Como explicar o amor para as crianças?

19 Março, 2020
Para explicar o amor para as crianças, é necessário demonstrá-lo de diversas maneiras. Não devemos nos esquecer de que elas são como uma "esponja" que absorve tudo o que percebem ao seu redor.

A partir de uma certa idade, as crianças começam a fazer perguntas que provavelmente não saberemos muito bem como abordar em um primeiro momento. Por isso, a seguir, vamos mostrar como você pode explicar o amor para as crianças e por que é importante estar informado sobre esse assunto.

É possível explicar o amor para as crianças?

Talvez a criança veja na televisão, assista a um casamento ou seja o dia dos namorados. Em alguma ocasião, vai surgir a dúvida e o seu filho vai perguntar: “Mãe, o que é o amor?”. Não estamos nos referindo ao romance e aos casais, nem ao ato de dar presentes à nossa família, mas sim àquele sentimento tão puro e terno que os pequenos podem sentir.

Embora a melhor maneira de explicar o amor para as crianças seja darmos o exemplo e sermos afetuosos e bondosos com as pessoas à nossa volta, também podemos falar sobre o assunto como se fosse algo estranho para nós, mas que vale a pena entender e colocar em prática.

Independentemente da idade da criança, sempre podemos explicar sobre os sentimentos por meio de um livro, uma história ou uma música. Tudo depende das suas preferências e do que mais chame a sua atenção.

Nosso exemplo para explicar o amor para as crianças

Conforme mencionamos anteriormente, existem várias técnicas para explicar o amor para as crianças, embora a mais apropriada seja se tornar um modelo a ser seguido. Isso significa que, como pais, temos a ‘obrigação’ de sermos amorosos com elas e também com o nosso parceiro, família e amigos.

Os adultos são a principal referência para as crianças em cada uma das coisas que fazem. Se elas virem que demonstramos amor, elas também vão expressá-lo. Tudo se trata apenas de pequenos gestos ou palavras no dia a dia. As crianças são como uma esponja que absorve tudo!

Família rindo e se divertindo

Explicar o amor para as crianças não significa sentar no sofá e falar durante duas horas sobre uma ideia, um pensamento ou um sentimento ‘abstrato’. A todo o momento, elas podem aprender a amar o outro: quando compartilham um brinquedo ou um doce com os irmãos ou primos, quando expressam o que sentem e entendem o outro, e até mesmo quando se ‘juntam’ para alguma travessura.

Quanto aos paisuma excelente maneira de explicar o que é o amor é demonstrar como é bom ajudar os outros. Mas atenção: também não se trata de ser um ‘pai helicóptero‘ e pairar ao redor dos filhos o tempo todo, mas sim de oferecer ajuda quando o outro pedir.

Por exemplo, se o seu pequeno estiver recolhendo os brinquedos e um deles tiver ficado embaixo do sofá e ele não conseguir alcançá-lo. Ou se, na hora do jantar, todos cooperarem e formarem uma equipe para pôr a mesa, lavar a louça e cumprir todas as tarefas.

“Se elas virem que demonstramos amor, também vão expressá-lo. Tudo se trata apenas de pequenos gestos ou palavras no dia a dia”.

O amor e outros valores importantes

De mãos dadas com o amor está o respeito, que também é importante promover em casa. Respeitar o outro significa não o tratar como se ele não tivesse a capacidade de fazer alguma coisa, e também aceitá-lo como ele é.

Existem muitos casos de casais em que um dos dois diz ao outro ‘que ele não serve para nada’ na frente das crianças. Para evitar problemas maiores, aquele que foi criticado ou desmerecido não se defende. Isso faz as crianças pensarem que não vale a pena se defender ou que seja correto tratar mal os outros.

Mãe abraçando filho para explicar o amor para as crianças

Quando uma criança vê que os seus pais demonstram carinho, que são gentis e prestativos entre si e que trabalham juntos para tornar o lar mais bonito ou arrumado, ela aprende que é assim que ela deve ser com os outros.

Ser carinhoso apenas com a criança – e não com o parceiro na frente do filho – não é uma boa ideia. Dessa forma, não poderemos explicar o que é o amor em todos os âmbitos. Até mesmo a maneira como tratamos um animal de estimação ou um vizinho é uma lição para o pequeno.

Em resumo, explicar o amor para as crianças não é uma tarefa simples, mas devemos ser conscientes de que a nosso jeito de ser e os nossos hábitos afetarão o seu aprendizado e o seu futuro. Cada detalhe conta no processo de criação dos filhos.