Barriga dura na gravidez: o que significa?

A barriga dura na gravidez é uma das sensações mais comuns e suas causas são variadas. Vamos explicar por que elas ocorrem e o que você deve saber.
Barriga dura na gravidez: o que significa?

Última atualização: 25 julho, 2022

A gravidez é uma fase em que são vivenciadas diferentes sensações, desde os primeiros chutes do bebê até sentir a barriga dura em determinadas ocasiões. Principalmente no final da gravidez. Mas por que isso acontece?

As causas desse fenômeno são variadas, embora geralmente sejam fisiológicas na maioria dos casos. Existem alguns fatores que se alteram ao longo da gestação, de modo que nos primeiros meses, o endurecimento pode responder ao estiramento do útero e nos últimos meses, às contrações uterinas.

Saiba mais sobre esse sintoma, quais são suas causas dependendo do trimestre e quando ir ao médico para uma avaliação.

Por que a barriga fica dura no primeiro trimestre da gravidez?

É normal que a barriga fique dura durante a gravidez. No primeiro trimestre, essa sensação deve ser avaliada objetivamente e os sintomas que a acompanham observados, a fim de descartar qualquer anormalidade. Descubra quais são as causas mais comuns nessa fase.

Alongamento do útero e dos músculos abdominais

No primeiro trimestre, o útero começa a crescer e se esticar para dar espaço ao bebê em desenvolvimento, e a resistência que esse músculo faz a esse crescimento resulta na percepção de uma barriga dura.

Da mesma forma, os tecidos que cercam o útero começam a responder da mesma forma a esse crescimento e aumentam a sensação de dureza. Essa sensação geralmente dura pouco tempo e geralmente é experimentada como um espasmo leve e indolor que desaparece rapidamente.

Aborto espontâneo

Como sabemos, as primeiras semanas de gravidez são as mais arriscadas e é comum que ocorra um aborto antes da 12ª semana. Nesse contexto , a barriga fica dura, mas essa sensação também é acompanhada de dor moderada a intensa e sangramento vaginal. Se você apresentar esses sintomas, deve procurar um especialista o mais rápido possível.

Desconforto abdominal

Durante o primeiro trimestre, a progesterona aumenta consideravelmente para promover a gravidez. Mas, além disso, esse hormônio afeta o sistema digestivo e reduz a motilidade intestinal, o que favorece a prisão de ventre. Essa condição pode causar inchaço e uma barriga dura, acompanhada de gases e sensação de peso.

útero gravida 3 meses primeiro trimestre
No primeiro trimestre da gravidez, os músculos, ligamentos e tendões começam a se esticar, e essa tensão pode parecer um aperto na barriga.

Barriga dura no segundo trimestre de gravidez

No segundo trimestre, a barriga começa seu estirão de crescimento, por isso é normal sentir essa sensação de dureza com mais frequência. Algumas das causas deste sintoma no meio da gravidez são as seguintes.

Contrações de Braxton Hicks

Também conhecidas como falsas contrações, elas aparecem por volta da 28ª e 30ª semana, embora algumas mães as sintam já na 20ª semana de gestação. Destinam-se a preparar o útero para o momento do parto e costumam ser breves e indolores. Neste trimestre, elas são menos frequentes que no terceiro, mas podem aparecer e causar o endurecimento da barriga.

Movimentos do bebê

Por volta da 20ª semana, a mãe começa a sentir os movimentos do bebê dentro do útero. Estes podem parecer um leve formigamento nos primeiros dias, mas à medida que o bebê cresce suas “piruetas” podem levar a contrações levemente dolorosas. Assim, a barriga fica dura e muda de forma, como se fosse levantada ou movida para o lado.

É comum você sentir que a barriga fica ainda mais dura à noite. Você não deve se preocupar, porque neste momento está mais sensível a tudo o que acontece em seu corpo e mais consciente do seu bebê.

Qual é a causa de uma barriga dura no terceiro trimestre de gravidez?

No último trimestre da gravidez, as contrações de Braxton Hicks tornam-se mais frequentes e dolorosas, mas diferem do trabalho de parto devido à sua irregularidade e falta de ritmo. O objetivo dessas contrações é suavizar o colo do útero e acomodar o bebê na posição correta.

Contudo, se no final do terceiro trimestre sua barriga endurecer, suas contrações se tornarem frequentes, regulares, dolorosas e você notar corrimento vaginal com aparência de muco, você pode estar entrando em trabalho de parto.

O que fazer se a barriga endurecer?

Devemos ter em mente que essa sensação é fisiológica e não há como evitá-la, pois responde às mudanças naturais da gravidez. No entanto, existem maneiras de aliviar o desconforto:

  • Mude de posição de tempos em tempos, evite ficar na mesma posição por mais de uma hora.
  • Não se esforce em excesso nesta fase, tente descansar o máximo que puder.
  • Mantenha-se hidratada.
  • Tome um banho relaxante com água morna e deixe a água cair na barriga por alguns minutos.
mulher grávida banho banheira relaxamento espuma velas massagem
Fique tranquila, a barriga dura é um processo normal da gravidez, desde que não seja acompanhada de dores persistentes e outros sintomas como os que mencionamos anteriormente.

Quando ir ao médico

Embora uma barriga dura seja uma experiência normal da gravidez, você não deve descartar algumas possíveis complicações dessa fase. Portanto, sugerimos que você consulte seu médico nas seguintes circunstâncias:

  • A dureza da barriga é acompanhada de sangramento vaginal e dor abdominal que não passa.
  • Se sua barriga estiver dura e você parar de perceber os movimentos do bebê.
  • Quando você tem contrações frequentes no mesmo dia, cerca de 4 em 1 hora, acompanhadas de dor.
  • Se a dureza ocorre no final da gravidez e também há perda do tampão mucoso e de líquido amniótico.

Sobre a barriga dura na gravidez

É conveniente que você informe o seu médico sobre o endurecimento da barriga, para que, dependendo do trimestre em que se encontre, ele possa orientá-la da melhor forma durante o resto da gravidez.

Acima de tudo, o importante é saber que essa sensação é muito comum durante a gravidez e que algumas mães a vivenciam com maior ou menor intensidade. No entanto, responde à acomodação uterina para se adaptar ao crescimento do bebê e depois para se preparar para o parto.

Pode interessar a você...
Como reduzir a barriga flácida após a gravidez?
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Como reduzir a barriga flácida após a gravidez?

Reduzir a barriga flácida após a gravidez é um dos principais objetivos de toda mulher. O aspecto físico e saudável é muito importante.