A saúde bucal durante a gravidez

· 16 de julho de 2018
Você cuida corretamente da sua saúde bucal? Neste artigo, vamos falar tudo o que você precisa saber sobre a saúde bucal durante a gravidez.

A saúde bucal durante a gravidez é algo que precisamos prestar atenção. Esse aspecto também influencia na qualidade de vida da mulher grávida.

Saúde bucal e gravidez

Sabe-se que durante a gestação, a grávida se torna vulnerável a várias doenças. Por isso, ela deve se cuidar mais e tomar alguns cuidados que antes não levava em consideração.

Para manter uma boa saúde bucal durante a gravidez, um aspecto que nunca deve ser deixado de lado é a higiene e o cuidado com a sua dentição.

Futura mamãe, agora que você vive um dos momentos mais bonitos de sua vida, é imprescindível que aprenda a realizar uma escovação correta. Só assim você eliminará o tártaro e as placas bacterianas que se formam sobre seus dentes.

Uma correta escovação se realiza da seguinte maneira:

Os dentes da gengiva superior são escovados de cima para baixo, tanto no lado interno quanto externo. E os da gengiva inferior, de baixo para cima. Essa técnica protege as gengivas e faz com que elas fiquem totalmente limpas.

Mas, além da escovação regular, para ter uma boa saúde bucal durante a gravidez, você deve pôr em prática métodos como os enumerados a seguir:

Número um: Não morda alimentos muito duros com seus dentes

Se você quer proteger todos os seus dentes, é preciso ter um cuidado especial com os dentes caninos. Eles são os primeiros que são vistos quando você fala, sorri, boceja, tosse, ou quando você faz qualquer outro gesto com a boca.

Sua ausência, desgaste, manchas, cáries… Qualquer transtorno faz com que você seja criticada por não ter uma boa aparência. Algo parecido acontece com o resto da sua dentição.

Os alimentos duros como as balas podem quebrar os dentes. Além da intensa dor que isso provoca, vai prejudicar o seu aspecto.

Para cuidar dos seus dentes, corte os alimentos duros, utilizando as mãos, os talheres e qualquer outro elemento, ou, simplesmente, evite-os.

Número dois: Não ingira ácidos em excesso

Os ácidos são inimigos do esmalte. Mesmo que às vezes possam servir para limpar as gengivas, não são recomendáveis se, por exemplo, você sofrer de desgaste na sua dentição.

A dor que aparece em seus dentes quando eles sofrem desgaste e você toma muito suco de limão, é, acima de tudo, incômoda.

Número três: Não mastigue alimentos duros com os dentes obturados com amálgama

Todas as cáries devem ser obturadas, e, embora algumas formem buracos quase imperceptíveis, constituem um dano irreparável para o dente.

Quando uma cárie aparece, os dentes ficam debilitados e usá-los na mastigação de elementos muito duros, como carnes semiprocessadas, por exemplo, pode ocasionar sua fratura.

Número quatro: Faça reconstruções e salve o seu dente

Muitas vezes não há como preservar o dente, mas às vezes, não é preciso chegar a extraí-lo. Quando se reconstrói um dente, é possível salvá-lo. Assim, você poderá usá-lo por mais alguns anos.

Lembre-se de que agora que você está “esperando” um bebê, você precisa de todos os seus dentes para esboçar um belo sorriso que demonstre o quão contente você se sente com sua gravidez.

Número cinco: Não use os seus dentes em atividades desnecessárias

Muitas vezes diante da falta de uma tesoura, você usa os dentes para cortar fios. Se você não tem um abridor, acaba usando os dentes para abrir uma garrafa, e, assim, por diante.

A toda hora, você usa sua dentição para realizar outras ações que colocam em risco a sua saúde bucal.

Doenças bucais que podem aparecer durante a gestação

Mãe, mesmo que você tenha tido uma saúde bucal impecável durante toda a sua vida, na fase da gestação, você pode começar a sofrer de gengivite e perceber que as gengivas inflamam e sangram a toda hora.

Além disso, podem surgir algumas cáries e mau hálito. Você também começará a perceber outras doenças que, antes, eram desconhecidas para você.

Nesse período você também pode ter vômitos com frequência ou sofrer de refluxo gástrico. Transtornos que vão incidir desfavoravelmente sobre o esmalte de sua dentição.

Mas, você não deve se preocupar em excesso. A alimentação adequada, uma boa higiene dental e a visita regular ao estomatologista te permitirão solucionar todos os seus problemas bucais.