7 dicas para fazer compras com as crianças

Ir às compras pode ser um pouco tedioso, especialmente quando é algo que interrompe os momentos de brincadeira. Mas e se transformarmos o passeio em uma caminhada educativa e estimulante?
7 dicas para fazer compras com as crianças

Última atualização: 29 março, 2022

Ir ao supermercado ou fazer compras com seus filhos é algo que você deve planejar com antecedência. Por isso, aqui vamos oferecer algumas dicas para fazer compras com as crianças e transformar esse passeio em um verdadeiro plano familiar.

Aproveite esses momentos para passar um tempo juntos, enquanto você enche o armário, encontra aquele presente especial ou renova seu guarda-roupa. O segredo é organizar o passeio com tempo e astúcia, para que seja calmo, divertido e atenda aos seus objetivos.

O que devo considerar? Quais coisas devo evitar? A seguir, daremos todas as respostas. Não perca!

As dicas essenciais para fazer compras com as crianças

Embora possa parecer exagerado, é melhor pensar que a caminhada começa antes de sair de casa, pois para que a saída seja bem sucedida é fundamental ter empolgação e organização. Ter um plano claro e preciso permitirá que seus pequenos saiam mais calmos e animados.

1. Escolha o momento certo

Uma das melhores dicas para ir às compras com as crianças é não fazer isso numa tarde de sexta-feira, quando elas já estão exaustas da rotina semanal. Em vez disso, escolha um dia em que elas tenham pouca ou nenhuma atividade escolar.

Se você tem bebês, pode aproveitar a hora da soneca e levá-los dormindo no carrinho. Mas se você tem filhos mais velhos, é melhor se adaptar aos horários e atividades deles, para não ter que lidar com o mau humor o tempo todo.

A American Psychological Association oferece algumas recomendações úteis para frequentar um local público com uma criança. São as seguintes:

  • Tenha paciência. As crianças pequenas estão aprendendo a se comportar fora de casa.
  • Faça viagens curtas.
  • Evite sair quando seus filhos estiverem cansados ou com fome.
  • Sempre traga algum brinquedo ou item para entretê-los.
Aproveite os momentos entre as sestas para propor um passeio diferente, mesmo que seja ao mercado para fazer as compras.

2. Dê importância à visualização e explique pacientemente como será a saída

Quando ainda estiver em casa com as crianças, explique a elas que fazer compras é uma parte importante da rotina da família e que elas podem participar e ajudar nessa tarefa. Por exemplo, anotar os itens a serem comprados, planejar a rota ou colocar os produtos no carrinho do supermercado.

3. Defina diretrizes comportamentais

Como adulto, você sabe que shoppings e supermercados são projetados para atrair o público e persuadi-lo a comprar. As técnicas de venda também são voltadas para as crianças e, por isso, nesses locais há cores, sons e aromas irresistíveis.

Então, você precisa avisar aos seus filhos que eles vão comprar algo na hora e que o restante dos itens não está incluso nessa compra. Isso os ajudará a entender que as birras não darão o resultado esperado.

Além disso, e isso vale para todos os passeios, avise sempre que costumam haver muitas pessoas nesses locais e que eles não devem se afastar de você em nenhum momento.

4. Deixe-os escolher alguns produtos

Uma vez na área de compras, deixe seus filhos ajudar você a levar os produtos para o carrinho ou carregá-los sozinhos.

Além disso, você pode dar opções para que participem da escolha de alguns itens, como o sabor do iogurte ou o tipo de fruta para consumir em casa.

5. Compre sem pressa, mas sem pausa

Um dos motivos do mau comportamento das crianças ao acompanhar os pais nas compras é o cansaço e o tédio. Portanto, tente tornar todo o passeio ágil e dinâmico.

Evite parar para pesquisar detalhadamente um produto ou comparar um preço com outras opções no celular. Essa pode ser a faísca que acende o fogo!

6. Pense positivo, mas de forma realista

Das dicas para fazer compras com as crianças, essa talvez seja uma das mais úteis para sua saúde mental.

Ao sair com os pequenos, você deve considerar que são muitos os fatores capazes de acabar com o plano: tédio, sono, fome, cansaço ou frustração. Em alguns casos, você poderá antecipá-los e evitá-los, mas em outros, eles o surpreenderão.

Por isso, nossa recomendação é que você pense positivamente e, se surgir uma situação tensa, resolva-a com paciência e sem perder a calma.

7. Voltar para casa: parabéns e ajuda

Ao chegar em casa, peça aos seus filhos para ajudar você a carregar as sacolas mais leves, desembalar os produtos e guardá-los.

Além disso, agradeça a eles pela companhia e parabenize-os por seu bom comportamento. Isso é muito importante, porque vai fazê-los se sentirem importantes, eles vão gostar e isso vai motivá-los para o próximo passeio.

Benefícios de ir às compras com as crianças

Mãe e filho no supermercado para aprender matemática.
Aproveite o tempo da compra para incutir no seu filho noções de sustentabilidade, nutrição e alimentação saudável.

Embora possa ser exaustivo às vezes, ir às compras com seus filhos pode ser uma experiência incrível e benéfica para toda a família.

Saiba como transformar essa atividade em um espaço de conexão e aprendizado.

Para crianças pequenas, fazer compras pode ajudá-las a desenvolver sua inteligência espacial, algumas habilidades de leitura e até matemática. Por exemplo, ao ler rótulos e preços.

Além disso, quando você vai às compras, passa tempo com seus filhos em um ambiente neutro, o que pode ser propício para se conectar e conversar sobre o que aconteceu naquele dia. Embora estejam cercados por pessoas, estão em total privacidade.

Por fim, essa atividade é perfeita para aprender sobre sustentabilidade e também sobre nutrição e saúde.

Aproveite a ida ao supermercado!

Esperamos que essas dicas para fazer compras com as crianças tenham ajudado você a planejar sua próxima saída com elas ao supermercado ou ao shopping.

A ideia é que nesse passeio todos possam aproveitar o momento e tirar algo de positivo, seja uma experiência, um aprendizado ou uma bela lembrança.

Pode interessar a você...
Vale a pena pagar pelos aplicativos para crianças?
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Vale a pena pagar pelos aplicativos para crianças?

Você costuma baixar aplicativos para as crianças no seu celular? Costuma pagar por eles ou apenas baixa os que são gratuitos?