A criação natural precisa de uma dose de flexibilidade

17 Julho, 2020
Talvez você goste da criação natural para educar seus filhos, mas também é bom ser flexível.

Quando pensamos na criação natural, imaginamos fraldas de pano, amamentação e alimentos orgânicos, mas envolve muito mais. Também conhecida como criação consciente e criação com apego, esse tipo de criação se concentra na capacidade de resposta e na consciência para atender às necessidades do bebê.

Embora muitos pais de primeira viagem se proponham a ser pais 100% naturais, o inesperado certamente acontecerá e o seu plano será alterado. É importante saber por que uma mãe ou um pai se define como ‘pais naturais’ e aprende a ser flexível no melhor interesse do filho.

A criação natural

Na criação natural, o que importa é estar em constante crescimento e aprendizagem, adaptando-se às situações e aprendendo com outros pais, de modo que sejam aplicadas coisas que façam bem para a própria pessoa e para os outros, sejam elas consideradas ‘criação natural’ ou não. Embora se goste dessa filosofia de criação, também é preciso ter uma abordagem realista.

Se você quer ser um pai ou uma mãe que segue a criação natural, é importante ser flexível e levar alguns aspectos em consideração. Vamos discutir alguns deles para que você possa incluí-los na sua vida a partir de agora.

A criação natural

Cada situação e cada criança vão exigir compromissos diferentes

É fácil definir regras e planos antes de enfrentar a realidade de um bebê que vive, respira, chora e defeca sob seus cuidados constantes. No entanto, esse bebê precisa de você para se sentir seguro, amado e protegido, não importa o que você tenha planejado.

Talvez você se oponha ao uso da chupeta, mas não há problema algum se você decidir dar a chupeta ao seu bebê em situações nas quais seu pequeno não possa mamar ou para que ele pare de chupar o dedo.

É melhor que o bebê se sinta calmo e seguro do que atender apenas às suas expectativas de criação natural a todo custo. No caso da chupeta, por exemplo, ele vai largá-la assim que se sentir seguro o suficiente sem ela.

Também é possível que você permita que os seus filhos passem mais tempo assistindo televisão, consideravelmente mais tempo do que você pensava que seria capaz de permitir.

Talvez você tenha começado a criação com fraldas de pano, mas, com três filhos, talvez você não se interesse mais tanto por isso e prefira as fraldas descartáveis. Está tudo bem também e você não precisa se sentir mal com isso. Talvez com o tempo você se torne mais consciente do que precisa comprar para que os seus filhos tenham uma boa alimentação.

Possivelmente, você vai continuar comprando produtos orgânicos, mas o que importa é que aquilo que você fizer seja sempre para o bem dos seus filhos, e não apenas pelos seus próprios pensamentos. Se seus filhos precisam de atendimento médico e medicamentos, é irresponsável negá-los por causa de uma ideologia.

A criação natural

Há coisas que você pode manter

Embora a sua criação natural seja mais flexível, você pode ter seus próprios princípios que não são negociáveis ​​e que podem ser mantidos. Por exemplo, talvez você aposte em não deixar seu bebê chorar para que ele aprenda a dormir sozinho. Isso é bom porque o seu pequeno precisa de você. Ele precisa do seu amor e do seu calor.

Você também pode ser contra a disciplina punitiva, e tudo bem. Seus filhos precisam crescer ao lado de pais que os entendam e os respeitem acima de tudo. Da mesma forma, se você desejar amamentar seus filhos pelo tempo que quiser, isso também pode ser feito, aconteça o que acontecer.

Por outro lado, se você não puder amamentar e tiver que dar leite de fórmula ou suplementar a amamentação com mamadeiras, também não há problema. Você estará fazendo o que é melhor para o seu bebê.

Nunca se envergonhe, menospreze ou maltrate seus filhos. Eles não precisam disso. Na criação natural, a intuição é muito importante e, nesse caso, trata-se de coisas inegociáveis ​​que seus filhos precisam para crescer em um bom ambiente, um ambiente cheio de amor, carinho e com pais que se importam com eles o tempo todo. Eles precisam se sentir seguros dentro da família.

Se você faz o seu melhor para seus filhos, então deve saber que estará fazendo a coisa certa. A melhor maneira de ajudar qualquer pessoa é ser um exemplo. Deixe que sua experiência com certos estilos de criação fale por si mesma.