Como o corpo muda após o parto

26 de junho de 2018
Desde o primeiro dia em que sabemos que seremos mães nosso corpo já começou a passar por mudanças. Talvez não tão perceptíveis, mas aos poucos vamos percebendo. Quer conhecer algumas?

A gravidez é uma das maiores bênçãos que uma mulher pode ter, sonhamos com as mãozinhas do nosso filho, seu rostinho, olhos e até mesmo com suas lágrimas. Até que chega o momento especial em que finalmente podemos tê-lo em nossos braços, e esquecemos completamente da nossa aparência física.

Uma vez que começamos a rotina, chegam os momentos de dificuldade. Vamos nos sentir cansadas e, ao nos olhar no espelho, percebemos que houveram significativas mudanças físicas que podem afetar nossa autoestima e, consequentemente, nosso estado de ânimo.

Mas fique tranquila! Neste artigo, vamos analisar como o corpo muda após o parto e te ofereceremos algumas recomendações para você recuperar em breve a forma com a qual você estava acostumada antes de engravidar.

Há um grupo de mulheres que cuidam de sua aparência antes, durante e após o parto, levando uma vida saudável e se exercitando frequentemente. O resultado é que as alterações não são tão drásticas em sua aparência após o parto.

De qualquer maneira, as mudanças vão acontecer em maior ou menor proporção. O importante é compreender as razões já que algumas mulheres revertem a situação naturalmente e outras requerem um pouco de esforço para atingir a meta.

Como o corpo muda após o parto

corpo muda após o parto

O corpo se transforma um pouco. Mas, por dentro, a maternidade te muda completamente e para melhor. Aproveite o momento com seu pequeno bebê e descubra quais são as principais mudanças passageiras e permanentes do corpo após o parto:

  • A mudança mais notável é o aumento do útero, já que ele pode ter um aumento de quase 7 vezes do seu tamanho real. Isso acontece porque o bebê possui seu sistema de formação (cordão umbilical e placenta) em que é necessário um espaço considerável. O útero voltará ao seu estado normal após o parto em, no máximo, 6 semanas.
  • A próxima mudança talvez não seja tão visível. Corresponde ao deslocamento dos órgãos, devido ao aumento do útero e ao crescimento do bebê em busca do conforto dentro do ventre.
  • Talvez a mudança mais difícil de aceitar: o alongamento e a pigmentação da pele formam as temidas estrias. É uma mudança que dificilmente desaparecerá uma vez que acontecer, embora existam bons métodos preventivos e tratamentos eficazes para reduzir a sua proeminência.
  • Normalmente, quando damos à luz por parto normal, a superfície pélvica tende a ficar um pouco “relaxada”. Para isso, é aconselhável fazer uma rotina de exercícios que consiste em contrair e relaxar a bexiga toda vez que você for ao banheiro. Em pouco tempo voltará ao normal.
  • A gravidez de parto normal ou mais conhecida como “parto vaginal” pode fazer com que os tecidos internos se distendam, retirando, assim, consideravelmente o prazer sexual. Além disso, diminui a tensionamento vaginal. Isso varia de acordo com o tamanho do bebê e você pode consultar um médico para saber como você pode evitar que aconteça.

O pós-parto: a melhor fase que podemos viver

corpo muda após o parto

A preocupação a respeito de como a forma do corpo muda após o parto nos causa angústia, já que definitivamente não conhecemos o que realmente pode se tornar permanente. Mas você tem toda a informação, pode aplicar medidas corretivas para ter melhoras bastante significativas em sua silhueta.

Por mais que cuidemos da nossa alimentação e controlemos o aumento de peso a cada mês, não podemos controlar algumas mudanças. Relaxe! Você só precisa ter paciência e entender que você deu vida a outro ser. Por esse motivo, tudo isso vale a pena.

O mais importante de todo esse processo é que, uma vez que o bebê nasça, você se proponha a seguir certas rotinas para se ajudar a voltar às medidas do seu corpo antes da gravidez. Mas não se pressione.

Lembre-se de que o mais belo da gravidez é vivê-la plenamente. Uma vez que você possa desfrutar de um bebê saudável e forte em seus braços, você terá tempo suficiente para se dedicar a si mesma. Lembre-se: a paciência é a chave para não perder o foco e atingir seus objetivos.

Recomendados para você