Amamentar: nem tudo é cor-de-rosa

25 de junho de 2018
Há muitos aspectos da gravidez e da maternidade que foram idealizadas por anos, inclusive por nós mesmas. A amamentação é um deles.

É recente que nós, mulheres, temos nos atrevido a falar em voz alta de coisas que não são tão cor-de-rosa sem nos sentirmos culpadas por isso.

Sobre a amamentação

A lactância materna talvez seja um dos milagres mais fascinantes da vida que podem existir após a concepção e a gravidez. Que o corpo de uma mulher seja capaz de produzir um líquido tão perfeito, tão poderoso, tão nutritivo que nenhum laboratório foi capaz de copiar com todas tecnologias avançadas, definitivamente, é fascinante e deveria ser suficiente para compreender a grande importância de amamentar nossos bebês.

Os efeitos do leite materno englobam uma grande lista de aspectos do desenvolvimento infantil, incluindo:

  • Fortalece o desenvolvimento imunológico do bebê.
  • Bebês amamentados têm maior coeficiente intelectual.
  • Bebês amamentados demonstram um melhor ajuste emocional.
  • Evita gastos da economia familiar.
  • Simplifica os cuidados iniciais ao não exigir lavagem e esterilização de mamadeiras e equipamentos.

Poderíamos listar aqui as maravilhas e as vantagens da amamentação. No entanto, não é o que nos interessa agora, e sim os aspectos difíceis sobre os quais pouco se fala.

Amamentar pode doer um pouco

Certamente, para algumas mulheres, começar a amamentar pode doer um pouco, especialmente no início, talvez durante o primeiro mês. Se este for o seu caso, você deve saber que há muitas outras mulheres como você. Mas também deve saber que essa fase passa e a dor desaparece. Você só precisa se manter focada, otimista e segura da decisão maravilhosa que você tomou com relação à alimentação do seu bebê.

Evite ouvir histórias chocantes de experiências na amamentação que não tiveram finais felizes. Esse não tem que ser o seu caso.

Amamentar cansa

Certamente, a produção de leite para o seu organismo é um gasto de energia importante. Não é por acaso que muitas mulheres perdem peso consideravelmente durante a amamentação.

Cuide de si mesma, tome um tempo para descansar e durma o suficiente. Todo o restante pode esperar e o desenvolvimento do seu bebê vale a pena.

cor-de-rosa

Amamentar toma tempo

O tempo em que uma mãe deve permanecer sentada amamentando seu bebê é considerável. Dependendo do fluxo de seu leite pode ser de até 45 minutos, mais o que precisar para trocar o bebê e fazê-lo arrotar. Esse tempo geralmente é mais valioso se você não tem ajuda doméstica em casa ou se você já tem outros filhos que também precisam de você.

É um desafio conseguir se organizar para cumprir da melhor maneira com todo o trabalho doméstico, também cuidar do bebê, fazer as compras, receber visitas, cuidar de você mesma…

Há uma grande realidade: você não vai dar conta de tudo, é verdade. No entanto, não é nada que com astúcia, organização e estabelecendo prioridades você não consiga alcançar.

Relaxe, seja flexível com você mesma, baixe os padrões de perfeição e se permita deixar os pratos sujos até de noite ou acumular mais roupa para lavar. Peça para alguma amiga ou alguém da família para te ajudar com as compras, por exemplo. Certamente você vai encontrar muitas alternativas. Enfim, demonstre que você pode delegar e adiar.

Amamentar controla suas atividades

Definitivamente, enquanto você está amamentando seu bebê não poderá ficar longe de casa por muitas horas a menos que você possa levá-lo com você. O bebê precisa de você a cada 3 ou 4 horas e você também precisará retirar o leite de seu corpo.

Assim, não há opção além de se tornar uma pessoa mais ágil e capaz. Organize seus recados e preveja os horários em que o seu bebê vai querer comer e os lugares onde você se sentirá mais confortável fazendo isso.

Não se deixe amedrontar por conceitos ultrapassados, dê de mamar ao seu bebê onde for necessário. Há algumas mantas que te ajudam a se cobrir melhor, também flanelas e camisetas com aberturas especiais que irão facilitar a discrição.

Amamentar é um belo ato, para se sentir orgulhosa. Faça-o com discrição para não ofender ninguém, mas não deixe de fazer. Você também pode ficar em seu carro e amamentar ali. Como você preferir, não como outros preferirem.

Amamentar na rua é a única maneira em que você pode se comprometer com certas atividades e começar a dispor de seu tempo.

cor-de-rosa

Amamentar às vezes suja as roupas

Sim, às vezes, o leite sai sem controle e mesmo se você tiver protetores, ele ultrapassa e molha sua camisa. Não tem problema. Já que você vai sair com uma bolsa de fraldas, inclua ali duas ou três trocas de roupa para você. Pronto!

Você tem direito de se sentir mal

Às vezes você vai se sentir agoniada, cansada da dor nos seios ou de fazer uma coisa no tempo em que antes você fazia 5. É normal, se permita, pode chorar, protestar e dizer o que pensa. Isso não faz de você uma mãe ruim ou uma pessoa incapaz de cuidar de um bebê, só faz de você uma pessoa normal. Quando esses momentos passarem, você se descobrirá mais forte. Você pode tudo, afinal você é uma mãe!

Para desfrutar da amamentação você deve cuidar de si mesma. Além de se respeitar e aceitar sem complexos que nem tudo na lactância materna é cor-de-rosa.

Recomendados para você