Por que a criança prefere a mamãe ou o papai?

· 11 de julho de 2017

A mamãe ou o papai são as pessoas mais próximas de uma criança. Em geral, é assim que acontece na maioria das famílias. No entanto, frequentemente, a criança desenvolve certa preferência por um dos seus progenitores, independente de “o privilegiado” ter feito muito, pouco, ou nada para ganhar esse afeto.

Hoje ajudaremos você a entender por que seu filho prefere a mamãe ou o papai e quer essa pessoa sempre ao seu lado.

Por que a criança prefere a mamãe?

A criança prefere a mamãe porque viveu dentro do seu útero durante 40 semanas ou mais. Foi ela quem forneceu alimentos, transmitiu oxigênio, e protegeu a criança.

Foi a voz dela que a criança ouviu durante esse tempo, além das batidas do coração dela e de todos os outros sons graças aos quais se sentia segura dentro da barriga protetora na qual vivia.

Assim que nasceu, o leite materno se transformou no seu principal aliado. Cada vez que a mamãe se aproximava, o bebê até ficava com soluço, tal era sua vontade de mamar o mais rápido possível.

prefere

A mamãe dava banho, brincava, trocava as fraldas, cantava, segurava durante muito tempo no colo e mostrava o mundo ao bebê.

Ela sabia o que queria e de que forma queria. Com a mamãe tudo era melhor.

Então, depois de crescido e ser “quase um adulto”,  a criança prefere a mamãe porque ela continua sendo sua protetora, a pessoa que a consola, a ama e que sempre está ao seu lado para rir das brincadeiras que faz, responder suas perguntas e secar suas lágrimas.

Não existe ninguém como a mamãe para dar carinho, afeto, beijos e passar a mão na testa quando o pequeno se sente mal.

Apesar de não ser médica ela sabe como curar, e fazer com que se sinta bem para continuar brincando e pulando, coisas que o pequeno gosta de fazer e a mãe de observar.

Por que a criança prefere o papai?

A criança prefere o papai porque fica com ele pouco tempo durante o dia. Cada manhã, assim que acorda e abre os olhos, seu papai já não está mais lá.

O bebê não sabe onde ele vai, o que vai fazer nem quando volta. Só sabe que ele sai por um tempo e volta para vê-lo mais tarde, na hora em que a mamãe está dando a papinha. A mamãe fala muito sobre o papai. Repete o nome dele e com o que ele trabalha. Fala que ele é lindo, que é bom, e o quanto o ama.

prefere

A criança também prefere o papai porque ele nunca diz que é preciso tomar banho, lavar a cabeça e limpar as orelhas. Ele não a obriga a tomar os remédios nem a leva para tomar vacinas.

Com o papai tudo é brincadeira, diversão, bons momentos, presentes, a complacência dos caprichos…

Ele sempre pode se sentar no chão e brincar e não precisa lavar nada, fazer compras ou preparar o jantar…coisas que a mamãe faz.

O papai é incrível porque é forte, tem um bom caráter e sabe como fazer tudo, consertar tudo e resolver tudo. Ele é uma espécie de mágico, por quem a criança sente orgulho.

Quando for grande, ela vai querer ser como seu papai.

Por que a criança prefere a mamãe ou o papai?

Há crianças que preferem a mamãe porque é ela quem trabalha fora de casa, e tem pouco tempo para ficar ao seu lado. Há outras que preferem o papai porque é ele quem se ocupa, em todos os momentos, com sua criação.

A sociedade atual transformou os padrões sobre os quais se sustentavam as famílias de antigamente. Tanto os homens quanto as mulheres podem ficar em casa para cuidar dos filhos hoje em dia.

Apesar de termos nos baseado em alguns estereótipos de pais e mães neste artigo, esclarecemos que essa foi apenas uma maneira de oferecer diversas explicações do porquê as crianças algumas vezes preferem a mãe, e outras o pai.

Pode ser que seu filho prefira você, exatamente porque você representa exatamente o contrário do que colocamos aqui.

Se for esse o caso, gostaríamos muito de saber mais sobre a sua experiência.