Como as famílias numerosas se organizam?

Cada pessoa ou casal é livre para escolher a composição da família que deseja formar. Aqueles que decidem ter três ou mais filhos iniciam o caminho de uma família numerosa.

Última atualização: 16 Março, 2021

Antes de nos perguntarmos como as famílias numerosas se organizam, devemos saber com clareza sobre a que se refere esse conceito. É claro que varia dependendo do país, mas em muitos lugares o requisito é contar com três ou mais filhos (ou dois, desde que um deles seja uma pessoa com deficiência). Esse conceito também vale para uma família de formação monoparental com dois ou mais filhos.

Quando se tem até quatro filhos, a família é considerada uma família numerosa de categoria geral, que passará a ser de categoria especial a partir do quinto filho. Além disso, deve-se levar em conta que, quando os filhos atingem a maioridade ou se tornam financeiramente independentes, deixam de fazer parte da família numerosa.

Como as famílias numerosas se organizam?

Em muitos países, famílias numerosas são aquelas com três ou mais filhos.

Um grupo familiar numeroso envolve vários desafios financeiros e logísticos. Por isso, o conselho básico para esses pais é saber delegar responsabilidades. Isso significa incluir os filhos nos afazeres domésticos o quanto antes, sempre de acordo com a idade.

Isso irá incutir neles valores como responsabilidade, compromisso e respeito pelo esforço dos outros. Não deixe de parabenizá-los pelo cumprimento de suas atribuições: isso reforçará sua autoestima.

Por outro lado, você também pode considerar ter uma babá ou babysitter. Isso permitirá que você deixe de lado algumas tarefas para se concentrar nas que são mais importantes e que apenas os pais devem realizar.

O planejamento é outro grande segredo nessa missão. Calendários, agendas, lembretes, alarmes no celular, etc. Use todas as ferramentas que você tiver ao seu alcance para que nada seja esquecido.

Como recomendação final, lembre-se de aproveitar os momentos livres. Nem tudo se resume a trabalho e responsabilidades: uma das vantagens de ter uma família numerosa é ter uma bela “tribo” com a qual se pode compartilhar maravilhosos momentos de diversão.

Outras características das famílias numerosas

Famílias numerosas requerem planejamento e comprometimento de seus membros.

Entre obrigações e benefícios, a vida das famílias numerosas costuma ser um pouco mais agitada. No entanto, isso não é uma desvantagem, são simplesmente estilos de vida diferentes.

Grande ou pequena, a família nunca deixa de ser o primeiro núcleo social de cada pessoa. Os irmãos mais velhos se sentem protetores dos mais novos, os quais veem nos seus pares um belo grupo para percorrer o longo caminho da vida. Uma coisa é certa: ninguém se sentirá sozinho cercado por tantos entes queridos.

Pode interessar a você...
A importância da disponibilidade emocional dos pais
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
A importância da disponibilidade emocional dos pais

Quando falamos sobre a disponibilidade emocional dos pais, nos referimos à sua capacidade de interpretar os sentimentos de seu filho. Não se trata apenas de questões físicas como fome ou dor, mas de ser empáticos para ver mais além.