Biscoitos de gengibre para o Natal

Aproveite os últimos dias do Natal para fazer biscoitos de gengibre com os seus filhos.
Biscoitos de gengibre para o Natal

Última atualização: 28 Janeiro, 2021

Os biscoitos de gengibre, tão típicos de países mais frios, tornaram-se populares no mundo todo. Além disso, eles geralmente são feitos no Natal, por isso queremos compartilhar a receita com todos vocês. No entanto, antes de tudo, é necessário destacar certos aspectos sobre os biscoitos, em geral.

Os biscoitos são produtos de panificação, mesmo que não pareçam

Os biscoitos fazem parte do café da manhã e do lanche da maioria da população. No entanto, eles são feitos com os mesmos ingredientes que qualquer produto de panificação e, portanto, são semelhantes nutricionalmente.

Basta ler o rótulo e observar a ordem em que aparecem: farinha de trigo refinada ou integral, açúcar ou adoçante, óleo refinado de oliva, de girassol ou de palma, soro de leite e outros aditivos. Além disso, dependendo do tipo de biscoito, também podemos encontrar ovos, chocolate, creme de leite, etc.

Por esse motivo, eles fazem parte do grupo da panificação e a única coisa que fornecem é açúcar e gordura trans.

Além disso, cada marca usa as suas próprias estratégias para atrair um público específico. Por exemplo, no caso das crianças, as marcas usam os formatos dos seus desenhos animados favoritos ou de animais para incentivar a diversão e a imaginação.

Deliciosos biscoitos de gengibre para o Natal

Algo curioso é que as marcas aproveitaram o fato de haver um consenso sobre a inclusão de carboidratos no café da manhã para promover o consumo dos biscoitos. No entanto, se observarmos com atenção, cada país toma o café da manhã de acordo com a sua cultura gastronômica, portanto, não há um café da manhã ideal contanto que ele seja saudável.

Por tudo o que foi exposto, eles têm um impacto negativo na saúde, uma vez que o seu consumo habitual aumenta o risco de:

  • Sobrepeso e obesidade.
  • Diabetes tipo 2.
  • Fígado gorduroso.
  • Doenças cardiovasculares.

E se os biscoitos forem caseiros?

Nesse caso, a única coisa que você pode modificar é a qualidade dos ingredientes. Como? Substituindo a farinha branca pela integral, reduzindo a quantidade de açúcar e usando o azeite de oliva virgem. Outra opção em relação ao açúcar é substituí-lo por frutas ou frutos secos, tais como tâmaras, passas, ameixas, etc.

Biscoitos de gengibre

Ingredientes

  • 100 g de farinha de trigo integral.
  • 30 g de amido de milho.
  • 100 g de amêndoas moídas.
  • 50 g de xarope de arroz.
  • 1 colher de sopa de gengibre em pó.
  • 50 g de azeite de oliva virgem.
  • 1 colher de sopa de canela em pó.
  • 1 colher de chá de fermento.
  • 75 ml de leite ou bebida vegetal sem adição de açúcar.
  • 1 pitada de sal.
Biscoitos de gengibre para o Natal

Modo de preparo dos biscoitos de gengibre

Primeiramente, preaqueça o forno a 160°C. Em seguida, misture em uma tigela os ingredientes secos, tais como farinha, amido, fermento, canela, gengibre, sal e as amêndoas moídas. Adicione o azeite de oliva e o xarope de arroz. Então, acrescente o leite ou a bebida vegetal. Misture tudo até ficar homogêneo e obter uma massa moldável.

Espalhe a massa sobre uma superfície coberta de farinha e estenda com o rolo. Neste último caso, use um cortador de biscoitos para obter a forma desejada. Idealmente, eles devem ter motivos de Natal. Coloque-os sobre papel manteiga em uma bandeja. Asse durante cerca de 10 ou 15 minutos ou até dourar. Por fim, é só deixar esfriar.

Lembre-se de que os biscoitos devem ser consumidos esporadicamente, pois favorecem o risco de obesidade e de diabetes tipo 2. Portanto, faça-os de vez em quando para comemorar um aniversário ou uma ocasião especial. Além disso, é uma oportunidade para os seus filhos colocarem a mão na massa na cozinha e aproveitarem o tempo com você.

Pode interessar a você...
4 receitas de sobremesas para dias especiais!
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
4 receitas de sobremesas para dias especiais!

Se você procura receitas de sobremesas para dias especiais, aqui você encontrará 4 delas: simples e rápidas. Ideais para compartilhar com seus filhos.



  • Julio Basulto (2014). La galleta María es tan “bollería” como el croissant. Comer o no comer. [Actualizado el 25 de mayo de 2015, consultado el 31 de diciembre de 2019] Disponible en: https://comeronocomer.es/la-carta/la-galleta-maria-es-tan-bolleria-como-el-croissant
  • Aitor Sánchez. (2018). Comprar bollería es como una hipoteca, te la vas a acabar comiendo y tú eliges los plazos.
  • Raquel Márquez. (2016). La bollería, culpable de la obesidad infantil en aumento en España. El Confidencial.
  • Informe de consumo alimentario en España 2018. Ministerio de agricultura, pesca y alimentación. Madrid, 2019.
  • OMS. Nota informativa sobre la ingesta de azúcares recomendada en la directriz de la OMS par adultos y niños. Organización Mundial de la Salud, 2015.
  • Te Morenga, L.; Mallard, S. y Mann, J. Dieatry sugar and body weight: systematic review and meta-analyses of randomised controlled trials and cohort studies. BMJ 2013, 346.