Os benefícios de fazer parte de um grupo de mães

As mães têm milhares de coisas em comum! Fazer parte de um grupo desse tipo não é benéfico apenas para elas, mas também para os bebês. Saiba mais abaixo.
Os benefícios de fazer parte de um grupo de mães

Última atualização: 01 Junho, 2021

Ser mãe é uma experiência incrível, mas para algumas delas, como as mães de primeira viagem, também pode ser um momento delicado. Mesmo contando com a família ou os amigos, muitas vezes é necessário contar com alguém que já passou pela mesma experiência para ajudar você a expressar suas dúvidas e inseguranças. Um grupo de mães pode ajudar a viver a maternidade de uma maneira mais tranquila.

Devemos estar cientes de que muitas vezes as pessoas do nosso meio social habitual não podem ou não sabem responder às nossas dúvidas, mesmo que elas queiram nos ajudar e apoiar. Não se esqueça de que são as mães que sabem melhor do que ninguém quais são as necessidades dos filhos, mas às vezes a gente se sente sozinha.

Sentir que não estamos sozinhas ajuda muitas mães a viverem sua maternidade com mais tranquilidade. Contar com outras mães que já passaram ou que estão passando pela mesma situação pode ser um grande apoio nos momentos delicados.

Contar com um grupo de mães

Os grupos de mães dão a outras mães a oportunidade de conhecer mulheres que estão passando pela mesma situação ou enfrentando os mesmos problemas. Nesses grupos de mães, elas podem falar de suas dúvidas sobre temas como amamentação, criação, depressão pós-parto, cólicas infantis, dores causadas pelos primeiros dentes, dormir na mesma cama… Lembrando sempre que em caso de dúvida ou emergência médica devemos levar nossos filhos ao pediatra.

Hoje em dia, existem muitos grupos de mães que às vezes surgem espontaneamente ou são formados por mães que se conheceram no hospital ou no consultório de pediatras. Elas podem se reunir em cafés, parques, centros de lazer…

Além disso, as novas tecnologias podem nos ajudar a encontrar grupos de mães com os quais podemos entrar em contato a qualquer momento. Existem diferentes grupos de mães na internet, no Facebook, e você pode até criar um novo, através do WhatsApp, por exemplo, formado pelas mães que conheceu no hospital.

Entre seus benefícios, você pode compartilhar experiências sobre a maternidade com outras mulheres, fazer perguntas, conhecer diferentes visões sobre o mesmo assunto, entender que outras mulheres enfrentam os mesmos problemas ou criar uma rede de apoio entre todas as mães.

 

Entre os problemas que você pode encontrar, pode ser que algumas mães deem conselhos que não estão de acordo com sua maneira de viver a maternidade, ou você pode ter que lidar com conflitos entre mães que têm opiniões diferentes. Cada uma, como mãe e como pessoa livre, pode optar por participar ou não.

Por esse motivo, recomendamos que você use esses grupos desde que sejam benéficos para você. No momento em que um grupo de mães oprime ou não ajuda, não faz mais sentido continuar a manter contato e você deve considerar se afastar. O objetivo é encontrar um grupo de ajuda e apoio, não mais um problema.

Os grupos de apoio à amamentação

Também são muito benéficos os numerosos grupos de apoio à amamentação que têm sido criados em muitas cidades. Cientes de que o leite materno é o melhor alimento que pode ser oferecido ao recém-nascido, mais de 90% das gestantes desejam amamentar seus filhos pelo menos durante a licença maternidade.

Mãe amamentando seu filho

Mas muitas vezes surgem medos, dúvidas e inseguranças. Além disso, mães com problemas adicionais, como amamentar gêmeos ou crianças prematuras com problemas respiratórios.

Em muitas cidades, foram criados grupos de amamentação que são formados por mulheres, a grande maioria mães, interessadas em ajudar outras mães a amamentar seus bebês. As consultoras de amamentação geralmente são mulheres preparadas, formadas e qualificadas no assunto.

Costumam ser discutidas dúvidas sobre a amamentação, como questões relativas a posturas, mamadas, quantidades, amamentação sob demanda… Os grupos também podem ajudar a solucionar problemas que surgem como rachaduras, mastites, a melhor forma de usar a bomba tira-leite, a amamentação no caso dos bebês prematuros…

Não pense duas vezes: os grupos de mães são benéficos quando o assunto é a criação dos nossos filhos. Não deixe de se juntar a um grupo desses em breve, seja na sua cidade ou nos vários grupos que você pode encontrar on-line.

Pode interessar a você...
Crie crianças sem orgulho, mas cheias de amor-próprio
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Crie crianças sem orgulho, mas cheias de amor-próprio

O orgulho leva as crianças a ficarem na defensiva e reagir com violência. Por outro lado, o amor-próprio permite que se respeitem e respeitem os ou...