Comunidade de aprendizagem: transformação social e educacional

A aprendizagem dos pequenos em qualquer um dos seus níveis é desafiadora. Esse é um dos aspectos que mais preocupa professores, pais e representantes.
Comunidade de aprendizagem: transformação social e educacional

Última atualização: 07 Maio, 2021

A comunidade de aprendizagem é um espaço educacional no qual é colocada uma grande ênfase na participação ativa nas atividades em grupo. Portanto, é um sistema educacional muito dinâmico. O segredo está na equidade. Dessa forma, é mantido um bom equilíbrio do trabalho em equipe.

Por meio da comunidade de aprendizagem, o desenvolvimento de habilidades sociais e das interações é favorecido. Portanto, as crianças podem desenvolver todo o seu potencial social ao máximo. Essa é a importância de iniciar os pequenos nesse tipo de projeto, pois, com certeza, vai estar presente neles para o resto da vida.

O que é uma comunidade de aprendizagem?

A comunidade de aprendizagem faz referência a projetos educacionais baseados em atividades que visam realizar uma transformação social e educacional.

A interação e a participação são essenciais e a maioria das atividades é focada nesses dois aspectos. Portanto, espera-se que a comunidade tenha uma participação ativa nas escolas para garantir a aprendizagem das crianças.

Todos os membros interagem na comunidade de aprendizagem.

Características

Em primeiro lugar, esse modelo educacional implica que todas as pessoas da sociedade devam estar envolvidas, de forma coerente e organizada, no processo de aprendizagem e de desenvolvimento social dos jovens, incluindo: familiares, professores, vizinhos, organizações locais, voluntários, entre outros.

Consequentemente, as características mais marcantes da comunidade de aprendizagem podem ser resumidas da seguinte forma:

  • Criação de ambientes educacionais nos quais os jovens possam ser ouvidos e valorizados.
  • Esforço contínuo para alcançar todos os ambientes e espaços que precisam de cooperação e integração social.
  • Abranger uma formação teórica e prática dos responsáveis pela realização desse projeto.
  • Entender a figura do professor como um facilitador do conhecimento, que também leva em consideração os ambientes e as circunstâncias que envolvem os alunos.
  • Acima de tudo, uma comunidade de aprendizagem é uma equipe na qual cada um dos membros se esforça para trazer à tona o que há de melhor em si mesmo e em seus colegas.
  • É um ambiente de aprendizagem dinâmico que se adapta às novas tendências e às atitudes que regem a vida moderna.

Origem da comunidade de aprendizagem

Uma comunidade de aprendizagem remonta ao início da civilização, onde o conhecimento era concebido por meio de práticas sociais.

No entanto, esses projetos nasceram basicamente no final do século XIX, quando as práticas educacionais aumentaram sua influência. Um exemplo disso são as escolas formadas por John Dewey, Alexander Meiklejohn e um de seus maiores expoentes, Paulo Freire.

Cada um desses projetos, em épocas muito diferentes, buscou uma característica comum, que se baseava em conceber a escola como um espaço de reflexão de experiências e de geração de conhecimento.

Para Freire, esse modelo significava a passagem de uma pedagogia opressora para uma pedagogia libertadora, comprometida com uma profunda transformação social, capaz de trazer resultados positivos para todos.

Tipos de comunidade de aprendizagem

Para identificar os tipos de comunidade de aprendizagem, deve-se determinar o ambiente institucional e a motivação que norteiam as atividades.

  • Aspectos que se referem a uma sala de aula, à educação formal, quando uma instituição abre suas portas para a comunidade criando oportunidades de participação.
  • A aprendizagem informal, referente a uma comunidade, região ou localidade que se reúne para discutir experiências. Com isso, alcançam o autodesenvolvimento e ganham habilidades que lhes permitem enfrentar o mundo que os cerca.

 

O modelo educacional de aprendizagem comunitária.

Benefícios do aprendizado comunitário

A importância da comunidade de aprendizagem vem do fato de que um indivíduo pode aprender mais ao participar de projetos sociais.

Implementar esse tipo de aprendizagem em crianças e adolescentes garantirá uma adequação às transições acadêmicas que serão vivenciadas ao longo da vida.

Além disso, estimula a comunicação saudável entre professores e alunos, e estimula o desenvolvimento de habilidades que seriam impossíveis individualmente.

Atualmente, existem várias comunidades de aprendizagem que vão além do contexto educacional. Até as redes sociais têm servido como eixo comunicador, colocando em prática o que seus defensores expõem.

A educação é uma prioridade que nunca deve ser negligenciada ou subestimada. Afinal, é a base de tudo. Participar ao máximo em tudo o que envolve a educação de crianças e jovens traz grandes benefícios a curto, médio e longo prazo.

Pode interessar a você...
Contos para preparar as crianças para enfrentar uma nova fase escolar
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Contos para preparar as crianças para enfrentar uma nova fase escolar

Para as crianças é complicado enfrentar cada nova fase escolar, pois representam um verdadeiro desafio, marcado por incertezas, medos e muitos apre...