Como deve ser um quarto de bebê

· 4 de dezembro de 2018
Com as sugestões que te daremos neste artigo, você conseguirá fazer com que o quarto do seu bebê seja o lugar perfeito para recebê-lo, oferecendo o calor e a tranquilidade que ele merece.

Quando a mamãe descobre que está grávida, ela tem muitas ilusões na cabeça, entre elas acomodar toda a casa o melhor possível para a chegada do pequeno. Certamente, ela irá se perguntar como deve ser um quarto de bebê e como prepará-lo.

“O funcional é melhor do que o bonito porque o que funciona bem permanece no tempo”.

-Ray Eames-

Como deve ser um quarto de bebê

Para que um quarto de bebê cumpra com sua função, ele deve estar localizado em uma área da casa com boa ventilação, ter luz natural e não ser muito frio ou muito quente. Também deve estar localizado perto do quarto dos pais.

Assim, será escolhido um quarto, dentro das circunstâncias, que tente cumprir com esses requisitos. Nesse quarto, o bebê não só irá passar os primeiros meses de sua vida, mas aprenderá a andar e brincar, ou seja, irá crescer.

quarto de bebê

A iluminação

Se possível, um quarto de bebê deve ter luz natural para que seja mais quente e acolhedor. As cortinas serão escolhidas em tons claros. Além disso, não devem ser muito pesadas para que a luz possa passar pelas janelas.

Se tiver que colocar luz artificial, pode escolher lâmpadas quentes, evitando luzes fluorescentes ou halógenas.

As paredes

Antes de começar com a decoração do quarto, como móveis e demais coisas, temos que escolher a cor para pintar, se iremos decorar as paredes, etc.

As cores que devem predominar em um quarto de bebê devem sempre ser cores quentes ou pastéis. Podem ser escolhidos os clássicos rosa e azul, tons de bege ou verde claro.

Para decorar as paredes com desenhos, letras ou figuras pode se esperar até que a criança cresça um pouco, quando estiver desenvolvendo sua criatividade, talvez a partir dos dois anos.

Também é muito importante escolher uma boa tinta, que não seja tóxica e que seja lavável.

O chão

Como um quarto de bebê não será apenas para os seus primeiros meses de vida, mas também para sua fase posterior de crescimento e desenvolvimento, será necessário procurar um piso que seja fácil de limpar, que seja resistente e aguente os golpes.

Isso porque a criança vai rastejar, jogar coisas no chão e assim por diante.

Devem ser evitados grandes tapetes que não podem ser lavados periodicamente, pois a criança ficaria exposta a infecções.

quarto de bebê

Móveis simples

É verdade que, diante dos gostos, há uma variedade de cores. Mas também é verdade que não é necessário carregar o quarto com muitos móveis. Ou seja, deve ser prático, acolhedor e simples com poucas coisas.

Talvez no início sejam suficientes um berço, um trocador e um móvel tipo aparador ou cômoda para suas roupinhas. À medida que for crescendo, irá precisar de mais espaço para sua mesa, seus brinquedos, seu quadro-negro ou seus jogos de aprendizado.

O material dos móveis novamente é deixado à escolha dos pais, mas é sempre aconselhável evitar móveis com muitos vernizes ou tintas que possam ser tóxicos para o bebê.

Também será muito útil e prático escolher móveis multifuncionais, pois será uma boa maneira de economizar espaço e dinheiro.

Por exemplo, você pode aproveitar o espaço do trocador como um local de armazenamento ou também escolher berços que se tornem uma cama.

Os têxteis

Tapetes e edredons serão, se possível, de fibras naturais, como o algodão, que podem ser bem lavados e proporcionam luz e calor no quarto e também evitam alergias na criança.

O quarto de um bebê deve sempre nos dar uma sensação de paz e serenidade. Portanto, sempre deverão ser evitados os tecidos que sejam muito carregados ou uma decoração exagerada.

“Fazer as coisas o mais simples possível, mas não mais simples”

-Albert Einstein-

Quando optamos pela simplicidade, sempre acertamos. Além disso, evitaremos gastos desnecessários que possamos ter mais tarde e que serão essenciais e verdadeiramente importantes na vida de uma criança.