nossa saúde e no nosso bem-estar.

Se nos deixarmos levar pela depressão e pelo estresse, não poderemos ser as mães que esperamos. Pelo contrário, todas aquelas tarefas que desejamos realizar dificultarão ainda mais as coisas. 

“A combinação de frustração e maternidade terá lugar em sua vida somente se você permitir.”

Dicas para vencer a Síndrome de Burnout

Deixe que te ajudem

Ficar isolada e se deixar consumir na solidão dos problemas que te preocupam é uma péssima escolha. Para começar a trilhar o caminho da maternidade, é necessária a ajuda de seu ambiente familiar e de seus amigos.

Relacionar-se com outras mães que vivem as mesmas situações é benéfico, já que elas se ajudam entre si para enfrentar esses desafios que têm pela frente.

Organize seu tempo e destaque as suas prioridades

Planejar as atividades, dando importância às mais urgentes permitirá que sempre sobre tempo para você relaxar e aproveitar a companhia do seu bebê.

Reserve um tempo para você mesma

Dispor de um tempo sozinha para pensar, andar e respirar é incrivelmente necessário. Nesse momento do dia, você pode relaxar o seu corpo e conectar-se sozinha com a natureza. Isso irá te ajudar a reorganizar suas ideias e lidar com as suas atividades com energias renovadas.

Para desfrutar esse momento de relaxamento pessoal, é necessário contar com o apoio de outra pessoa que cuide do bebê nesse intervalo de tempo.

depressão da mãe ao dar a luz

Administrar o combo frustração e maternidade

Nós nos frustramos quando as coisas que planejamos não saem como nós queremos. Assim, na maioria dos casos, você pode atribuir as consequências a forças externas sobre as quais não temos controle.

Diante dessa situação, temos duas soluções possíveis: resolver o que nos causa frustração ou, infelizmente, ceder a ela. Para lidar com a frustração, podemos seguir uma série de estratégias que ajudarão a não nos preocuparmos com as vicissitudes da vida. Entre elas, temos:

  • Conversar e se relacionar com outras pessoas. Compartilhar os problemas com os outros pode ajudar a encontrar soluções que, por si só, não conseguimos enxergar.
  • Manter a mente aberta e aprender. Os seres humanos são capazes de aprender através das próprias derrotas. Detectar as falhas e repará-las é o ideal a ser feito.
  • Aceitar os resultados, por mais difíceis que sejam. Se você já fez de tudo e ainda assim não funcionou, é o momento de enxergar as coisas de outra maneira.
  • A respiração profunda ajuda a relaxar o corpo e a mente. Assim, você poderá visualizar as possíveis soluções para os problemas facilmente.

A combinação de frustração e maternidade terá lugar em sua vida somente se você permitir. Superar momentos de estresse e desgaste com inteligência e na companhia de pessoas queridas fará toda a diferença.

Aproveite todos os dias da maternidade. Lembre-se de que as etapas vivenciadas junto com o seu bebê não se repetem mais. Portanto, você deve valorizar cada momento com energia e alegria.