Como lidar com a puberdade do seu filho adolescente?

10 Setembro, 2020
As mudanças da adolescência e a famosa puberdade correspondem a uma fase muito complexa da vida. Há um pouco de rebeldia, isolamento e falta de respeito. Por isso, o carinho e a paciência por parte dos pais são fundamentais.
 

A adolescência é uma fase complexa e difícil de entender, pois envolve a passagem da infância para a vida adulta. Como lidar com a puberdade do seu filho adolescente? Esse é um verdadeiro dilema, tanto para eles quanto para nós, os pais.

O que é a adolescência?

A adolescência chega no momento em que o menino se torna homem e a menina, mulher. Em alguns casos começa aos 9 anos, em outros aos 11, 12 ou 13 anos. Mais tarde, perto dos 16 ou até mesmo após os 20 anos, o jovem atinge seu estágio de maturidade.

A rebeldia dessa fase geralmente envolve, além da frustração, as mudanças de humor e a falta de respeito pelas regras ou pela autoridade. O isolamento também é uma das manifestações mais comuns.

Por outro lado, o papel do grupo de amigos se torna de vital importância. A opinião do grupo de pares se torna mais importante do que a dos próprios pais.

As alterações hormonais são amplamente responsáveis ​​por essas manifestações. Durante essa transição, alguns jovens se envolvem em comportamentos prejudiciais, tais como fumar, consumir álcool ou mentir. Portanto, é preciso muita paciência, compreensão e amor, além de acompanhamento e até mesmo distância, necessária nos momentos certos.

É o começo de um processo que leva os jovens a amadurecer, formando sua personalidade. Em algum momento, eles terão que assumir a responsabilidade e enfrentar seus medos.

A puberdade do seu filho adolescente

Fisicamente, a puberdade do seu filho adolescente ocorre entre 9 e 13 anos de idade, quando o corpo passa por uma série de transformações importantes. As características físicas mudam, assim como o tom da voz, e surgem os pelos pubianos nas axilas e no rosto. Em alguns casos, a acne está presente em diferentes partes do corpo.

 

Em relação às mudanças psicológicas, os pais e o restante da família passam a assumir um papel fundamental. O adolescente vai precisar da sua ajuda para que essa metamorfose seja o começo de uma fase decisiva e positiva para o seu desenvolvimento.

a puberdade

Comunicação e confiança são essenciais

É altamente recomendável promover os canais de comunicação. Nessa fase, muitos adolescentes optam por assumir comportamentos de timidez ou isolamento emocional. Em muitos casos, surgem conflitos, distanciamento e a imposição de critérios se não houver uma boa comunicação.

A existência de acordos nos campos educacional e social é necessária para evitar confrontos. É preciso lembrar que eles estão forjando seu caráter, sua personalidade.

Cabe aos pais dedicar um tempo quando os jovens quiserem explorar ou encontrar respostas para as situações que não entendem. Ao aumentar a confiança entre pais e filhos, evitamos que os adolescentes recorram a estranhos, redes sociais ou amigos virtuais. 

Envolver-se sem julgar ou penalizar

O adolescente precisa saber que seus pais se interessam pelo que ele domina ou gosta de fazer. Para ele, é importante que os pais o acompanhem nos esportes, na leitura ou até mesmo nos videogames. Essa é uma oportunidade que os pais têm para ganhar sua confiança e ter uma porta aberta para compartilhar momentos recreativos ou de lazer.

 

Portanto, os pais devem abandonar o traje de autoridade e se transformar em guias ou conselheiros. É necessário sempre tentar se colocar no lugar deles para ter uma visão mais clara da sua realidade como futuros adultos. Julgar ou puni-los não levará a nada. Pelo contrário, pode estimular a rebeldia e o confronto por parte do adolescente.

“Cabe aos pais dedicar um tempo quando os jovens quiserem explorar ou encontrar respostas para as situações que não entendem”.

Observadores anônimos

O ideal é permanecer atento sem ser notado. Às vezes, os jovens estão certos, enquanto em outros momentos, cometem erros. Isso é inevitável para que eles aprendam a agir diante de cada situação e evitem desenvolver vícios. É hora de mamãe e papai ficarem atentos sem que sejam notados e apoiar os filhos quando necessário.

a puberdade

Atenção e formação

É essencial mostrar aos adolescentes que a opinião deles tem valor. Os adolescentes querem ser levados em consideração. Eles desejam se sentir integrados e que sua opinião tenha valor dentro da família.

Além disso, é necessário instruí-los para a sua formação. Nessa fase, o jovem costuma ser bombardeado com mensagens que o distraem ou desorientam.

 

Portanto, os pais devem ajudá-los a assumir uma rotina baseada em regras e acordosEsses parâmetros de bom comportamento, tanto em casa quanto na escola, vão ajudá-los a se tornarem adultos exemplares.

Essa é uma fase muito interessante, mas, ao mesmo tempo, muito delicada. Para saber como lidar com a puberdade do seu filho adolescente, é preciso ter a disposição para ouvi-lo. Além disso, é preciso enfrentar com junto com os adolescentes esse momento tão importante na vida de qualquer ser humano.