Como melhorar o clima emocional em casa?

25 de maio de 2018
Preservar o bom clima emocional em casa é essencial para garantir o bem-estar da família. Neste artigo, vamos oferecer 5 dicas para ajudar a conseguir manter isso.

Melhorar o clima emocional em casa é muito importante. Apesar de cada família se organizar de um modo diferente, todas precisam ter um bom clima emocional para poder garantir a felicidade e o bem-estar de todos os membros. Um lar é um pequeno universo, um pequeno reflexo da sociedade visto no microscópio. O que acontece dentro de casa é resultado da combinação de valores, comportamentos e emoções que influenciam cada membro da família de maneira particular.

O bom clima emocional em casa é ainda mais importante quando há crianças. É preciso educar os pequenos emocionalmente, conversar sobre os sentimentos e as emoções. Isso ajuda nos momentos mais difíceis e também evita que a criança tenha um ataque de birra, evitando situações desagradáveis que possam alterar o clima emocional em casa.

 

Fatores que influenciam o clima emocional em casa

Os especialistas em psicologia ambiental afirmam que cada ambiente é composto por três elementos fundamentais e essenciais que estão presentes em todas as casas:

  • Fatores materiais. São os elementos físicos que dão uma certa atmosfera ao lugar. A organização harmoniosa do espaço influencia as emoções das pessoas.
  • Fatores pessoais. São determinados pela inter-relação das pessoas que vivem no espaço, por seus hábitos e o modo de estabelecer vínculos.
  • Fatores mentais. São, sem dúvida, os processos mais importantes na dinâmica familiar. Se tratam de crenças, valores e condições ou normas estabelecidas por cada membro da família.

5 dicas para melhorar o clima emocional em casa

As dicas seguintes vão ajudar a melhorar o clima emocional em casa. Lembre-se de que todos são responsáveis por manter um ritmo coerente, harmonioso e, acima de tudo, positivo:

1. Preste atenção às demonstrações de afeto

Todos nós precisamos ouvir alguém que fale com carinho e compreensão. Portanto, a comunicação entre as pessoas de casa deve ser feita com tato e respeito. Devido ao estresse e à rotina da vida cotidiana, muitas vezes nos dirigimos aos nossos entes queridos em um tom que não é apropriado. Isso acaba diminuindo a confiança, e consequentemente, afeta negativamente o clima emocional.

2. A prioridade é o bem-estar conjunto

Para melhorar o clima emocional em casa, é importante que os membros da família compartilhem momentos de diversão e se apoiem mutuamente quando houver momentos de maior dificuldade. O simples ato de demonstrar interesse sincero pelos outros é a maneira ideal de melhorar os relacionamentos humanos. Interessar-se pela vida do outro é uma habilidade social reconfortante que ajuda a manter o bom clima emocional.

“Sentimentos de valor só podem florescer em um ambiente onde as diferenças individuais são apreciadas, os erros são tolerados, a comunicação é aberta e as regras são flexíveis. Esse é o tipo de atmosfera que se encontra em uma família que nutre”

-Virginia Satir-

3. Confiança e respeito mútuo

A casa é o espaço no qual podemos ser nós mesmos e agir naturalmente. No entanto, às vezes existe também o perigo de passar dos limites. Isso significa que os hábitos podem nos fazer esquecer certos princípios básicos que devem ser mútuos entre os membros da família como o respeito e a confiança. como manter o bom clima emocional em casa

4. Cuidar das emoções

Cuidar das emoções e do bem-estar comum é essencial para preservar o clima emocional em casa. É ainda mais importante quando temos crianças em casa. Elas são as pessoas que sofrem mais intensamente com os conflitos que os adultos estão acostumados. Além disso, é preciso criar os pequenos com base na inteligência emocional. Essa é a melhor forma de garantir um ambiente feliz e agradável.

5. Trabalhar a empatia

A empatia favorece o clima emocional em casa e traz inúmeros benefícios para o desenvolvimento de relacionamentos entre os membros da família. É uma capacidade que permite reconhecer, compreender e se conectar com as emoções dos outros, considerando o ponto de vista de outras pessoas e a emoção que sentimos com os acontecimentos.

Em suma, a responsabilidade dos pais é garantir um bom clima emocional em casa, uma vez que ajuda os filhos a alcançar o bem-estar pessoal.