Crianças que ficam acordadas até tarde são mais propensas a sofrer distúrbios

02 Março, 2017

Não se trata de uma simples advertência; os psiquiatras que afirmam que as crianças que ficam acordadas até tarde são mais propensas a sofrer diversos distúrbios. O sono é muito importante para as crianças, pois permite além de descanso, o desenvolvimento adequado que em seus primeiros anos é constante; advertir aos pequenos que é importante ir dormir cedo é frequentemente utilizado como intimidação, embora não saibamos o motivo real.

De acordo com relatos da psiquiatria pediátrica, para as crianças é determinante a hora em que vão dormir e a qualidade do seu sono, uma vez que o tenham. Ir para a cama cedo pode fazer toda a diferença quanto ao desenvolvimento adequado e a propensão a sofrer transtornos mais tarde.

Na opinião dos especialistas, na atualidade têm se conhecido diferentes transtornos do espectro psiquiátricos que antes não eram comuns, algo que coincide com a recente prática de ficar acordado até tarde.

Entende-se que, nos últimos anos a hora das crianças irem dormir geralmente é superior às 21 horas; isso tem sido estudado como uma possível influência nos casos de falta de atenção, ansiedade e problemas relacionados. Os psiquiatras têm sido capazes de determinar um aumento das consultas infantis sobre esse assunto, o que em grande parte acabam relacionados com distúrbios do sono.

O que acontece no corpo das crianças que ficam acordadas até tarde?

Na maioria das pessoas se reconhece a ativação do hormônio do crescimento em torno de 00:30 h; no entanto, para que isso aconteça é necessário que o indivíduo esteja na quarta fase do sono. De modo que, uma criança que fica acordada até tarde não estará na condição ideal para que o hormônio funcione corretamente, principalmente porque terá faltado tempo para ele agir.

Neste sentido, os especialistas garantem que os efeitos sobre o cérebro são observáveis por meio de estudos, razão pela qual tem se podido observar muitas diferenças no sistema cerebral de crianças que vão para a cama cedo e aquelas que não vão. O elemento que se destaca no cérebro são as diferentes áreas onde se observa atividade, sempre mais ressaltadas nas crianças que descansam melhor.

Entre as principais consequências do declínio na atividade cerebral devido à falta de sono se encontra a falta de atenção, retenção e memória, o que pode afetar o desempenho acadêmico da criança. Condições futuras estão relacionadas com doenças como Alzheimer, se o hábito de ficar acordado até tarde.

De acordo com o Instituto de Medicina do Sono, a maioria dos problemas de saúde mental estão relacionados com o sono. Dormir de forma inadequada poderia causar distúrbios psicológicos, problemas de comportamento, ansiedade e depressão.

Por sua vez, a Associação Mundial de Medicina do Sono, diz que a falta de horas de sono afeta a saúde física e mental desde os primeiros dias; ou seja, tem repercussões em nosso bem-estar a curto e longo prazo. Muitos problemas cognitivos estão associados com o fato de ficar acordado até tarde, porque se reflete em aspectos básicos de nossas atividades diárias.

Um hábito familiar

Muitos adultos subestimam a importância do sono, mas os especialistas recomendam que se coloque tanta atenção nisso quanto em outros aspectos da nossa saúde. Pense nas estratégias adequadas para melhorar a qualidade do sono em casa, é fundamental para todos, especialmente porque entende-se que é um problema de família.

A maioria das crianças que ficam acordadas até tarde adquire esse hábito de seus pais ou de um adulto em casa. Por isso, para garantir que as crianças melhorem neste aspecto, temos começar a melhorar por nós mesmos. Se horas depois de dormir, a família continua acordada, provavelmente a criança irá perceber rapidamente.

Desligue as luzes, os aparelhos eletrônicos e mude a casa para o “modo dormir”,isso favorece a rápida aquisição do sono e contribua para que a criança a adquira hábitos de dormir cedo. Outros aspectos a considerar são a profundidade, a duração e a continuidade do sono; a respeito disso se estima um espaço entre sete e nove horas de sono profundo de maneira contínua para que seja eficaz.