Artes marciais para crianças

4 de junho de 2019
Praticar esportes ajuda as crianças a crescerem saudáveis e fortes física e mentalmente. Nesse sentido, as artes marciais são uma ótima opção. Você conhece as vantagens dessa prática para as crianças?

No momento de pensar sobre a ideia de matricular os pequenos em alguma atividade esportiva, certamente as primeiras opções que vêm à mente são futebol ou natação. No entanto, as artes marciais para crianças se tornaram populares como uma alternativa esportiva para os pequenos.

Certamente, quando se pensa sobre essas disciplinas, algumas pessoas inevitavelmente as associam com violência, golpes e quedas. No entanto, a realidade é que este é um esporte integral que melhora a concentração e os valores e busca a harmonia espiritual.

Deve-se notar que as artes marciais para crianças não tem o objetivo de ensiná-las a serem agressivas ou violentas, como alguns pensam. Durante os combates, elas aprendem que não é importante ganhar ou perder, mas sim participar.

Cria-se um ambiente em que o professor não apenas ensina o lado esportivo, mas também serve como guia para atuar na mente e no caráter e fornece à criança ferramentas e valores como respeito, autoconfiança e autocontrole.

Isso faz das artes marciais para as crianças um esporte ideal para aquelas que são muito impulsivas, têm pouca concentração, baixa autoestima ou problemas para socializar.

Benefícios das artes marciais para crianças

Ao praticar essas disciplinas, a criança não só está realizando exercícios físicos que melhoram sua flexibilidade e resistência, mas, ao mesmo tempo, está aprendendo um mecanismo de defesa pessoal.

Entre os muitos benefícios das artes marciais estão:

Benefícios físicos

  • Melhoram as habilidades motoras e aumentam a resistência, agilidade, força e flexibilidade graças aos movimentos que praticam.
  • A postura é corrigida e os músculos são fortalecidos.
  • Como as crianças se concentram mais em seu corpo, elas respondem melhor aos comandos e aumentam sua capacidade de coordenação e disciplina.
Benefícios das artes marciais para crianças

Benefícios psicológicos

  • Aumenta a autoconfiança.
  • Aprendem valores esportivos em um ambiente de competitividade positiva.
  • Adquirem valores que são a base das disciplinas orientais, como respeito, trabalho duro e humildade.
  • Aumenta a capacidade de concentração
  • Ensina o respeito pelas normas e figuras de autoridade.
  • Contribui para reduzir problemas de comportamento.

As artes marciais para crianças também têm muitos outros benefícios que, ao contrário de outros esportes, ajudam até mesmo aquelas com dificuldades de atenção ou aprendizagem.  Isso se deve aos seguintes fatores:

  • Permite obter realizações individuais e de curto prazo: através de cada etapa superada, as crianças são recompensadas com faixas de cores diferentes, que correspondem às suas evoluções, o que gera confiança e segurança nelas.
  • Melhora a memória ao executar repetidamente as rotinas que lhe permitem progredir e adicionar mais movimentos.
  • Equilibra o estresse em um ambiente de tranquilidade, muito respeito e bom comportamento dentro e fora das aulas.

“As artes marciais para crianças não têm o objetivo de ensiná-las a serem agressivas ou violentas, como alguns pensam.”

Esse esporte pode parecer muito atraente para nossos filhos, mas várias questões surgem para os pais, tais como: quais são os elementos necessários para a prática desses esportes? A partir de que idade uma criança pode começar a praticar artes marciais? Quais são as disciplinas mais adequadas?

Para praticar qualquer arte marcial, nossos pequenos só precisarão de uniformes especiais, geralmente brancos. Eles são compostos de um quimono, uma calça e uma faixa colorida, que vai mudar em relação ao seu nível de desenvolvimento.

A partir dos três anos, existem muitos tipos de artes marciais que as crianças podem praticar. Há também outras que requerem maior coordenação e controle e, por isso, são recomendadas para crianças com mais de cinco anos.

Artes marciais mais comuns para crianças

  • Taekowndo: é um esporte de combate que usa pés, mãos e outras partes do corpo. Mesmo que costume ser recomendado para crianças a partir dos quatro anos, sua prática pode ser adaptada para todas as idades.
  • Judô: disciplina que procura imobilizar antes de bater. A missão é derrubar o oponente usando a sua própria força, coordenação, equilíbrio e destreza. As crianças podem praticar essa disciplina a partir dos três anos.
  • Karatê: nessa modalidade de arte marcial, são usadas, quase exclusivamente, as mãos e pernas para realizar os golpes. O principal é o domínio da postura corporal, a observação e a análise dos movimentos do oponente.
    • O que mais se procura durante a prática e combate é o bloqueio, se esquivar dos golpes e a oportunidade de atingir pontos fracos no adversário.
Artes marciais mais comuns para crianças

Praticar esportes desde bem jovens, além de diversão ou entretenimento para os pequenos, é uma maneira de manter seu corpo saudável. Também os ajuda a fortalecer suas capacidades físicas e a ficarem menos propensos a doenças.

Como qualquer outro esporte, nas artes marciais para crianças, a constância e o apoio dos pais são um fator-chave, tanto em suas práticas diárias quanto em apresentações e campeonatos.

O esporte ajuda na saúde e, além dos muitos benefícios que proporciona, fortalece os laços entre familiares e amigos.