Crianças desobedientes, qual é a causa desse comportamento?

9 de setembro de 2018
Neste artigo, você vai aprender a identificar crianças desobedientes. Descubra quais são as causas do mau comportamento e saiba como solucionar as condutas indesejadas.

“Meu filho me deixa cansada, nunca presta atenção em mim”. Essa costuma ser a reclamação de muitos pais diante do mau comportamento dos filhos. No entanto, as crianças desobedientes não acordam de um dia para o outro mantendo insistentemente um péssimo comportamento.

Pelo contrário, as crianças desobedientes costumam ser produto de um modelo de autoridade exercido pelos próprios pais. Embora os adultos desconheçam os motivos dessa atitude, a realidade é que se ela persistir, ela tem um nome e sobrenome.

A ciência chamou essa condição de “Transtorno desafiador de oposição”. De acordo com estatísticas apresentadas pela Sociedade Espanhola de Pediatria e Atenção Primária, essa condição afeta 15% das crianças espanholas antes dos 16 anos de idade.

Certamente, esses comportamentos indesejados apresentados pelas crianças desobedientes prejudicam tanto o desenvolvimento delas quanto seu entorno familiar. Neste artigo, nós, do blog Sou Mamãe, vamos contar a você como identificar esse problema de comportamento da criança, quais são as causas de sua rebeldia e como corrigir essa atitude.

Crianças desobedientes, por quê?

Com certeza você está cansada de pedir ao seu filho, com uma certa constância, que guarde os brinquedos que ele jogou no chão ou que não jogue os brinquedos no teto da casa, nem da varanda. Mas, você sabe os motivos que o levam a ser tão rebelde?

A psicologia explica que a criança, entre os 2 e os 5 anos de idade tende a desenvolver um senso de identidade, independência e autonomia muito mais forte do que quando era um bebê, para quem você era o mundo e o padrão a seguir.

Por isso mesmo, para formar sua personalidade enquanto se distingue dos adultos, a criança começa a mostrar resistência ao que lhe é imposto. Assim, ela se opõe às ordens e regras estabelecidas, mostrando-se mais rebelde em relação a elas.

Por outro lado, os especialistas indicam que as crianças desobedientes, através dessa série de comportamentos infelizes, também colocam os pais à prova, ao mesmo tempo em que aprendem pouco a pouco a controlar seus impulsos. Dessa forma, isso exige por parte dos pais muito tempo e paciência.

crianças desobedientes

Modelos de autoridade equivocados, motivo para mea-culpa e reflexão paterna

Outra das causas que levam as crianças desobedientes a apresentar um comportamento pouco adequado em público ou dentro de casa são os modelos de autoridade dos pais. Os especialistas recomendam que esses padrões são equivocados. Por isso, é urgente fazer uma reflexão sobre eles:

  • Pais autoritários. Esse é o caso das crianças criadas em um ambiente autoritário. Nesse meio, a criança obedece para evitar o castigo, mas sem compreender as razões para obedecer. Além disso, essas crianças se irritam facilmente, já que não são ouvidas, porque o adulto sempre tem a palavra final.

Qual é o resultado disso? Moldamos o desenvolvimento de crianças desobedientes, ressentidas, inseguras e com baixa autoestima. Então, a desobediência tem uma relação direta com a rebeldia infantil. Por isso, é recomendável que se estimule a manutenção de lares harmoniosos baseados no ensinamento de valores e na diferenciação entre o bem e o mal.

  • Pais excessivamente tolerantes. Nesse caso, os pais se consideram amigos de seus filhos para afastar medos absurdos. Dessa maneira, os pais consentem sem educar com firmeza e disciplina, fazendo com que a figura de autoridade se enfraqueça até desaparecer. É exatamente nessa hora que aparece a figura dos adolescentes desobedientes.
  • Pais negligentes. A educação da criança não recebe importância e o vínculo afetivo é mínimo. Por causa disso, ela busca o carinho em amigos com as mesmas carências afetivas. Essas crianças desobedientes costumam ser pouco tolerantes e têm sérios problemas de comportamento, além de um péssimo rendimento escolar.
crianças desobedientes

Passo a passo para lidar com crianças desobedientes

  • Identificar crianças desobedientes. Esses comportamentos aparecem a partir dos 3 anos de idade. Uma idade em que você deve saber quando essa atitude passou do limite e pode acabar virando um problema no futuro. Para isso, é fundamental observar os primeiros comportamentos que constituem um padrão, dado à sua continuidade e à hostilidade de sua desobediência em relação às figuras de autoridade.
  • Motivar as crianças desobedientes. O ideal, para começar um caminho na direção da solução desse problema, é estimular a motivação da criança, reforçando aspectos positivos do comportamento dela, enquanto ignora os negativos. Seria interessante que, além disso, fosse demonstrada uma atitude colaborativa na qual se permita à criança se expressar mais. Sempre explicando por meio do diálogo os problemas provocados pela atitude dela.
  • Não perder a calma diante desse desafio infantil. Controle sua irritação. Não permita que seu nervosismo tome conta de você. Para isso, você pode se colocar na altura da criança para gerar um contato visual direto, no qual você pode falar com calma.
  • Estabelecer limites e regras para amenizar a rebeldia. Dessa forma, você estabelece uma barreira entre o que se deve fazer e o que não se deve. Contudo, esses limites devem ser claros e razoáveis, além de se adaptarem à idade da criança. Por outro lado, é aconselhável explicar à criança o porquê de cada regra e os benefícios delas.
  • Estipular rotinas. Uma boa ajuda na hora de lidar com crianças desobedientes é manter um horário e um ritmo de vida estável para evitar que a vida se torne caótica. Por meio da implementação de rotinas, você estabelece uma ordem e um equilíbrio dentro do lar, ao mesmo tempo em que estimula uma atitude colaborativa e assertiva na criança.