As 9 perguntas mais frequentes sobre amamentação

29 Abril, 2018
Para todos os pais, e, sobretudo, no caso dos pais de primeira viagem, existe uma série de dúvidas que vêm à mente quando o bebê nasce. Então, quais são as perguntas mais frequentes sobre amamentação?

A amamentação pode ser uma fase difícil para muitas mães, sobretudo, para as de primeira viagem. É que essa atividade está envolta em muitos mitos. Embora hoje em dia exista material suficiente de pesquisa, não faltam perguntas frequentes sobre amamentação.

A maioria das mulheres tem capacidade de dar de mamar aos seus filhos. As experiências contrárias são poucas e em sua maioria podem ser resolvidas com ajuda de um especialista. Para isso, foram criados centros de ajuda ou assistência sobre amamentação.

Entre as perguntas mais frequentes sobre amamentação se destacam as que se referem à produção suficiente de leite ou se as mães poderão alimentar bem o bebê. A verdade é que a prática vai aperfeiçoando a técnica e também a produção, só basta relaxar e se conectar ao bebê.

As perguntas mais frequentes sobre amamentação

Quando é o momento indicado para amamentar o bebê?

A resposta é: logo. O natural é que a mãe receba o recém-nascido e o coloque em seu peito para que comece a mamar. Embora a produção de leite demore, sobretudo nos casos de cesárea, a sucção ajuda no processo.

Como é possível saber se há produção suficiente de leite?

Através da sucção, os bebês se encarregam de aumentar a produção de leite. Por isso é importante, sobretudo nos primeiros dias, que a mãe amamente a criança na hora que ela pedir. Além disso, deve-se levar em consideração a técnica: o rosto do bebê deve ficar de frente para o seio da mãe e sua boca deve ocupar todo o mamilo.

mãe amamentando seu bebê

Quanto deve tomar o bebê?

O bebê deve mamar até ficar satisfeito. O ideal é que esvazie um seio por completo até mamar no outro. Recomenda-se esse procedimento porque o leite que sai no final possui maior quantidade de gordura e contribui para o seu ganho de peso.

Outra pergunta frequente sobre amamentação é a cada quanto tempo o bebê deve mamar. Nos seus primeiros dias, o recém-nascido deve mamar na hora que sentir necessidade; isso vai ajudar a mãe a aumentar a produção de leite. Com o passar dos meses, o mesmo vai regular sua mamada diária.

Se os seios doem, deve-se parar a amamentação?

É normal que nas mães de primeira viagem haja sinais nos mamilos, mas enquanto não houver presença de sangue, pode-se continuar amamentando o bebê. Para aliviar a dor, a mãe pode deixar de usar esse seio que dói e dar o outro até parar a dor. Além disso, é preciso lembrar que é importante tomar cuidado com o aparecimento da mastite.

Para aliviar o leite do seio em recuperação, pode-se utilizar uma bomba tira-leite. Se o seio estiver avermelhado, duro ou dolorido com o toque, é melhor fazer uma consulta com o especialista.

É possível extrair leite e oferecê-lo na mamadeira para o bebê?

Durante os primeiros dias de nascimento, é melhor evitar mamadeiras ou chupetas. Os bebês estão aprendendo a sugar e esses acessórios podem confundi-los por causa de sua textura. Se a mãe sente que os seus seios estão muito cheios, é recomendável que os ofereçam ao bebê.

São recomendáveis os “adaptadores de mamilo”?

Anteriormente, aconselhava-se o uso de “adaptadores de mamilo” para mães com mamilos invertidos ou planos. No entanto, essa condição não é nenhuma limitação para dar de mamar ao bebê. Na sua ação de sugar, o bebê vai encontrar a forma de tirar o leite do mamilo que precisa para se alimentar.

Pode-se dar de mamar se os seios têm próteses?

Essa é outra das perguntas mais frequentes sobre amamentação. As cirurgias para aumento de seio não afetam as glândulas mamárias, que são as que produzem o leite materno, também não há indícios de que as próteses tenham algum efeito sobre o leite ou sua produção.

bebê mamando

Que tipo de dieta deve seguir uma mãe lactante?

A regra de ouro é: o que é difícil para a mãe digerir, será difícil para o bebê digerir também. Alguns alimentos podem provocar gases no bebê, e, consequentemente, as indesejáveis cólicas. Por isso, recomenda-se diminuir o consumo de produtos lácteos, grãos e farinhas refinadas.

O bebê deve beber água durante seu período de amamentação?

Os bebês que mamam obtêm o necessário para se manterem hidratados e bem nutridos. Por isso, não é aconselhável dar água nem outro tipo de líquido. A partir dos seis meses de vida, o especialista vai recomendar introduzir novos alimentos na dieta da criança.