As brincadeiras brutas com o papai fazem bem para as crianças

02 Outubro, 2020
Se as brincadeiras dos seus filhos com o pai forem brutas, não se assuste, pois isso é normal e eles se divertem muito.

Para uma mãe, todo o barulho e as pancadas podem ser um pouco mais do que preocupantes. Mas, na verdade, as brincadeiras brutas com os pais faz com que as crianças sejam mais felizes e mais bem-sucedidas.

As brincadeiras brutas

De fato, em Top Dog, um livro sobre a ciência da vitória e da derrota, os autores Po Bronson e Ashley Merryman argumentam que as brincadeiras brutas podem dar aos filhos uma vantagem competitiva e ajudá-los a aprender a prosperar em um mundo cada vez mais complicado.

Sabemos intuitivamente que algo mágico acontece quando o papai se joga no chão e deixa os pequenos subirem em cima dele. Mesmo que estivermos um pouco desconfortáveis ​​com toda a atividade, de alguma forma sabemos que esse tipo de brincadeira é especial para fortalecer o vínculo emocional com o pai.

As brincadeiras brutas com o pai fazem bem para os filhos

No entanto, temos consciência de como essa relação afeta a maneira como os nossos filhos veem o mundo e a si mesmos nele? Ou que as brincadeiras brutas podem ajudar a proteger contra a depressão infantil?

Talvez se entendermos que as brincadeiras brutas são uma boa maneira de as crianças gastarem energia ou que elas ensinam os nossos filhos a estabelecerem limites, poderemos relaxar e aproveitá-las.

O vínculo com as mães

Como mães, cada fibra do nosso ser se dedicou a nutrir, cuidar e proteger os nossos bebês antes mesmo de ouvir o primeiro belo choro ou os primeiros passos vacilantes e muito mais. A jornada nos aproximou e nos tornou mais conectadas e em sintonia com os nossos filhos do que poderíamos imaginar.

Durante os primeiros anos, o desenvolvimento dos nossos filhos exige mais de nós, com os pais como participantes ativos que, na maioria das vezes, seguem o nosso exemplo. Mas, por natureza, chega um momento e um lugar em que a participação dos pais deve deixar de estar tão presente.

O vínculo subsequente cresce de forma independente e muito importante. O vínculo com a mãe é estabelecido na infância e o vínculo com o pai é expresso um pouco mais tarde, quando o pai serve como uma base segura que permite à criança explorar e correr riscos.

O que são as brincadeiras brutas

As brincadeiras brutas são, essencialmente, brincadeiras mútuas, agressivas, interativas e de alta confiança, nas quais ninguém se machuca. As crianças se sentem mais relaxadas, conectadas e felizes após as brincadeiras brutasIsso é essencial para estabelecer um vínculo profundo e duradouro com os pais.

Elas estabelecem as bases para a parte do desenvolvimento que vai ajudá-las a funcionar de forma bem-sucedida no mundo. Também contribuem para preparar o caminho para o sucesso e a felicidade das gerações futuras por meio da socialização adequada das crianças para que sejam bons pais.

A boa notícia é que as brincadeiras brutas têm várias formas e tamanhos. Assim, os pais que são mais avessos à fisicalidade extrema podem facilmente encontrar de várias maneiras outras opções que são mais adequadas ao seu estilo. Ao contrário de muitos outros animais, os humanos precisam dos pais muito mais do que apenas por serem recém-nascidos.

As brincadeiras brutas com o pai fazem bem para os filhos

Os pais desempenham papéis fundamentais para o desenvolvimento ideal de traços psicológicos e emocionais, tais como empatia, controle emocional e a capacidade de navegar em relações sociais complexas.

Talvez por causa da preocupação com a segurança financeira futura dos filhos, os pais de todas as culturas humanas se concentram principalmente em prepará-los para competir dentro da sociedade. Assim, eles dão conselhos, promovem o sucesso acadêmico e ajudam a controlar o estresse.

Faz bem para as crianças

Nas brincadeiras brutas, os pais provocam os filhos durante as brincadeiras para depois acalmá-los. Esse padrão ensina as crianças a controlar as emoções, uma característica que confere popularidade entre seus superiores e colegas.

Quando adultos, é mais provável que formem relacionamentos seguros, alcancem uma posição social estável e se tornem pais capazes. Dessa forma, um pai que cuida dos filhos também dá uma vantagem aos netos.

Todas as crianças precisam de contato físico amoroso, e tanto meninos quanto meninas devem obtê-lo dos seus pais. Durante as brincadeiras brutas, pais e filhos obtêm a endorfina do exercício e a ocitocina de um bom abraço. Em suma, isso vai beneficiá-los da mesma maneira que a liberação de ocitocina quando uma criança está sendo confortada ou amamentada.