Confissões de uma mãe felizmente esgotada

· 21 de junho de 2017

Ser mãe é a profissão mais bonita do mundo. Ninguém pode colocar isso em discussão. Mas, ao mesmo tempo em que damos nossa vida por nossos filhos, cumprimos com nossas obrigações, cuidamos do nosso marido, da nossa casa… sempre nos esquecemos de um elemento chave para se sentir bem: nosso próprio bem-estar. Assim, nos transformamos em uma mãe felizmente esgotada.

Passamos dias inteiros fazendo o possível e o impossível para que todas as pessoas que vivem no mesmo ambiente estejam felizes. Brincamos com nosso bebê, conversamos com nosso companheiro, cozinhamos os pratos favoritos, organizamos a casa, trabalhamos para colaborar com os gastos e muito mais.

Nós, mães, entregamos todo o nosso ser sem esperar nada em troca. No entanto, no caminho costumamos nos esquecer de nós mesmas

Ao final do dia percebemos que nos dedicamos muito pouco a nós mesmas, exceto pelos hábitos de higiene pessoal. De tal forma que aquela mulher que não saia na rua sem antes passar horas em frente ao espelho se arrumando, pode não existir mais.

felizmente

Não nos importa se usamos os mesmos brincos por vários dias, ou se colocamos a primeira roupa que encontramos no armário, nem se deixamos de nos maquiar porque precisamos atender a outras necessidades. Sim, a vida nos transforma de forma radical e, talvez, ela não se pareça com aquela que você imaginou durante a gravidez.

A maternidade é um dos contos de fadas mais bonitos que existe no mundo. Mas, no começo você vai precisar sacrificar muitas coisas para conseguir ver frutos positivos no futuro.

Mamãe felizmente esgotada, chegou a hora do reencontro

Quando nos perguntam como nos sentimos nesse papel, imediatamente passa tudo aquilo que foi difícil pela nossa mente. No entanto, a resposta sempre será que estamos mais felizes que nunca. Não existe nada mais verdadeiro que isso.

Sozinhas, pensamos como poderíamos viver sem esses pequenos que mudaram o nosso mundo e o enchem de cor. Um filho representa algo indescritível. Ele veio para fazer você compreender coisas que têm verdadeira importância na sua vida.

Apesar de sentir que não tem mais forças, lembre-se de que você é a heroína do seu bebê

Pode ser que alguns dias pareçam eternos, as noites efêmeras e você não saiba que dia da semana é hoje. O cansaço vai envolver você e, às vezes, você vai querer jogar a toalha (apesar de ter a melhor das companhias nos seus braços). Mas, é assim mesmo, é uma mistura de sentimentos, e isso é perfeitamente normal.

No começo, estamos focadas em compreender o mistério da criação e dos cuidados de um bebê porque, por exemplo, até trocar fraldas pode ser um desafio incrível. Em seguida, os dias passam e você começa a se perguntar: Onde estou? Quem sou eu agora? Como estão as coisas dentro de mim?

Certamente você já não consegue comer com a mesma tranquilidade de ontem, não consegue ir ao banheiro sozinha e nem tem tempo para sair com as amigas. Nem sequer consegue ligar para alguém sem ter que dizer: “depois eu te ligo porque o bebê está precisando de mim”.

Essa é a realidade de uma mãe felizmente esgotada: essa mulher que dá tudo, sem esperar nada em troca. Uma mulher que já não se penteia mais para parecer bem, mas sempre coloca a roupinha mais confortável no seu bebê. Essa é você, uma heroína que vai ver crescer o fruto da felicidade em outros corações.

A maternidade a partir de outro ponto de vista

Quando nos tornamos mamães os esforços deixam de parecer em vão. Nas suas mãos está o presente mais bonito e por ele você daria sua vida eternamente. Ninguém vai fazer você mudar essa realidade.

No entanto, pouco a pouco, você deveria procurar um lugar para você, onde possa se encontrar com sua essência. Você viveu um processo de gravidez no qual entregou seu ser, e descobriu o que significa ser mãe. Pare um pouco, pense por uns instantes em você mesma, e abra uma janela que permita o seu reencontro consigo mesma.

felizmente

Procure um espaço para você e encha-o de energia positiva. Assim você vai estar pronta novamente para dar o melhor de si para sua família

Voltar a fazer aquilo que gosta não é errado. Pelo contrário, vai permitir distrair sua mente e voltar com força total. Realize alguma atividade da qual você goste, faça exercícios, ouça música, ou saia para passear com seus amigos. Essa é uma boa receita para encher você de energia.

A maternidade é maravilhosa. Se você chegar a se sentir cansada e sentir vontade de deixar tudo de lado, não se esqueça de uma coisa: ouça seu coração, lembre-se do que passou ao carregar seu filho na sua barriga, e se prepare para aproveitar esses momentos que não voltam mais. Você sempre deve se lembrar de é que é normal, às vezes, se sentir uma mãe felizmente esgotada.