Meu filho tomou remédio por engano

· 8 de janeiro de 2019
Infelizmente, acontecem muitos casos em que as crianças tomam remédios por engano. Se isso acontecer com o seu pequeno, você deve manter a calma e consultar o médico o mais rápido possível.

O tamanho pequeno dos remédios aumenta a sua vulnerabilidade e, em alguns casos, apenas um comprimido pode ser fatal. Se o seu filho tomou remédio por engano, você não pode confiar na condição da criança para avaliar a situação já que ela pode não ter quaisquer sintomas até que seja tarde demais.

Infelizmente, o envenenamento por medicação acidental é muito comum e é a principal causa de intoxicação em crianças.

Pode acontecer devido a uma ingestão acidental, por curiosidade, ou devido a um erro no nome do medicamento ou das doses prescritas.

O que fazer se o meu filho tomar um remédio por engano?

Quando o remédio não é armazenado com os cuidados adequados, a curiosidade natural das crianças às vezes é maior. Se o seu filho tomar um remédio por engano mantenha a calma, mas aja rapidamente para reduzir os danos à sua saúde. Acima de tudo, nunca induza o vômito, pois isso não ajuda a criança e pode até machucar.

Você deve ter em mente que existem três tipos de medicamentos:

1.- Medicamentos de baixa toxicidade

São eles: antibióticos, pomadas, laxantes, mucolíticos, antitussígenos e antiácidos. Se a criança tomar um remédio de baixa toxicidade, não é preciso se preocupar muito. Apesar disso, se você ainda tiver dúvidas sobre a quantidade ingerida, é melhor consultar o médico.

2.- Medicamentos de toxicidade média

Incluem-se aqui: antidepressivos, paracetamol, anticoagulantes, sedativos e diuréticos. Se o incidente ocorrer com um remédio de toxicidade média, vá ao hospital o mais rápido possível. Na maioria dos casos, a criança ficará em observação por algumas horas.

3.- Medicamentos de alta toxicidade

Aqui temos os broncodilatadores, os barbitúricos, os antiarrítmicos e os antidiabéticos. Se uma criança ingerir remédios de alta toxicidade, leve-a a um centro médico imediatamente. Um consumo elevado desses medicamentos pode afetar os seus órgãos vitais.

Se a criança tomar um remédio por engano, vá ao hospital imediatamente.

Quais sintomas as crianças podem apresentar?

Certamente, tudo depende do tipo de medicamento ingerido e, principalmente, da quantidade. Às vezes, a ausência de sintomas pode tranquilizar as mães. No entanto, isso é um erro pois quando certos medicamentos são ingeridos os sintomas aparecem muito mais tarde.

Se o seu filho tomou um remédio por engano, geralmente os sintomas observados são: vômitos, náuseas, mal-estar, perda de consciência, dificuldade respiratória, frequência cardíaca muito lenta ou muito rápida, pupilas dilatadas, pele pálida, cólicas abdominais e queda da temperatura corporal.

“Se o seu filho tomar um remédio por engano, mantenha a calma, mas aja rapidamente para reduzir os danos à sua saúde”

Quais são os medicamentos mais perigosos?

Se seu filho tomar um remédio por engano, você deve ter em mente que os seguintes fármacos são os mais perigosos:

  • Medicamentos para o coração: causam uma redução significativa da pressão arterial e da frequência cardíaca, bem como convulsões. Os sintomas podem levar de 1 a 14 horas para aparecerem.
  • Remédios para dor nos músculos: estes produtos produzem efeitos secundários rápidos (de 10 a 20 minutos), entre eles estão hiperatividade, convulsões, o contorno dos lábios pode ficar azul, etc. Nos casos mais graves, podem levar ao coma ou à insuficiência respiratória.
  • Analgésicos: a ingestão de analgésicos produz sonolência nas crianças.
  • Aspirina: doses elevadas podem causar náuseas, vômitos, agitação, convulsões e um estado de letargia que pode levar ao coma.
  • Medicamentos antidepressivos: após a ingestão, os sintomas podem levar de 1 a 6 horas para se manifestarem. Eles incluem convulsões, arritmia cardíaca, queda significativa de pressão e coma.
  • Colírios para os olhos e sprays nasais: os sintomas podem levar até 4 horas para aparecer, mas uma pequena quantidade (6 ml) pode causar um estado de letargia e coma.
  • Medicamentos para diabetes: Os sintomas podem levar até 6 horas para se manifestarem e duram até 24 horas. Sonolência, confusão, dor de cabeça ou convulsões. Podem também causar danos permanentes ao cérebro.
Se meu filho toma um remédio por engano, é preciso agir rapidamente para levá-lo ao médico.

Como evitar que o meu filho tome remédio por engano?

A melhor maneira de lidar com uma overdose é evitar que ocorra. Siga estas dicas para armazenar e usar medicamentos com segurança:

  • Mantenha os remédios longe da vista e do alcance das crianças.
  • Armazene os medicamentos em um armário de difícil acesso.
  • Sempre guarde os medicamentos depois de usar.
  • Feche bem as tampas, até que parem de girar se for de rosquear.
  • Leia atentamente os rótulos e administre os medicamentos apenas segundo as indicações.
  • Verifique os ingredientes ativos de todos os medicamentos do seu filho.
  • Se você tiver dúvidas sobre os remédios, pergunte ao médico ou farmacêutico.

Em suma, é preciso sempre manter os medicamentos fora do alcance das crianças. Essa é a regra fundamental. Como você pode ver, o consumo elevado dessas substâncias pode ter consequências graves para os pequenos.