Dicas para acalmar as cólicas nos recém-nascidos

28 de janeiro de 2019
O choro prolongado e os gritos agudos de seu bebê podem certamente fazer com que você sinta uma grande dor se não conseguir aliviar isso. Portanto, queremos te apresentar algumas ideias para aliviar as terríveis cólicas.

As cólicas nos recém-nascidos e, também, os problemas estomacais são muitas vezes uma das principais preocupações dos pais. É essencial reconhecer os sintomas e agir de acordo para aliviar o sofrimento da criança.

Durante os primeiros três meses de vida, o bebê é frequentemente exposto a esses problemas gastrointestinais. Apesar disso, as causas dessa condição ainda não estão claras para a comunidade científica.

Para ajudar você a identificar os sintomas de cólicas nos recém-nascidos e poder dar dicas para acalmar seu desconforto, apresentaremos uma abordagem sobre as cólicas nos recém-nascidos logo abaixo.

O que se entende por cólica?

Especialistas em medicina pediátrica referem-se à cólica quando há um choro prolongado em crianças com menos de três meses de idade, ao qual não se pode estabelecer uma causa específica.

Em princípio, está ligado a uma possível imaturidade do sistema digestivo que pode causar pequenas dores de estômago. Mesmo em outra das hipóteses, fala-se sobre alergias e intolerâncias alimentares.

Poderíamos dizer que a questão da cólica é tão incerta que em apenas 5% dos casos os pesquisadores puderam afirmar que existe uma causa orgânica. Apesar da incerteza, estas são as causas prováveis ​​do mal-estar:

  • Gazes estomacais.
  • Intolerâncias às proteínas do leite.
  • Razões psicológicas, como a transferência de ansiedade dos pais para os filhos ou, ainda, a personalidade da criança.

Sintomas visíveis de cólicas nos recém-nascidos

Os sintomas gastrointestinais que estão ligados à cólica são:

  • Longos episódios de choro alto que geralmente começam no final do dia e ocorrem pelo menos três vezes por semana.
  • Os bebês geralmente assumem uma posição peculiar com o corpo: fecham os punhos com firmeza, o rosto fica vermelho, o abdômen fica endurecido e as pernas são flexionadas na direção do tronco.

 recém-nascido com cólica

Dicas para acalmar as cólicas nos recém-nascidos

As dicas a seguir visam aliviar possíveis cólicas que estão ligadas a problemas gastrointestinais ou a intolerâncias em crianças. Mas atenção: as de forma alguma podem substituir o diagnóstico do especialista!

Por esse motivo, recomendamos que você consulte o médico do seu filho sobre as verdadeiras razões de seu choro a fim de descobrir se corresponde a alguma outra patologia.

Sobre a amamentação

Se você amamentar o bebê, é aconselhável evitar alimentos como brócoliscouve-flor, couve-de-bruxelas e repolho, pois estão associados a inflamações do estômago que causam flatulência. Da mesma forma, reduza o uso de condimentos e especiarias.

“A cólica está ligada a uma possível imaturidade do sistema digestivo que pode causar pequenas dores de estômago”

Por outro lado, se você dá mamadeira ao seu bebê, tenha em mente que deverá seguir a recomendação exata do seu pediatra com relação às quantidades de leite em pó e água, que se ajustam à idade e às necessidades da criança. Também é recomendável que você não altere a marca de leite sem antes consultar o médico.

Se você quiser reforçar essas ações, pode pesquisar no mercado marcas que são antirrefluxo e que combatem a chamada aerofagia. Como você vê, todo recurso é válido para garantir o bem-estar da criança.

Ações complementares

As ações complementares que você pode tomar para ajudar a combater ou aliviar o desconforto das cólicas nos recém-nascidos incluem:

  • Sempre tente eliminar os gases do bebê depois que ele comer. Certifique-se de fazê-lo arrotar o número necessário de vezes.
  • Massageie suavemente o abdômen do bebê seguindo a direção horária. Você pode usar um óleo para bebês. Além disso, se você esfregar suas mãos antes para aquecê-las, causará uma sensação calmante e agradável em seu pequeno.
mãe massageia a barriga do bebê

  • Tente também dar um banho de água quente. Isso pode ajudar o bebê a se sentir confortável. Por sua vez, submergi-lo na banheira pode produzir o efeito de banho no assento. Acredita-se que isso reduz as cólicas em crianças e adultos.
  • Coloque o bebê na posição vertical com a ajuda de uma cadeira especial para crianças ou segurando-o em seus braços. Essa posição favorece a expulsão de gases e reduz a acidez.

Por fim, queremos alertar sobre os perigos do uso de produtos farmacológicos. Além de não serem comprovadamente eficazes para esse fim, poderá desencadear sérios problemas de saúde na criança.

Portanto, é melhor sempre consultar o seu médico antes de recorrer a qualquer medicação.

  • Ramos, E. M., da Silva, L. F., Cursino, E. G., Machado, M. E. D., & Ferreira, D. S. de P. (2014). O uso da massagem para alívio de cólicas e gases em recém-nascidos. Revista Enfermagem.