Analisar a fralda: o que as fezes do bebê querem dizer

22 Junho, 2020
As fezes do bebê são um tema frequente das conversas durante a época das fraldas. Hoje vamos falar sobre o que esperar da primeira troca de fraldas.
 

Embora possa parecer improvável para algumas pessoas, existe um tema universal para os pais: as fezes do bebê. Sem dúvida, não é um assunto para ser conversado durante a sobremesa, mas é importante falar sobre ele. Todos concordam que a cor, a consistência e a quantidade podem fornecer dicas importantes sobre a saúde do bebê.

O mecônio: as primeiras fezes do bebê

O primeiro cocô do bebê é chamado de mecônio e ele é composto de tudo o que o bebê ingere no útero, incluindo líquido amniótico, células da pele e água. O mecônio geralmente tem uma cor verde escura e uma consistência pegajosa.

Ao longo de alguns dias, as fezes devem ficar cada vez mais aquosas e mais claras. Caso contrário, ou se o bebê não defecar constantemente nos primeiros dias de vida, isso pode ser um sinal de que ele não está recebendo a nutrição adequada e é necessário que o pediatra seja informado.

Qual é a frequência normal das deposições durante os primeiros dias de vida?

Nas primeiras quatro a seis semanas de vida, você deve esperar que o seu recém-nascido evacue após praticamente todas as refeições. A aparência das fezes do bebê pode variar dependendo de ele estar sendo amamentado, alimentado com fórmula ou uma combinação de ambos.

O cocô de um bebê alimentado com leite materno geralmente é amarelo, mucoso e líquido, enquanto o cocô do bebê alimentado com fórmula pode ser mais escuro e grosso.

Analisar a fralda: o que as fezes do bebê querem dizer
 

Se o bebê estiver sendo amamentado, pode haver menos evacuações em relação aos bebês que são alimentados com fórmula. É comum que um bebê amamentado passe dois ou três dias sem evacuar. No entanto, se parecer feliz e a sua barriga estiver mole, ele provavelmente estará bem.

Se o bebê for alimentado com fórmula, ele pode ter fezes um pouco mais escuras e firmes do que o cocô de bebês amamentados. Seus excrementos podem ter uma consistência de maionese e a cor pode variar de amarelo a marrom esverdeado ou castanho.

Quanto à frequência, o bebê provavelmente defecará pelo menos uma vez ao dia. É importante observar a consistência das fezes: se tiverem a forma de troncos ou pellets, isso pode indicar constipação. Esse é um fato importante para discutir com o pediatra, pois pode significar que há uma alergia ou um motivo para trocar de fórmula.

Um arco-íris na fralda: como interpretar a cor das fezes do bebê

A cor e a consistência das fezes de um bebê geralmente são um bom indicador para avaliar possíveis problemas de saúde. A primeira recomendação para os pais de primeira viagem é evitar o pânico.

É importante nunca esquecer a relação entre as fezes e o que foi ingerido. Por exemplo: fezes vermelhas podem ser apenas o traço orgânico de ter comido beterraba.

Dito isso, devemos acrescentar que, caso você veja algo incomum, não hesite em levar a fralda para o pediatra, pois isso pode ajudar o médico a fazer uma melhor avaliação. A seguir, vamos mostrar alguns dados sobre o possível significado para cada cor do cocô do bebê:

 

Verde

É comum em bebês alimentados com fórmula e não é motivo de preocupação. Pode ser que o ferro na fórmula para bebês cause uma coloração verde escura. Também pode indicar que o bebê está superando um vírus estomacal. Se ele estiver com gases e desconfortos adicionais, isso pode ser um sinal de que ele é alérgico ao leite de vaca.

Branco ou Cinza

Até os seis meses, quando o bebê ainda está sendo amamentado ou alimentado com fórmula, se as fezes se parecerem com giz ou estiverem esbranquiçadas ou acinzentadas, você definitivamente deve consultar o pediatra.

As fezes brancas podem ser um sinal de que o fígado não está funcionando corretamente. Se o bebê comer sólidos, pode ser algo da dieta. Caso contrário, é importante avaliar, pois isso pode indicar um problema no fígado ou na vesícula biliar.

Analisar a fralda: o que as fezes do bebê querem dizer

Laranja

Os primeiros alimentos sólidos do bebê podem resultar em fezes alaranjadas e geralmente não representam um problema. Também pode ocorrer se a mãe estiver tomando medicamentos ou ingerindo alimentos coloridos artificialmente.

Vermelho

Alguns pontos vermelhos não são um grande problema, pois podem aparecer manchas dessa cor se o bebê estiver com o intestino preso e se esforçar demais para defecar.

 

Se ele estiver começando com a dieta sólida, será necessário revisar todos os alimentos ingeridos. Mas, caso as fezes estejam com muito sangue, isso pode ser um indício de infecção, alergia ou lesão gastrointestinal. É extremamente necessário consultar o pediatra.

Preto

As fezes pretas podem ser causadas pelo ferro na dieta, o que não é nada de mais. Pode ser que ele esteja tomando um suplemento de ferro. No entanto, o ferro derivado da hemoglobina também pode causar essa coloração escura e pode ser um indício de sangramento intestinal. Se você observar fezes pretas, não demore para consultar o médico.

Amarelo

Se você observar fezes amarelo mostarda, saiba que isso é normal em bebês amamentados ou alimentados com fórmula. Entretanto, se forem amarelo brilhante, a mudança de cor pode ser o resultado de medicamentos ou alimentos ingeridos pela mãe.

 
  • Kohn, M. H., & Wayne, R. K. (1997). Facts from feces revisited. Trends in ecology & evolution12(6), 223-227.
  • Fleisher, D., & Ament, M. E. (1977). Diarrhea, red diapers, and child abuse: clinical alertness needed for recognition; clinical skill needed for success in management. Clinical pediatrics, 16(9), 820-824.
  • Bekkali, N., Hamers, S. L., Reitsma, J. B., Van Toledo, L., & Benninga, M. A. (2009). Infant stool form scale: development and results. The Journal of pediatrics154(4), 521-526.