Como incentivar a convivência na sala de aula?

5 de janeiro de 2019
A convivência na sala de aula é essencial para que o processo de aprendizagem do aluno seja eficaz. Isso envolve aspectos sociais, culturais e afetivos que influenciam o crescimento pessoal e social da criança.

A escola é um lugar cheio de crianças, onde se faz amigos, se assiste aulas, se aprende valores, etc. Nela, a convivência na sala de aula pode ser algo extremamente positivo para todos os alunos que estão ali reunidos.

Geralmente, os pequenos querem se divertir com seus colegas na sala de aula, no parquinho e na quadra. Todas essas atividades devem ocorrer sob a supervisão do professor para que os valores e a boa convivência prevaleçam.

Os professores são responsáveis por garantir que a convivência em sala de aula seja eficaz e cheia de valores que reforcem positivamente o caráter das crianças.

Uma sala de aula onde a paz reina sempre será o melhor lugar para aprender. Os alunos, por sua vez, são a prova do melhor resultado.

Algumas questões importantes a esse respeito seriam: Como o professor consegue uma boa convivência na sala de aula? Quais estratégias devem ser usadas? O que é preciso para ser um professor motivador?

É importante que dentro da sala de aula existam algumas regras ou acordos de convivência que ajudem o professor a lidar com qualquer situação que possa surgir.

Esta é uma das ferramentas mais relevantes e usadas. Com o auxílio dessa figura, a sala de aula pode permanecer em plena paz, harmonia e tranquilidade.

Cada professor deve elaborar suas regras ou acordos de convivência na sala de aula junto com seus alunos. Com esses parâmetros acordados coletivamente, não apenas os interesses do professor são respeitados, mas também os das crianças.

É preciso muita flexibilidade de pensamento e também levar em conta que as crianças veem tudo de uma forma divertida, como se fosse uma grande brincadeira.

Com muito tato e incutindo valores aos pequenos, a diversão deve ser canalizada de uma forma saudável e respeitosa.

convivência na sala de aula

9 dicas para incentivar a convivência na sala de aula

Nos acordos de convivência em sala de aula, é sempre bom começar com coisas simples. Por exemplo, atividades e hábitos mutuamente acordados que promovam valores como os descritos abaixo.

1.- Pedir permissão para falar

Mais do que uma norma de convivência, esta seria uma regra de comunicação. É sempre bom promover o respeito pela palavra do colega e suas ideias.

2.- Ordem e limpeza da sala de aula

É importante manter a sala de aula arrumada, limpa e deixá-la diariamente melhor do que foi encontrada.

3.- Obediência

Isso se aplica tanto ao comportamento quanto aos estudos. Os alunos devem entender que estão ali para aprender e que devem se esforçar para isso. Portanto, devem ajudar os professores nas atividades.

Além disso, é bom envolver os alunos nas atividades planejadas. Dessa forma, eles se sentem importantes no processo educacional.

4.- Aceitar e aprender com os erros

É difícil, tanto para o professor quanto para a criança, mas é muito importante que ambos reconheçam quando estão errados e tentem resolver os problemas da melhor maneira possível.

5.- O respeito acima de tudo

É preciso promover o respeito por todos que fazem parte da instituição. Isso inclui também o material, isto é, os pertences dos colegas.

“É importante que dentro da sala de aula existam algumas normas ou acordos de convivência que ajudem o professor a lidar com qualquer situação”

6.- O bullying é proibido

O respeito pelas pessoas é fundamental na sala de aula. Isso é algo indiscutível. Evitar ridicularizar o outro e fazer comentários ruins é, portanto, essencial.

7.- Zona livre de violência

Trabalhar em paz e tranquilidade é a ideia de uma boa sala de aula. Dessa forma, acabar com brincadeiras relacionadas à violência é essencial.

8.- Considerar o próximo

As crianças devem ajudar seus colegas por igual, oferecendo ajuda e apoio quando mais precisarem. Sem dúvida, esse é o segredo para a verdadeira amizade.

convivência na sala de aula

9.- Participação

Planejar atividades fora e dentro da sala de aula, nas quais o aluno se sinta motivado a participar é positivo. Dessa forma, todas as regras ou acordos são colocados em prática.

Os professores devem motivar seus alunos com diferentes estratégias para que a sala de aula tenha um ambiente apropriado. Jogos, músicas, debates e oficinas que promovam valores universais e a boa convivência podem ser usados.

É muito importante que problemas ou conflitos externos sejam mantidos fora da sala de aula. Os estudantes devem ver esse espaço como um escape, uma zona de segurança.

Educar para uma convivência efetiva costuma ser um trabalho árduo e em equipe. O professor, como motivador, e os alunos, como beneficiários, conseguem fazer com que a sala de aula se torne o refúgio que muitos desejam.