As perguntas mais comuns das crianças

8 de julho de 2019
Quem nunca se surpreendeu com uma pergunta inesperada feita por uma criança? Sua curiosidade merece respostas concretas e simples por parte dos adultos.

A curiosidade das crianças é ilimitada. Elas questionam tudo o que não entendem ou que chama a sua atenção. É por isso que os adultos devem estar preparados para responder com convicção as perguntas mais comuns das crianças.

Geralmente, isso acontece a partir dos três anos, quando o hemisfério esquerdo do cérebro começa a amadurecer. Com o crescimento, a criança começa a procurar a lógica das coisas e observar o mundo de uma maneira diferente.

Enfrentar esse período de questionamentos pode ser um pouco cansativo para os pais. No entanto, é um bom sinal de que o desenvolvimento do cérebro da criança está acontecendo da forma correta e de que suas habilidades analíticas estão melhorando a cada dia.

Pode ser exaustivo responder a tantas perguntas seguidas. Por isso, é essencial nos armarmos com muita paciência. As crianças têm a curiosidade de aprender, e os adultos ao seu redor sempre serão a sua primeira escolha para resolver todas essas dúvidas.

Benefícios da curiosidade das crianças

Estas são as principais vantagens dessa fase de tantas perguntas para as crianças:

  • Estimula o cérebro.
  • Ajuda a superar a ansiedade.
  • Favorece as relações interpessoais.
  • Aumenta a capacidade de aprender coisas novas.
  • Aumenta o interesse pela leitura.
  • Melhora as habilidades de comunicação.

Os pequenos da casa podem fazer inúmeras perguntas, sobre diversos temas e com vários níveis de complexidade. Questionar o porquê de tudo se torna diário na vida deles, especialmente quando são situações que surgem no dia a dia, tais como os fenômenos atmosféricos ou a razão pela qual precisam fazer a lição de casa.

Benefícios da curiosidade das crianças

Aprender algo novo todos os dias através dos familiares sempre é divertido. As crianças veem os adultos à sua volta como orientadores e detentores de todo conhecimento universal.

Mas, se a atitude dos pais for de cansaço e de aborrecimento diante da curiosidade dos seus filhos, eles podem perder a confiança e a vontade de aprender. Estas são algumas das perguntas mais comuns das crianças:

  • Por que chove?
  • Por que a vizinha tem a pele escura?
  • Como os bebês nascem?
  • De onde vem a neve?
  • Por que o céu é azul?
  • Quanto sal existe no mar?
  • Por que as crianças devem fazer as suas obrigações?
  • O que é a morte?
  • Como os pássaros voam?
  • Por que devo ir para a escola?
  • Por que devo comer legumes?
  • Como são feitos os bebês?

Esse é um ciclo no qual a criança realmente costuma questionar as coisas. Então, se você perceber que ela está intrigada por algo, você sempre precisa tentar responder de uma maneira simples e que esteja de acordo com a idade dela.

Como responder às perguntas mais comuns das crianças

Responder com outra pergunta

As crianças precisam ser ajudadas a pensar. Portanto, devolver a pergunta pode motivá-las para que elas mesmas encontrem uma resposta. Por exemplo, você pode dizer: “O que você acha?” ou “Por que você acha que isso acontece?”. Essa estratégia pode ser uma boa opção.

Lidar de forma cautelosa com os assuntos de adulto

Quando as perguntas forem relacionadas a assuntos de adulto, devemos fornecer respostas concretas para a criança, usando uma linguagem de acordo com as capacidades de compressão e a idade.

“As perguntas são um bom sinal de que o desenvolvimento do cérebro da criança está acontecendo da forma correta e de que suas habilidades analíticas estão melhorando a cada dia”.

Não responder com pressa ou só para se livrar

Juntamente com a famosa pergunta “Mas por quê?”, aparece mais uma série de perguntas que requerem tempo e paciência para serem esclarecidas.

Responder sem vontade ou de forma incorreta, apenas para se livrar da pergunta, é uma atitude que deve ser evitada. Lembre-se de que a curiosidade ajudará as crianças a desenvolver a inteligência, a melhorar a linguagem e a aumentar a confiança.

As perguntas mais comuns das crianças podem ser difíceis

Certamente, há uma série de perguntas às quais é preciso prestar especial atenção atualmente, que são aquelas que se referem a abusos. Quatro décadas atrás, uma criança pequena não perguntaria quem ou o que é um pedófilo, um estuprador ou um corrupto, mas hoje em dia isso pode acontecer.

De fato, esse tipo de pergunta pode ocorrer por dois motivos: primeiramente, porque a criança ouviu a palavra na televisão ou, então, porque ela foi pronunciada por um amigo; em segundo lugar, pode ser porque ela leu sobre isso em sites na internet.

As perguntas mais comuns das crianças podem ser difíceis

Esse tipo de pergunta, assim como tantas outras, tem origem na simples curiosidade da criança, quem exige que a sua fonte de informações mais confiável a esclareça. Por isso, nesses casos, é sempre melhor explicar em casa o que elas significam.

Além disso, eventos como ataques terroristas, guerras, desastres naturais e outras situações infelizes certamente vão gerar perguntas para a criança. Os adultos podem fazer muito nesses casos, pois eles não apenas se limitariam a responder a uma simples pergunta, mas também aproveitariam a situação para promover valores a esse respeito.

É necessário ter muita paciência e inteligência para encontrar os termos certos para dar às crianças uma explicação sobre as coisas complexas da vida e sobre o que acontece neste planeta em que vivemos.

Mas, com amor e dedicação, poderemos promover a curiosidade dos nossos filhos para que o desejo de continuar aprendendo seja infinito.