Assaduras: causas, sintomas e como tratar

Descubra quais são as causas, os sintomas e como tratar as assaduras dos bebês. Além disso, compartilharemos, ao final, a melhor opção de fraldas para os bebês na atualidade.

Você sabe o que são as assaduras dos bebês? As assaduras dos bebês são uma irritação que ocorre na virilha e na área genital do bebê devido à umidade ou à falta de higiene.

Lembramos que a virilha é uma região que, assim como as axilas, apresenta grande quantidade de glândulas sudoríparas apócrinas.

Apesar de comumente ser categorizada como uma lesão leve da pele, pode se agravar se não for tratada a tempo. Nos casos mais graves provoca ulcerações e feridas na pele.

Causas das assaduras

  • O calor
  • A umidade (por suor, urina e fezes)
  • Falta de ventilação

Essas causas podem ser consequência das seguintes ações:

  • Colocação incorreta da fralda
  • Higiene incorreta da área genital do bebê
  • Deixar o bebê com a mesma fralda por muito tempo

Sintomas e tratamento

Os sintomas que podem indicar que há uma alteração na área de colocação da fralda são bastante evidentes. No começo, percebe-se vermelhidão na área, dor, inflamação e coceira.

Consequentemente, o bebê vai apresentar o reflexo de retração ao ter a pele tocada. Se continuar, pode chegar a produzir descamação da pele.

O bebê com assaduras vai chorar constantemente e rejeitar a fralda. Por conseguinte, é preciso ter paciência e não se desesperar com o choro (que é uma reação normal). Nesses casos, deve-se cuidar e procurar aliviar as dores.

assaduras dos bebês

O tratamento das assaduras deve ser realizado com delicadeza para não aumentar a intensidade dos incômodos do bebê. A primeira medida que se deve colocar em prática é lavar a região toda (genitais, bumbum e virilha) com água fresca e sabonete neutro ou antibacteriano (consulte previamente o pediatra).

Em seguida, deve-se secar com cuidado a pele do bebê com uma toalha de algodão bem macia. É preciso levar em consideração que a pele dos bebês é muito mais delicada que a pele dos adultos e, portanto, é importante escolher uma toalha adequada para eles.

“É muito importante trocar a fralda do bebê com frequência para evitar que as bactérias e os fungos se acumulem e causem incômodos”

Tudo o que você NÃO deve fazer em caso de assadura

  • Se seu bebê estiver com assaduras, você deve evitar vesti-lo com roupas de poliéster ou plástico.
  • Passar talco na pele.
  • Perfumar a área com colônias, óleos aromáticos e afins.
  • Utilizar cremes para adultos ou genéricos.
  • Por outro lado, é fundamental não recorrer a remédios caseiros que contenham vinagre, aloe vera ou outras plantas medicinais.

Aspectos que devem ser considerados na hora de escolher uma boa fralda

No momento de escolher uma boa fralda, é necessário considerar alguns aspectos básicos. Em primeiro lugar, é preciso levar em consideração o tamanho do bebê. O tamanho inadequado pode incomodar e provocar vários problemas que podem incluir desde uma simples coceira até hematomas.

Em segundo lugar, devemos considerar o material da fralda. Principalmente porque muitas fraldas descartáveis têm fragrâncias que podem causar alergias.

Por outro lado, é necessário ter certeza de que o produto não contém dioxinas. Estas são substâncias químicas altamente contaminantes e nocivas para a saúde.

Atualmente existe uma ampla gama de fraldas para bebês. No entanto, nem todas as opções têm a qualidade que realmente seria necessário em relação ao aspecto dermatológico.

Em vista disso e da crescente demanda por produtos amigáveis ao meio ambiente, surgiram novas alternativas que oferecem tudo que se precisa:

Muitas mães decidiram dar uma chance às fraldas ecológicas. Principalmente devido ao fato de que elas não são fabricadas com produtos químicos que podem acabar sendo nocivos para a pele dos bebês.

Por outro lado, elas consideram que esse tipo de fralda é uma boa invenção. Ao poder lavar e reutilizar, não precisam gastar tanto dinheiro na compra de fraldas.

assaduras dos bebês

Ao mesmo tempo, as fraldas ecológicas têm outra grande vantagem: costumam ter um tamanho padrão capaz de se adaptar com facilidade ao corpo do bebê. Por isso também não é preciso trocar de tamanho conforme os pequenos crescem.

Na hora de cuidar do nosso bebê, as precauções nunca são demais. Devemos sempre ter em mente que é fundamental prestar atenção a todos os detalhes (como os rótulos dos produtos, por exemplo) para garantir que não apresentam nenhum risco de afetar a saúde dos pequenos.

Recomendados para você