Cultivar o amor-próprio desde a infância

A saúde mental e a autoestima são pilares fundamentais para uma boa vida. Saber transmitir aos seus filhos a importância disso pode ajudá-los muito na vida. Aqui vamos explicar esses pilares para você!
Cultivar o amor-próprio desde a infância

Última atualização: 04 Maio, 2021

O amor-próprio é uma ferramenta maravilhosa para enfrentar as vicissitudes, superar os obstáculos e conquistar a vida que todos merecemos e sonhamos. Mas será que sabemos como cultivar o amor-próprio desde a infância?

Como toda aprendizagem, não é fácil e são necessárias disciplina e muita atitude para poder tê-lo entre nossas potencialidades, além de muito amor, pois é a família e os pais que têm a tarefa de ensinar os filhos a se amarem incondicionalmente..

Nunca regule a autoestima da sua filha ou do seu filho, chamando-os de egoístas ou imprudentes por colocarem seus desejos, suas necessidades e suas aspirações em primeiro plano.

Se houver alguma falha ou erro que seu filho cometeu, mostre a situação para ele com amor e respeito, evitando a todo custo as críticas e o desprezo.

As crianças merecem se sentir amadas, e esse é o segredo para que seu amor por si mesmas cresça e se fortaleça. Além disso, também é a maneira mais eficaz para que no futuro elas construam limites de respeito e cultivem relacionamentos saudáveis.

O que é amor-próprio?

O amor-próprio, ao contrário do que se acredita, não é egoísmo, e não devemos confundi-lo com o horrível narcisismo. Amor-próprio é ser nosso melhor amigo e nos colocar em primeiro lugar, sem que isso signifique esquecer os outros e o nosso redor.

Pelo contrário, só quem se ama pode dar o melhor de si e do seu amor aos outros, sem perder forças no caminho.

Christine Arylo, blogueira, autora do best-seller “Choosing ME Before WE: Every Woman"s Guide to Life and Love” (Escolher o EU antes do NÓS: o guia de toda mulher para a vida e o amor ) e criadora da escola sobre a arte de amar a si mesma, argumenta que nem sempre temos amor-próprio, pois é um decisão diária baseada na escolha da compaixão, do respeito, do cuidado e da aceitação de nós mesmos em vez do medo, da crítica, do ressentimento, da culpa e até do estresse.

child-1111818_640

De acordo com Arylo, o amor-próprio tem esses dez componentes e todos eles devem ser trabalhados para que possamos alcançar um equilíbrio emocional e uma felicidade saudável e duradoura:

  • Autorreconhecimento e honestidade
  • Autoaceitação
  • Autopiedade e perdão
  • Confiança em si mesmo
  • Autoestima
  • Autoexpressão
  • Fortalecimento
  • Respeitar e honrar a si mesma
  • Agradar a si mesma
  • Autoavaliação

5 maneiras de cultivar o amor-próprio desde a infância

Eduque com base no amor

Quem deseja que seus filhos cresçam com uma autoestima saudável e elevada, deve começar por educá-los com base no amor. Repreensão, crítica permanente, comparações e falta de amor são os piores venenos para o amor-próprio. Os pais são professores e seu trabalho começa desde o ventre materno, expressando suas emoções positivas com a chegada do bebê e desejando seu nascimento e, em seguida, proporcionando proteção, amor e tempo de qualidade.

Os pais também devem ensinar com o exemplo. Ser os primeiros guardiães do amor por si mesmos e por sua família. Um lar onde reina o amor, pais com relacionamentos saudáveis e com vidas plenas ensinarão aos seus filhos que essa é a regra da vida: ser feliz e pleno. Amar a si mesmo.

Ensine a superar obstáculos

Perder e fracassar não significa o fim do mundo e não devem ser encarados dessa forma. Sempre podemos recomeçar. Ensine seu filho a superar obstáculos e ir atrás de seus sonhos sem demora, sempre considerando o melhor para ele e para quem está ao seu redor. Ter sucesso sem negligenciar quem se é ou passar por cima dos outros.

Ensine seu filho a valorizar sua personalidade, a desenvolver sua marca pessoal e a cultivar sua alma, seu espírito e sua mente, além de desenvolver hábitos para cuidar do seu corpo e da sua aparência.

Seu valor é intrínseco

Seu valor não deriva do que se faz ou se tem. Você é um ser humano digno de sua própria existência. Ensine ao seu filho que ele é valioso simplesmente por estar por perto e trazer alegria para aqueles que o amam e o cercam. Fracassando ou tendo sucesso, ele será incrível e terá o seu apoio. Portanto, é necessário cultivar o amor-próprio desde a infância.

Evite críticas e comparação

Ao repreender ou corrigir seus filhos, evite críticas. Ensine-os a fazer a coisa certa e a trabalhar arduamente, mas sem questionar seu valor ou criticá-los. Se você deseja despertar o melhor em seu filho, o elogio é uma estratégia mais eficaz. Portanto, pratique até mesmo começar a repreender primeiro com um elogio ou destacando uma atitude positiva para reforçar esse comportamento e, em seguida, comece a repreender pela coisa errada que ele acabou de fazer.

Seu filho é único

É verdade. Seu filho é único. Ensine-o a reconhecer e amar suas peculiaridades e a expressar sua personalidade, sem censura ou pressão. Seu filho merece se sentir amado, único e especial.

Pode interessar a você...
A importância de ensinar o desejo de superação
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
A importância de ensinar o desejo de superação

Os pais devem motivar as crianças para que elas lutem pelo que querem até o final. E isso significa transmitir às crianças o desejo de superação.



  • Macías Quintero, M. A. (2019). Yo soy el dueño de mi receta: libro de autoconocimiento y amor propio (Bachelor’s thesis, Uniandes). https://repositorio.uniandes.edu.co/handle/1992/45040
  • Laporte, D. (2006). Autoimagen, autoestima y socialización: guía práctica con niños de 0 a 6 años (Vol. 58). Narcea Ediciones.