De embrião a feto, o milagre da oitava semana

· 12 de setembro de 2018
Durante a oitava semana no útero, o embrião passa a ser feto. Nessa altura, já se observa claramente que tem forma humana.

Pouco a pouco, o feto começa a se mover dentro do útero, mesmo que a mãe não perceba. Há também outras mudanças que ocorrem nessa fase, não só no feto, mas na mãe também.

Desenvolvimento do bebê na oitava semana

  • Peso e estatura. O feto mede aproximadamente 1,5 cm e pesa menos de 1 g. Por essa razão, costuma-se dizer que na oitava semana o feto tem o tamanho de um feijão.
  • Primeiros movimentos. De acordo com o que foi dito no início, o feto começa a se mover. No entanto, a mãe ainda não perceberá isso. Será preciso espera até a 20ª para poder sentir seus chutinhos.
  • Esse organismo começará a formar as vias neurais. As células nervosas se alongam conectando-se entre si para, assim, formar canais neurais primitivos.
  • Características faciais. Nessa semana, começam a se formar as pálpebras, os lábios, o nariz e as orelhas.
  • Devido ao corpo estar se alongando, já se vê detalhes dos braços e das pernas, assim como também os dedinhos das mãos e dos pés. Os cotovelos e os joelhos estão formados, inclusive podem dobrar suas extremidades.
  • Pele e ossos. Começa a se formar a pele e os músculos. Pode-se ver através de sua pele translúcida o esqueleto que ainda não é um osso, é uma cartilagem lisa, e as vértebras continuam crescendo.
embrião a feto

  • Órgãos. O coração e o fígado funcionam e continuam se desenvolvendo. Os órgãos sexuais nessa semana ainda não estarão formados. Por essa razão, você não poderá descobrir o sexo do feto tão cedo.
  • Alimentação. O saco vitelínico proporcionava muitos nutrientes ao embrião. Por isso, na oitava semana o embrião passa a ser um feto. Nessa etapa, a placenta começará a cumprir a função de proporcionar alimento, como oxigênio, comida e água para a criança. Em seguida, a alimentação se inicia através do cordão umbilical.

Mudanças no corpo da mãe

  • Aumento do útero. Nesse caso, você pode sentir alguns desconfortos ou pontadas na região do ventre. Isso ocorre porque o feto continua aumentando de tamanho progressivamente, cada vez ocupando mais espaço no útero. Apesar disso, por fora, só se verá o crescimento a partir dos 4 ou 5 meses de gestação.
  • Aumento de peso. A partir da oitava semana, a mãe aumentará de peso, por volta de 1 kg. É recomendável que se estabeleça uma dieta balanceada. A partir desse momento, o feto começará a se alimentar com tudo o que a mãe come. Assim, o desenvolvimento e o bem-estar tanto do feto quanto da mãe dependem disso.
  • Aumento nos seios. Isso ocorre devido à expansão dos ductos por onde o leite vai circular. Para que você não sinta incômodos, é recomendável utilizar sutiã de tamanho maior ao utilizado anteriormente.
  • Náuseas e vômitos. Ainda estarão presentes esses incômodos típicos, acompanhados de tonturas.
  • Nariz mais sensível. Em relação ao que foi dito anteriormente, os odores serão mais fortes. Por essa razão, ocorrem os vômitos ao sentir aversão a certos alimentos e odores desagradáveis.
  • Cansaço. Isso ocorre porque o corpo está trabalhando muito para criar um novo ser humano, somando-se a isso as horas sem dormir à noite e a ansiedade.
embrião a feto

Recomendações para as mães na oitava semana

O conselho que se pode dar a todas as mães nessa semana da gestação é que devem seguir uma dieta balanceada. Deve-se evitar os agentes nocivos para o bebê, como o álcool, o tabaco ou as drogas.

É importante que as mulheres façam um acompanhamento com um médico especializado. É também importante realizar a cada mês um ultrassom para observar o desenvolvimento do feto. Se houver algum problema no útero acompanhado de hemorragia, deve-se procurar uma emergência médica.

Recomendados para você