Aprender inglês em casa

24 de novembro de 2019
Aprender inglês em casa trará grandes benefícios para os nossos pequenos.

Como professora e autora do livro Aprender inglés en casa (Aprender inglês em casa), essa é exatamente uma das perguntas que as famílias me fazem com maior frequência. Minha resposta é sempre afirmativa. Os seus filhos podem aprender inglês em casa se você seguir algumas dicas simples e usar os recursos que estiverem ao seu alcance.

É possível aprender inglês em casa?

Graças a mais de 20 anos de experiência no ensino de inglês para crianças e adultos, pude verificar que o ensino de inglês de forma isolada, como apenas mais uma matéria, não funciona porque as crianças precisam ver um sentido no que estão fazendo.

Caso contrário, o inglês apresentado isoladamente não desperta o seu interesse. Em vez disso, se dermos a ele uma utilidade e um contexto, elas aprenderão muito mais rapidamente.

De fato, muitos de nós passamos anos estudando e memorizando o vocabulário para ter um nível aceitável. Aliás, ninguém pode negar que, quanto mais velhos formos, mais difícil é aprender um novo idioma. No caso das crianças, aprender listas de vocabulário ou repetir frases só faz com que elas fiquem entediadas e não progridam.

Atualmente, os nossos filhos têm uma grande oportunidade da qual podemos tirar proveito. Nesse caso, a oportunidade de aprender inglês desde cedo, sem estresse, sem estudar, quase sem perceber. E, acima de tudo, eles podem fazer isso em casa, independentemente do nosso nível de inglês.

ajudar os meus filhos a aprender inglês

É por esse motivo que, como pais, devemos estar cientes de que não podemos perder essa oportunidade que fará com que os nossos filhos aprendam sem esforço. Dessa forma, muitas portas serão abertas em termos pessoais e profissionais.

Por que é melhor aprender em casa?

  • As crianças aprendem naturalmente. Para começar, em casa, as crianças podem aprender naturalmente através da rotina, das brincadeiras e das suas músicas favoritas.
    • Portanto, se o inglês for introduzido sempre que possível, ele será incorporado naturalmente por um lado e, por outro, as crianças não vão nem perceber que estão aprendendo um novo idioma.
  • Elas aprendem enquanto se divertem. Assim como foi dito, ao incorporar o inglês às suas atividades favoritas, o nosso filho vai aprender enquanto se diverte, o que vai facilitar bastante a aceitação do novo idioma.
  • Elas não se sentem forçadas. Além disso, em casa, as crianças não se sentem forçadas porque não veem o inglês como uma obrigação ou uma matéria escolar. Elas simplesmente o incluem na sua rotina diária com total naturalidade.
  • Elas não se sentem constrangidas. Da mesma forma, as crianças pequenas não têm medo de errar. Por estarem em um ambiente seguro e protegido, elas se sentirão muito mais livres para tentar falar, bem como para construir frases ou incorporar vocabulário.

Como posso ajudar os meus filhos a aprender inglês em casa?

  • Escutar o inglês. Tente fazer com que os seus filhos possam escutar o inglês sempre que possível. Tudo serve: rádio, televisão, canções infantis… Mesmo que sejam muito pequenas ou pareçam não estar prestando atenção, o fato de ouvir inconscientemente já está ajudando a aprender.
  • Histórias, músicas e jogos em inglês. Use qualquer oportunidade para explicar uma história em inglês, cantar músicas em inglês ou brincar em inglês. Atualmente, por meio da internet, temos muitos recursos ao nosso alcance.
Aprender inglês em casa

  • Dispositivos em inglês. Caso as crianças usem tablets ou jogos eletrônicos, faça com que sejam utilizados em inglês.
  • Rotinas em inglês. Aproveite as rotinas diárias para introduzir o inglês. A hora do banho, a hora das refeições, a hora de dormir… Qualquer ocasião pode ser útil.
  • Falar em inglês. Encontre oportunidades para que os seus filhos possam falar em inglês com pessoas nativas. Existem muitas opções: desde viajar até outro país, até contratar uma au-pair ou procurar pessoas próximas que falem inglês.

E se o meu nível de inglês não for muito bom?

Como você pode ver, todas as atividades que proponho para que as crianças aprendam inglês em casa podem ser feitas independentemente de os pais falarem inglês ou não. Aliás, se o nível dos pais não for muito bom, vocês também podem aproveitar a oportunidade para melhorar o seu inglês.

No entanto, se um dos dois pais tiver um bom nível de inglês e decidir falar com os filhos nesse idioma, muito melhor. Nesse caso, já estaríamos falando sobre uma criação bilíngue.

Assim, fica claro que o nível dos pais não precisa ser uma limitação para os filhos aprenderem o idioma em casa. Simplesmente, trata-se de ter clareza sobre o nosso propósito e buscar todos os recursos à nossa disposição. Afinal, simplesmente devemos nos lembrar de que, no futuro, os nossos filhos nos agradecerão.

  • Corrales, Bego. (2018). Aprender inglés en casa: Consigue que tus hijos aprendan inglés sin darse cuenta mientras tú lo mejoras.