As mentiras que toda mãe já disse alguma vez

· 1 de novembro de 2018
A maioria das mães estão dispostas a contar mentiras para o bem dos filhos. Veja 7 mentiras que toda mãe já disse alguma vez.

Geralmente, trata-se de mentirinhas que pretendem garantir um bom final para um plano pensado anteriormente. Outras vezes, não são tão pequenas assim, mas toda mãe alguma vez já disse uma mentira aos seus filhos.

Talvez não dissemos todas, mas com certeza chegaremos a dizê-las no futuro.

Como os nossos filhos reagirão? Perceberão a nossa as mentiras? Você verá como será divertido lembrar desses momentos.

As mentiras da mamãe

Mostraremos a seguir algumas mentiras para você, elas fazem parte de uma compilação de histórias de muitas mães. Também mencionaremos algumas invenções das nossas próprias mães.

Nenhuma é suficientemente ofensiva para ter causado um trauma infantil. Por isso, geralmente são lembradas com alegria.

1. “Prometo que nada vai acontecer se você me disser”

Geralmente, isso de “nada vai acontecer” não é verdade porque, muitas vezes, a verdade é um pouco amarga.

Uma vez que tenhamos conhecimento do que aconteceu, é difícil manter nossa promessa.

Isso certamente aconteceu conosco quando éramos apenas filhas, mas repetimos a mesma frase no nosso papel de mãe.

as mentiras

2. “Vou pensar”

Às vezes, essa é a melhor maneira de negar algo aos nossos filhos sem a necessidade de recusar na hora.

Na maioria dos casos, falamos isso a pedidos pouco prováveis de serem cumpridos.

Provavelmente, também nos disseram essas coisas quando éramos pequenas. Com o passar do tempo, acabamos esquecendo os pedidos e as nossos filhos também.

3. “Não precisa se preocupar, eu estou bem”

Toda mãe prefere contar mentiras aos seus filhos do que vê-los preocupados ou tristes. Por esse motivo, é comum mentir quando nos sentimos mal.

Geralmente, as mães não têm descanso e estão sempre à disposição da família. Ter uma dor ou estar incomodada com algo, na maioria dos casos, são casos que diminuímos para que nosso filho também não se sinta mal.

4. “Quando você tiver x anos, poderá ter isso”

Existem muitas razões pelas quais devemos negar algo aos nossos filhos. Às vezes, temos medo se é algo que envolve algum risco, por exemplo, andar de patins.

Outras vezes, trata-se de uma limitação econômica. Por isso, é necessário prorrogar o pedido.

Dizer aos nossos filhos que são muito pequenos, que em breve terão algo, é uma resposta rápida, que podemos utilizar enquanto for possível.

as mentiras

5. “Levante-se que já é tarde”

Mentir sobre a hora é uma habilidade que toda mãe vai aperfeiçoando com o tempo.

Quando queremos que as crianças se apressem e tenham tempo suficiente para tomar café da manhã e se arrumar com calma, é melhor adiantar um pouco o relógio.

Também é comum apressar nossos filhos na volta para casa. Dizer que já são 23 horas quando na verdade são 22h é uma mentira que toda mãe alguma vez já contou.

6. “Já vamos”

Na hora de sair, é melhor que os pequenos esperem por nós do que o contrário. Por esta razão, nos acostumamos a mentir sobre o momento da saída para que se arrumem.

Também é comum que façamos isso quando eles estão chateados, querem ir embora ou ainda falta muito tempo para algo. Geralmente, dizemos que “já vamos” muitas vezes.

7. “Fique tranquilo, eu sei o que estou fazendo”

Uma das tarefas maternas é transmitir segurança para seus filhos. E você vai fazer isso, ainda que tenha que mentir.

Por isso, vai enfrentar qualquer desafio ainda que não saiba como fazer. Você pode estar perdida, não ter ideia de como fazer algo, mas sempre terá uma palavra tranquilizadora. 

Não é uma obrigação saber tudo. Mas é uma obrigação poder dizer aos nossos filhos que tudo sairá bem e que as mães nunca erram.