As crianças são borboletas ao vento: permita que voem o mais alto que puderem

· 4 de agosto de 2018
As crianças são borboletas ao vento, por isso devemos permitir que elas voem o mais alto que puderem.

Uma vez que chegamos à maternidade, nossa missão para com essa pequena borboletinha, que tanto se remexeu dentro de nosso ventre, é construir as melhores asas para ela, com base no amor.

A ideia então é fazer de nossas pequenas lagartas, as mais bonitas e coloridas borboletas, capazes de alegrar nossos dias com sua doçura e beleza, com seus pequenos gestos e ações. Simplesmente com a sua existência.

Para conquistar esta missão, é preciso enchê-las de carinho e do mais doce néctar de nossa própria essência, nutrindo-as, assim, com toda a devoção e o orgulho que sentimos por elas, com seus defeitos e suas virtudes.

borboletas ao vento

As crianças são borboletas, e todas elas são diferentes

Sem dúvida, as crianças são borboletas ao vento. Algumas têm a capacidade de poder voar mais alto que outras. No entanto, absolutamente todas elas tentam fazer isso da melhor forma possível, colocando todo o seu empenho na tarefa.

Talvez várias se caracterizem e se destaquem simplesmente por sua combinação de cores. Algumas terão mais sorte em suas combinações. Mas todas têm um poder hipnótico que vem com sua beleza singular. Apenas se trata de apreciar essas diferenças e saber aceitá-las.

Por isso, é absolutamente necessário evitar todo tipo de comparações, pois são absurdas e desnecessárias. Claro que todas as crianças, assim como as borboletas, são diferentes. Exatamente a riqueza desta diversidade reside na aceitação, no respeito e na inclusão dos outros.

Além disso, aceitar as diferenças significa também poder potencializar precisamente isso que transforma uma criança em um ser único e especial. Somente dessa maneira será possível maximizar todo o potencial que se esconde por trás dessas coloridas e iluminadas crianças borboleta.

Claramente, todas as crianças são borboletas e, por sua vez, todas elas são absolutamente diferentes. Elas existem em diferentes tamanhos, cores e formatos. Mesmo assim, todas são igualmente belas. Cada uma de seu jeito e com suas virtudes. Mas belas afinal, tanto por fora quanto por dentro.

borboletas ao vento

Se seus filhos são borboletas, faça-os voarem alto

As crianças são borboletas, e cada uma – através de diferentes características – é extremamente única e especial. Seja como for, o importante aqui é sustentar delicadamente com nossas mãos essas pequenas almas livres para protegê-las durante sua fase inicial da vida.

De forma inevitável, algum dia, mais cedo do que tarde, chegará aquele duro dia em que deveremos deixá-las voar. Mesmo sentindo dor e nostalgia inexplicáveis, desejaremos com toda a força de nosso coração que subam o mais alto possível.

Será neste momento que compreenderemos que todo o trabalho investido naquelas crianças que são borboletas ao vento não foi em vão. Cada minuto de dedicação, cada sacrifício, diálogo e briga valeu a pena e hoje está alcançando ótimos resultados.

Pois a força do amor, da dedicação, do carinho e da proteção se materializam em autoestima e segurança. Assim, aprendemos juntos a potencializar as atitudes que nos distinguem, aceitando as diferenças e valorizando a diversidade.

Mas tudo isso, é claro, vem diretamente da firme convicção de que sempre podemos sonhar, até mesmo com coisas impossíveis. Pois é totalmente possível acreditar e evoluir e, acima de todas as coisas, somos capazes de voar tão algo quanto nós mesmos desejarmos.