Como ajudar o seu filho a estudar

Todos aprendemos de maneira diferente. Por isso, as técnicas de estudos do seu filho devem estimular, na medida do possível, vários dos seus sentidos. Fazer os deveres de casa com ele vai ajudar seu filho a estudar. Ao mesmo tempo, você pode descobrir de que maneira ele aprende melhor e qual técnica de estudo é mais eficaz para ele.

Estudar é um hábito que se cultiva todos os dias de diferentes formas, inclusive, por meio das brincadeiras. Para ajudar seu filho a estudar e para fazer com que ele se apaixone por esse hábito, é fundamental pensar em tudo, desde o ambiente até as ferramentas de estudo que ele precisa.

Hoje, explicamos para você algumas estratégias para ajudar seu filho a estudar mais e melhor.

Estratégias para estudar corretamente

1. Espaço para estudar. É muito importante que a criança tenha a disposição um espaço adequado para o estudo. Assim, é fundamental que tenha uma mesa e uma boa iluminação onde ela possa realizar suas tarefas adequadamente.

2. Ajuda para se concentrar melhor. Outro elemento imprescindível na hora de estudar é que a criança esteja em um local tranquilo e que, nas horas de estudo, ela fique afastada de objetos que possam ser fontes importantes de distração, como, por exemplo, a televisão ou os videogames.

3. Regule o tempo de estudo. O tempo de estudo de uma criança com menos de 7 anos deve ser entre 45 e 50 minutos ininterruptos. Nessa idade, pode acabar sendo difícil para ela se concentrar, por isso é bom estimular sua aprendizagem através de diferentes atividades ou estratégias, como desenhar mapas mentais ou usar aplicativos de celular para que sejam capazes de realizar a tarefa. A partir dos 7 anos de idade, o ideal é dedicar uma ou duas horas de estudos diários.

O tempo de estudo diário deve ser aumentado na fase da adolescência e na universidade. No entanto, à essa altura espera-se que o hábito de estudo já tenha sido criado

mãe ensinando para a filha, ajudar seu filho a estudar

Técnicas para ajudar seu filho a estudar

Ler junto com ele

Ensinar o seu filho a amar a leitura desde pequeno vai lhe trazer numerosos benefícios. Se ele estiver na fase da educação infantil, é recomendável que seja você a pessoa que leia contos com o objetivo de que ele se familiarize com os livros. Quando der início à educação fundamental e já souber ler corretamente, você poderá ajudá-lo a desenvolver a técnica da leitura compreensiva, priorizando mais a memorização do que a mera compreensão do que foi lido.

A leitura pode vir acompanhada de atividades como procurar no dicionário as palavras que seu filho não souber, sublinhá-las ou fazer um resumo com os dados mais importantes.

Fazer resumos

Depois de ler bem um tema e de compreendê-lo, é preciso sintetizar as ideias e ordená-las. Uma boa maneira de organizar os conceitos fundamentais na nossa mente é aprender a expressá-los por meio da utilização da técnica dos resumos. Muitos especialistas concordam em dizer que os resumos nos ajudam a diferenciar aquilo que é realmente importante e a aprender a sintetizar o que foi lido em poucas palavras.

Ensinar o seu filho a fazer bons resumos é dotá-lo de uma boa ferramenta que ele vai poder utilizar em toda a sua vida acadêmica.

A técnica do sublinhado

Não importa se o seu filho é daqueles que faz anotações na aula ou daqueles que prefere resumir as ideias com suas próprias palavras antes de estudar, o imprescindível é que ele aprenda a sublinhar corretamente. Aprender a destacar as ideias principais de um texto nem sempre é uma tarefa fácil. Por isso, a princípio dever ser você quem vai ajudar a distinguir entre o que é relevante e o que não é.

Lembre-se que de nada vai adiantar que seu filho sublinhe suas anotações se ele não aprender essa técnica.

mãe lendo para os filhos, ajudar seu filho a estudar

Fazer anotações

Anotar as ideias principais de um tema exige que a criança exercite sua atenção e coloque em prática sua capacidade de síntese. Reler as próprias anotações vai ajudar a se lembrar das aulas e memorizar os pontos mais importantes de cada tema.

Além disso, fazer anotações em um caderno faz com que a criança desenvolva sua imaginação e possa elaborar listas de palavras, dar título às epígrafes ou classificar os temas de acordo com seus próprios critérios com a finalidade de favorecer a capacidade de memorização. Tudo isso vai fazer com que estudar acabe sendo uma tarefa simples e palatável para ele.

Preparar-se para uma prova

Quando seu filho fala para você que tem uma prova, não deixe que ele estude na última hora. É bom que você fale com o professor e se informe sobre o tipo de avaliação que vai acontecer. Assim, você vai ser capaz de ajudar o seu filho a se preparar da melhor maneira possível.

Se ele estudar um pouquinho todos os dias e reforçar seus conhecimentos alguns dias antes da prova, vai se sentir seguro de que sabe a matéria.

Para concluir, é importante que você faça com que ele se lembre de que a primeira coisa que deve fazer é ler e entender bem as perguntas. Depois disso, ele deve começar a responder aquelas que forem mais fáceis e as que sentir mais segurança. Por último, é fundamental que releia a prova e faça uma revisão antes de entregar à pessoa que estiver aplicando.

Recomendados para você