As alterações emocionais durante a gravidez

8 de agosto de 2018
A gravidez é um momento muito especial na vida de uma mulher. Ao mesmo tempo, é um período no qual ocorrem muitas transformações. Por isso, neste artigo, vamos juntos analisar como as alterações emocionais afetam as mulheres durante a bonita fase da gravidez.

Sem dúvida, as alterações emocionais durante a gravidez exigem que a futura mamãe construa as formas de agir mais adequadas para se prevenir no novo cenário. A seguir, vamos contar alguns detalhes sobre essas alterações.

Durante os nove meses de duração da gestação, além das mudanças físicas, ocorrem significativas alterações psicológicas nas mulheres. Exemplos disso podem ser o aumento da ansiedade, da frustração e dos conflitos internos.

A gravidez pode representar um dos momentos mais importantes para a autorrealização de uma mulher. A intensidade das alterações emocionais durante a gravidez pode implicar uma leve modificação em algumas características da personalidade, o que pode levar a um esgotamento significativo.

A capacidade de imaginar o bebê e as mudanças que esse período vai produzir na vida da futura mamãe permitem que a mulher se prepare o máximo possível para o nascimento do filho ou da filha.

As alterações emocionais durante a gravidez

Muitas mulheres, em algum momento de suas vidas, desejam ter filhos. No entanto, uma vez que se sabe da gravidez, os sentimentos podem divergir daquilo que foi imaginado.

Ao mesmo tempo, algumas futuras mamães se surpreendem ao sentir constantes mudanças de humor, irritabilidade e crises de choro repentinas alternadas com grandes manifestações de alegria. As intensas emoções que podem sentir se devem às sobrecargas hormonais e às mudanças na aparência do corpo.

De fato, é normal que as mulheres grávidas apresentem esses tipos de sentimentos. Você não deve ter vergonha disso, já que é importante poder expressar seus sentimentos e se sentir compreendida sem receber nenhum tipo de julgamento. Por esse motivo, é essencial que as grávidas contem com o apoio de seus parceiros, seus amigos e de outras mulheres grávidas.

alterações emocionais durante a gravidez

As alterações emocionais nos três trimestres

Os sentimentos de uma mulher mudam ao longo dos três trimestres de gravidez; cada fase traz seu próprio conjunto de emoções. Por isso, vamos rever como geralmente as alterações emocionais afetam as mulheres ao longo dos três trimestres.

Primeiro trimestre

É possível que nos primeiros três meses de gravidez a mulher sinta leves mudanças emocionais. Como futura mamãe, você deve aceitar a situação e realizar os processos mentais necessários a fim de se preparar para a chegada do bebê. Os primeiros desconfortos físicos vão influenciar nas emoções e no cansaço.

Segundo trimestre

Sem dúvida, esse é o trimestre das emoções positivas para muitas mamães. É considerada a fase mais agradável de todas, já que durante esse período as futuras mamães vivem emoções menos intensas, se sentem menos cansadas, têm menos dores e, consequentemente, sentem o aumento do desejo sexual.

Terceiro trimestre

Durante as últimas semanas de gravidez, a mulher geralmente sente estresse e volta a sofrer com as variações emocionais. Isso pode ocorrer devido ao ganho de peso e às dores, assim como às preocupações em relação ao parto e às futuras responsabilidades.

“O parto é o único encontro às cegas no qual você vai conhecer o amor da sua vida.”

Ansiedade: a alteração emocional mais significativa

Uma das alterações mais relevantes é o aumento da ansiedade que muitas futuras mamães sentem. Pode ocorrer, principalmente, devido aos três seguintes aspectos:

  • Ansiedade pelo nascimento do bebê

Os medos mais frequentes estão relacionados à possibilidade de a criança nascer com algum problema de saúde.

  • Ansiedade em relação a si mesma e à própria experiência corporal

Essa é uma preocupação que se origina como consequência das mudanças corporais relacionadas à forma e ao peso. São receios muito comuns que podem ser facilmente superados.

  • Ansiedade vinculada ao relacionamento com o parceiro

O período da gravidez e o momento posterior ao nascimento implicam mudanças em muitos aspectos e hábitos da vida do casal. Por exemplo, uma delas pode ser a diminuição do desejo sexual. Esse aspecto pode levar a um estado de insatisfação sobre o qual sempre é importante conversar para evitar que se mantenha, mesmo depois de dar à luz.

Além disso, durante a gravidez a mulher também pode passar por mudanças repentinas no humor, apesar de ser um período no qual a futura mãe experimenta sentimentos de bem-estar e plenitude.

alterações emocionais durante a gravidez

Sintomas das alterações emocionais durante a gravidez

Nos casos em que a mulher estiver muito preocupada com as alterações emocionais durante a gravidez, a primeira recomendação é consultar o médico.

A seguir, incluímos alguns cenários que necessitam de assistência médica imediata. Se você observar que apresenta algum desses sintomas, não prorrogue mais a situação.

  • Mudanças de humor persistentes.
  • Episódios de ansiedade.
  • Insônia.
  • Perdas de memória.
  • Tristeza e choro frequentes.
  • Sentimentos de culpa e inutilidade.
  • Impaciência e falta de autocontrole.
  • Falta de interesse por atividades que normalmente gosta de realizar.
  • Falta de ar, dor abdominal, tremores ou tonturas.

Por fim, você deve ter consciência de que as alterações emocionais de maior intensidade devem desaparecer depois do parto. Caso persistam, é aconselhável consultar o médico antes de tomar qualquer medicamento ou remédio natural para combater a depressão ou as mudanças de humor. Lembre-se: você deve se cuidar, pois sua saúde é prioridade!