3 brincadeiras para fazer ao ar livre

28 Agosto, 2020
Correr, apreciar o cheiro da grama, sentir a brisa no rosto... Não há nada mais agradável para as crianças do que brincar ao ar livre.

As brincadeiras ao ar livre são uma das melhores propostas para que os pequenos da casa sintam todos os benefícios do contato com a natureza, formem belas memórias, melhorem suas habilidades sociais e se exercitem em um ambiente que eles adoram.

Já foi demonstrado que, ao manter contato com a natureza, as crianças não apenas ativam mais sua imaginação e curiosidade, como também relaxam e deixam de lado o isolamento que os videogames e a televisão geralmente causam.

Se você quiser sair da rotina e passar um fim de semana diferente, ou até mesmo se estiver planejando um aniversário muito especial para o seu filho, essas três brincadeiras para fazer ao ar livre que vamos mostrar a seguir podem ser incríveis opções.

3 brincadeiras para fazer ao ar livre

Brincar ao ar livre estimula muitas habilidades nas crianças, o que terá um impacto positivo sobre o seu desenvolvimento social, afetivo e cognitivo.

A possibilidade de correr sem limitações de espaço, desenvolver a confiança no corpo e na mobilidade, interagir com outras crianças e aprender sobre liderança e solidariedade são algumas das vantagens de tirar as crianças de espaços fechados e permitir que elas entrem em contato com a natureza.

Seja em um parque, em um jardim, em uma floresta ou até mesmo na praia, qualquer brincadeira nesse tipo de espaço vai despertar toda a atenção e imaginação da criança.

Além disso, ela também vai brincar com o dobro da vontade e do entusiasmo que teria em um espaço fechado. Você vai ver como até mesmo as crianças mais apáticas não conseguirão resistir à tentação de se divertir por um bom tempo.

1. Corrida de caranguejo

Essa brincadeira é destinada a crianças a partir dos seis anos de idade e deve ser jogado em dupla. Para iniciá-la, as crianças devem se posicionar em um ponto de largada, uma ao lado da outra.

jogos infantis para brincar ao ar livre

Os primeiros a começar devem amarrar o cadarço do tênis de uma maneira particular: o cadarço do pé esquerdo de uma criança com o cadarço do pé direito de outra. Na sua falta, eles também podem usar uma fita ou um lenço para amarrar.

Os pais podem participar da brincadeira como árbitros. Ao dar o sinal de largada, as crianças devem começar a andar até atingir a linha de chegada. A diversão consiste em trabalhar em equipe a fim de impedir que sua dupla caia, para que ambos alcancem a linha de chegada em primeiro lugar.

2. Tiro ao prato

Essa é uma das brincadeiras mais simples para fazer ao ar livre, pois são necessários apenas alguns implementos. A atividade consiste em colocar três pratos de plástico na grama, com a mesma distância entre eles. Na parte de cima dos pratos, deve-se escrever com uma canetinha a pontuação que cada um deles terá (20, 40 ou 60 pontos).

Então, você deve pedir que os pequenos procurem pedras bem pequenas na grama, que serão usadas para os lançamentos e arremessos. Você também pode usar moedas pequenas.

Essa brincadeira não só ajuda os pequenos a controlar seu corpo e seus movimentos, como também serve para que eles pratiquem um pouco de matemática para somar as pontuações.

“Brincar ao ar livre estimula muitas habilidades nas crianças, o que terá um impacto positivo sobre seu desenvolvimento social, afetivo e cognitivo”.

3. A bola envenenada

Ao planejar um passeio ao parque para o seu pequeno e os amigos com antecedência, você não pode deixar de levar uma bola. Isso porque existem diversas brincadeiras com bola que todas as crianças adoram!

A bola envenenada é uma das mais divertidas para as crianças. É muito simples: consiste em formar um círculo com os participantes e, no centro, colocar uma criança com a bola nas mãos.

jogos infantis para brincar ao ar livre

Esse participante inicia o jogo dizendo uma palavra, como, por exemplo, “natal”. Então, ele passa a bola para os colegas, que, por sua vez, devem começar a dizer outras palavras que aludam ao primeiro termo (por exemplo: Papai Noel, presentes, etc.), enquanto circulam a bola.

As crianças devem prestar atenção a duas ações: se o colega disser a palavra “veneno”, eles devem passar a bola, mas sem dizer nenhuma palavra.

Além disso, também devem tomar cuidado para não repetir nenhuma palavra que já tenha sido dita por outro colega sobre o tema escolhido. Quem repetir, perde e deve sair do círculo. Ganha a criança que conseguir ficar no jogo durante mais tempo.

Você já deve ter percebido como é fácil criar brincadeiras ao ar livre para as crianças. Então, vá em frente e planeje algumas horas de diversão para os seus filhos durante o próximo fim de semana. Pode ser no jardim ou no parque mais próximo da sua casa.