Como criar uma rotina para o bebê dormir

· 5 de abril de 2018
Assim como os adultos, os bebês se guiam em grande parte pelos seus hábitos. E muito mais quando se trata de descanso. Conheça alguns conselhos para estabelecer uma rotina de sono que se assemelhe aos seus horários de descanso.

Os primeiros meses de vida do bebê costumam ser complicados para os pais quanto ao descanso. Uma excelente solução para colaborar na formação de seu ciclo circadiano é estabelecer uma rotina para o bebê dormir. Mas como fazer isso?

Em seus primeiros 4 a 5 meses de vida, um bebê pode dormir entre 16 e 20 hora diárias. Ele não vai dormir de forma contínua, vai acordar às vezes para se alimentar e sentir o contato necessário com a mãe.

À medida que os meses passam, a quantidade de horas que ele precisará dormir vai diminuir. Aos 9 meses já dormirá aproximadamente 14 horas diárias.

Para fazer com que este tempo se encaixe com o horário de descanso do resto da família, podemos preparar rotinas que acostumem os bebês a este ritmo.

Em outras palavras, a previsibilidade e a repetição darão a estabilidade que seu organismo precisa para se desenvolver de forma saudável.

Benefícios das rotinas para dormir

A principal razão pela qual deveríamos considerar criar uma rotina para o bebê dormir é fazê-lo se acostumar ao ritmo de vida das pessoas da casa.

Isso implica em dormir à noite e, ocasionalmente, tirar sonecas durante o dia. No caso do bebê, claro, esse último comportamento será inevitável.

À medida que os meses passam, a quantidade de horas que ele vai precisar dormir vão diminuir.

A estabilidade faz com que o bebê se sinta mais seguro e querido. Como ainda não controla o espaço nem o tempo, contar com hábitos lhe indica que tudo vai bem e que sua mãe está ali para protegê-lo.

Ainda, isso facilitará a inclusão de outras atividades neste esquema. Por exemplo, se o bebê sabe que, logo após comer à noite, deve ir dormir, quando for criança pode acrescentar o hábito de escovar os dentes antes de se deitar.

Como estabelecer uma rotina para o bebê dormir?

Não se trata de uma tarefa fácil, mas com paciência e serenidade, será perfeitamente possível realizar. O momento para começar a inserir estas rotinas é entre a sexta e a oitava semana de vida. A partir de então, seu pequeno se sentirá mais relaxado se for ajudado a levar um ritmo de atividade previsível.

Conselhos a considerar para a criação de uma rotina

  • Deixe-o descarregar sua energia por meio de brincadeiras, caminhadas pela casa ou danças, para que seja mais fácil conciliar o sono depois.
  • Avance progressivamente das atividades agitadas para outras mais calmas.
  • O banho é uma ferramenta essencial para ajudar a formar uma rotina para o bebê dormir. Sua temperatura quentinha é muito relaxante e a sensação de ir para a cama limpo será extremamente acolhedora.
  • Gere uma associação positiva. Isso quer dizer que ir dormir deve ser uma atividade de prazer e não motivo de choros, gritos e chutes.
  • Converse com o bebê antes de dormir. Assim como as histórias quando são crianças, o momento antes de dormir é excepcional para falar com tranquilidade com seu bebê. Nada melhor do que sentir a companhia de seus pais antes de ir para a cama.

O momento para começar a introduzir estas rotinas é entre a 6ª e a 8ª semanas de vida.

Exemplo de rotina para o bebê dormir

  1. Brinque com ele ou coloque-o para brincar e faça com que nesse momento ele libere a maior quantidade de tensão possível.
  2. Depois, lhe dê um banho quente. Se esta etapa deixa seu filho inquieto demais ou ele simplesmente não gosta do banho, é conveniente deixá-lo para os horários da tarde.
  3. Alimente-o.
  4. Leve-o para seu quarto. Se possível, o ambiente deve estar totalmente em silêncio e com as luzes o mais amenas possível para diminuir seus níveis de estimulação ao mínimo.
  5. Sussurre ao seu ouvido, conte uma historinha para dormir ou cante uma canção de ninar.
  6. Você pode balançá-lo até que durma, se já não fizer isso diretamente no bercinho.

Apesar de esta não ser a solução definitiva, é uma excelente forma de começar a corrigir os horários dos bebês. Pode ser que não funcione totalmente na primeira tentativa e demore um tempo, mas você vai ver que, em longo prazo, vai valer a pena.

Também há outras questões que você deve considerar, como a posição para dormir, os fatores ambientais (luz, temperatura, comodidade da cama, etc.) assim como outros métodos para ajudá-lo a conciliar o sono. Lembre-se de que é fundamental que os bebês adquiram hábitos saudáveis.

Além disso, quando se trata de costumes favoráveis para a saúde, nenhuma idade é muito cedo para começar a incluí-los. Com paciência e perseverança, você vai conseguir!