Quais são os benefícios psicológicos do esporte em crianças

16 de janeiro de 2019
Os esportes oferecem desde uma maior compreensão das dinâmicas sociais e são até mesmo capazes de ajudar as crianças a canalizar o estresse produzido por suas atividades escolares. A seguir, forneceremos mais detalhes sobre as suas vantagens.

Os benefícios psicológicos do esporte nas crianças são múltiplos. Embora seja de conhecimento geral que é importante praticar exercício físico desde cedo ajuda a combater o sedentarismo e estimula a motricidade, na atualidade também se fala sobre os benefícios psicológicos que o esporte oferece.

As crianças que praticam esportes são mais disciplinadas, felizes, aprendem mais rapidamente e se integram de forma positiva na sociedade. Por isso, é importante que os pais conheçam os benefícios psicológicos do esporte para as crianças e, sem dúvida, as orientem para que comecem a praticar a disciplina que mais gostam.

Quais são os benefícios psicológicos do esporte em crianças

Todas as especialidades médicas concordam que fazer esportes ou exercícios físicos proporciona ao indivíduo um bem-estar integral. Além de servir como uma excelente atividade recreativa, também estimula as funções cognitivas e o respeito pelas normas.

Como a lista de vantagens é tão extensa, a seguir apresentaremos as mais relevantes:

Melhora as habilidades cognitivas

O aumento das atividades cognitivas, sem dúvida, é uma vantagem fundamental. As crianças que praticam esportes demonstram poder memorizar mais e melhor.

Além disso, retêm melhor a informação em comparação às crianças sedentárias. Isso ocorre porque, ao se exercitar, elas aumentam a produção de células do hipotálamo, que é a parte do cérebro encarregada de controlar o sistema nervoso e o sistema endócrino.

Bem-estar emocional e prevenção de estados depressivos

Tanto em adultos como em crianças foi demonstrado que, com a liberação de endorfinas, que são produzidas com a atividade física, os indivíduos sentem uma sensação generalizada de bem-estar. Consequentemente, são menos propensos a sofrer de estresse ou a entrar em estados depressivos.

meninos que gostam de esportes

Fora isso, é amplamente recomendado a prática de atividades físicas ou esportes para crianças hiperativas, impulsivas ou com atitudes violentas. Assim, elas conseguem drenar a sua energia e reduzir a sua ansiedade.

Integração com a sociedade e respeito às regras

Mediante os esportes, as crianças aprendem a conviver e a trabalhar em equipe. Esse fato é fundamental, pois muitas das vezes elas não conseguem fazer isso na escola ou em outras atividades. Isso porque, quando compartilham com outras crianças objetivos e interesses em comum, aprendem a importância da colaboração.

Por outro lado, também incorporam conhecimentos sobre as normas e as regras a partir de uma perspectiva muito diferente. A partir da prática, entendendo, em primeira mão, sobre as injustiças.

Então, as crianças entendem que é essencial aplicar as regras. Dessa forma, podem começar a seguir as regras estabelecidas em casa e na escola sem dúvidas nem rejeições.

Ampliam os seus espaços de socialização

As crianças que praticam esportes em instituições esportivas, academias ou clubes também contam com a possibilidade de ampliar o seu grupo social e de amigos.

Desse modo, aprendem a se relacionar com outras crianças de diferentes estratos sociais, ampliam a sua mentalidade, percepção e compreendem sobre os diversos indivíduos de uma sociedade.

“As crianças que praticam esportes são mais disciplinadas, felizes, aprendem mais rapidamente e se integram de forma positiva na sociedade”

Aumento da autoestima

As vitórias nos esportes também servem como um fator importante para consolidar a autoestima da criança.

De fato, o fortalecimento muscular e a boa aparência física em geral, produto do exercício, fazem com que as crianças sintam mais confiança, percam a timidez e comecem a amar o seu corpo. Surge também um interesse por se alimentar bem e cuidar da sua saúde.

Aparecimento da neurogênese

Com a atividade física, o cérebro é ativado e começa a produzir mais neurônios. Ao mesmo tempo, fortalece todas as conexões entre eles. Esse fenômeno cerebral tão benéfico para o organismo se chama neurogênese.

Quando os neurônios se multiplicam e as suas conexões são reforçadas, o que acontece é que os indivíduos adquirem a capacidade de tomar decisões mais rapidamente.

Além disso, tornam-se capazes de seguir um raciocínio lógico e se afastam significativamente das divagações. Isso se traduz, em suma, como um aumento de inteligência.

hóquei para crianças

Surgem hábitos saudáveis

Estima-se que as crianças que realizam atividades físicas também começam a desenvolver hábitos saudáveis, como, por exemplo, têm mais higiene, se limpam mais ou cortam as unhas regularmente.

Por outro lado, começam a rejeitar o excesso de alimentos com gorduras. Além disso, estão mais conscientes da hora para dormir, de descansar o suficiente ou de cumprir as suas obrigações dentro dos tempos estipulados.

Como recomendação final, você deve saber que muitos desses benefícios podem não ocorrem em algumas crianças se forem obrigadas a fazer algum esporte em particular. Muito menos se exigirmos delas um nível que não esteja de acordo com o senso comum, o carinho e a compreensão.

  • Unicef. (2004). Deporte, recreación y juego. Unicef.
  • Guillén García, F., Castro Sánchez, J. J., & Guillén García, M. Á. (1997). Calidad de vida, salud y ejercicio físico: una aproximación al tema desde una perspectiva psicosocial. Revista de psicología del deporte, 6(2), 0091-110.
  • Márquez, S. (1995). Beneficios psicológicos de la actividad física. Revista de psicología general y aplicada: Revista de la Federación Española de Asociaciones de Psicología, 48(1), 185-206.
  • Naranjo, L. H. A. (2015). Beneficios del ejercicio. Hacia la promocion de la salud, 8(1), 86-100. http://sanoyfeliz.galeon.com/deporte.pdf