Aumento dos pelos na gravidez

Durante a gravidez, as mães podem notar mudanças nos cabelos e pelos do corpo. Felizmente, é um fenômeno associado ao desenvolvimento do bebê.
Aumento dos pelos na gravidez

Última atualização: 23 março, 2022

Muitas mudanças causadas por hormônios ocorrem em mulheres grávidas. Essas mudanças podem ser diferentes para cada mulher. Nessa ocasião, falaremos sobre cabelos e pelos corporais e como eles são afetados durante a gravidez.

O hormônio responsável pelas mudanças nos pelos do corpo é a testosterona, um hormônio masculino que aumenta durante a gravidez.

Entende-se que assim como algumas em gestantes há a tendência a aumentar a quantidade de pelos no corpo, outras podem apresentar enfraquecimento capilar. As alterações hormonais durante a gravidez são imprevisíveis e nem todas as mulheres são iguais. Tudo depende de como a mudança hormonal afeta cada pessoa.

É normal que as mães de primeira viagem se assustem com o aumento de pelos durante a gravidez. No entanto, após o parto, os hormônios começam a se normalizar lentamente. Ou seja, se os pelos tendem a cair ou aumentar, a situação deve se normalizar aproximadamente entre 6 e 12 meses após o parto. No entanto, se a situação persistir, é aconselhável consultar um especialista.

Qual é a causa do aumento dos pelos durante a gravidez?

O aumento de pelos no corpo está frequentemente associado a alterações nos ciclos hormonais. Um exemplo claro é o hirsutismo, uma condição da pele caracterizada pelo aumento da produção de pelos mediado por hormônios androgênicos, como a testosterona.

Nas grávidas essa situação deve-se a um excesso na produção de progesterona, um fenômeno fisiológico, necessário para o desenvolvimento do bebê no útero. O aumento dos pelos geralmente se intensifica durante os primeiros meses de gravidez.

Na maioria dos casos, a progesterona é responsável pelo aspecto espesso e sedoso do cabelo das grávidas no segundo trimestre de gravidez. Esse fato também condiciona os pelos do corpo a se multiplicarem e ficarem mais escuros.

A principal razão pela qual esse tipo de mudança causa preocupação é o desconhecimento. A diferença na produção dos cabelos da gestante é muito grande, e o mesmo vale para os pelos do corpo. Uma vez que entendemos que essas mudanças são normais na gravidez, podemos evitar muito estresse.

Evolução do cabelo antes, durante e depois da gravidez

Antes da gravidez

O cabelo cresce em um ciclo regular. Cada cabelo cresce e evolui individualmente,e em associação com os pelos ao seu redor. Ou seja, enquanto 10% estão caindo e diminuindo gradativamente, os outros 90% estão crescendo.

Geralmente, o cabelo cresce cerca de meio centímetro por mês, e isso é mantido por um período de 2 a 6 anos. Após esse ciclo, entra na fase de repouso por 2 a 3 meses. Passada essa fase, começa a cair gradualmente.

Durante a gravidez

O cabelo tende a ficar mais tempo na fase de repouso. A razão é que o aumento dos hormônios previne a queda de cabelo.

Na gravidez, o cabelo permanecerá em repouso por muito mais tempo. Cairá menos, dando a impressão de abundância e espessura.

Depois da gravidez

Quando a fase de gestação estiver concluída, o cabelo levará tempo para voltar ao estado de antes da gravidez. Cai mais, mas novos cabelos vão crescer. Eventualmente, recuperará seu ciclo normal de crescimento.

Quais partes do corpo afeta?

Os locais afetados pelo crescimento dos pelos são: abdômen, tórax, seios, axilas, braços, pernas e costas. No rosto é comum o crescimento excessivo na região do lábio superior, nas bochechas e nas orelhas.

É importante evitar o uso de alguns desodorantes e produtos depilatórios tópicos que contenham substâncias nocivas. Substâncias que podem penetrar e atingir o feto através do sangue devem ser evitadas. Da mesma forma, não há necessidade de se preocupar, o crescimento dos pelos voltará ao normal entre 6 a 12 meses após o parto.

Pode interessar a você...
As mudanças nos seios durante a gravidez
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
As mudanças nos seios durante a gravidez

Além do aumento notório do volume dos seios durante a gravidez, existem outros sinais que indicam que a mulher está se preparando para amamentar o ...