Como ensinar ao seu filho o amor pela escrita

2 de novembro de 2017

Como mãe, alguma vez você já se perguntou “o que fazer para que meus filhos amem a escrita”? O que fazer para que eles apreciem e aprendam a importância das habilidades da linguagem, para que peçam para lermos uma história ou um livro, ou para que os acompanhemos à biblioteca?

Se esse for o seu caso, temos uma boa notícia, pois em todos os lares, incluindo o seu, existem diferentes maneiras de estimular o interesse das crianças pela escrita, pela leitura, e pela arte da comunicação.

A importância da leitura é inquestionável. Ela está associada ao sucesso escolar, ao desenvolvimento de um bom vocabulário, do pensamento crítico, da habilidade na escrita, e ao desenvolvimento social.

O amor pela escrita e pela leitura promove, entre outras coisas, a empatia e o juízo social, elementos que se desenvolvem ao ler sobre os conflitos humanos, as nossas origens, nossas raízes, e as possíveis soluções para os nossos problemas.

Para a criança será muito difícil desenvolver o amor pela escrita e pela leitura, se desde cedo ela passar horas na frente do computador, do tablet, do celular ou dos jogos eletrônicos, pois esses equipamentos não são grandes aliados na hora de desenvolver bons hábitos de leitura ou escrita nas crianças.

menina escrevendo em seu caderno

O que fazer para que seu filho ame a escrita

Fale com ele e o escute

Mantenha conversas que desafiem o pensamento e a imaginação do seu filho, conversas que sejam significativas. Fale de coisas que ele conheça e que sejam interessantes para ele. Além disso, o escute sem fazer interrupções. Amplie o que seu filho disse, incluindo uma ou duas palavras novas. Desafie-o a pesquisar, buscar na memória, e pensar sobre o que viu ou ouviu sobre um tema familiar, e o ajude a ampliar o seu conhecimento.

Procure conselhos

Pergunte ao professor do seu filho que tipo de livro ele mais gosta na escola. Ao mesmo tempo, você também pode pedir ao bibliotecário a sugestão de alguns livros apropriados à idade do seu filho, não apenas de histórias infantis, mas poesias, músicas, histórias em quadrinhos e mapas.

Convide seu filho para se divertir com sons e palavras

Explore os sons da linguagem. Proponha brincadeiras com rimas, alterações, misture sons específicos, conecte letras e sons…

Realize atividades com o alfabeto

Alguns recursos que você pode utilizar como apoio para se divertir com o alfabeto são: livros, letras com ímã, peças de montar e quebra-cabeças, fichas, cartões… Certifique-se de ter livros à vista em diferentes partes da casa e ofereça grande variedade de estilos e temas.

Proporcione vários materiais para escrever

As crianças também precisam ter à mão materiais para desenvolver suas habilidades de escrita. Você pode apostar em um recipiente para lápis, lápis de cor, tintas, papéis, suporte para escrever, fazer listas ou escrever instruções como um bloco de anotações ou uma prancheta.

“Para viajar para longe, não há barco melhor que um livro” 

-Emily Dickinson, poetisa estadunidense- 

Explique como os livros são criados e como funcionam

mãe deitada no chão lendo com o seu filho

Ao mesmo tempo em que você presenteia e lê livros, revistas ou outros materiais escritos, ajude seu filho a aprender como eles são impressos e organizados. Aponte as palavras à medida que vocês leem. Mostre à criança as diferenças entre as imagens e o texto. Explique cada uma das partes do livro, como a capa e a primeira página.

Crie um mundo de emoções ao ler para os seus filhos

Através da rotina diária de leitura em voz alta, as crianças vão começar a amar a escrita e a leitura. Esses momentos podem ser inesquecíveis para o seu pequeno, faça os barulhos que os animais fazem e mostre grande prazer pela história que vocês estiverem lendo. Comece a criar uma imagem associativa na criança da leitura como um instrumento de prazer.

Tudo vai caminhar pouco a pouco, não pressione a criança

Não é prudente tentar ensinar uma criança a ler com um programa “milagroso” que pode acabar criando uma aversão na criança pela leitura porque ela ainda não está neurologicamente pronta para desenvolver essa habilidade.

Para as crianças em idade pré-escolar os livros interativos são excelentes. Eles podem ser utilizados para escutar barulhos ou criar movimentos ao movimentar um flecha, são maravilhosos para despertar nas crianças o amor pelos livros e o desejo de aprender a ler e escrever. Você pode repetir as mesmas histórias se a criança pedir.

Se você quiser que seu filho leia dê livros de presente nos aniversários ou em datas especiais. Você também pode criar uma pequena biblioteca com livros adequados à idade, e que correspondam ao interesse do seu filho. Fazer isso vai criar uma imagem mental de que os livros podem ser um excelente presente, um prêmio. Caso contrário, a criança pode acabar associando os livros apenas a trabalhos escolares obrigatórios.