Dicas para baixar a febre nas crianças

· 7 de janeiro de 2018

A febre costuma atingir as crianças com uma certa frequência. Isso acontece porque a essa idade o corpo delas tem que lutar contra diversos agentes para criar anticorpos que os adultos já possuem.

A febre se manifesta com o aumento da temperatura do corpo como uma reação do organismo frente a alguma doença ou infecção. É possível verificar se alguém está com febre com a ajuda de um termômetro. Se ele marcar, aproximadamente, 38° C ou mais quer dizer que a temperatura corporal está acima do normal. Neste caso, você deve tentar baixá-la o mais rápido possível.

Você deve consultar o médico se além da febre a criança apresenta algum dos seguintes sintomas:

  • Tosse ou catarro
  • Presença de vômito e diarreia ou, pelo contrário, se ela não urina ou evacua.
  • Pele muito pálida e a criança não se mostra muito ativa.
  • Qualquer tipo de erupção cutânea
  • Se a criança não sente vontade de comer.

Como baixar a febre nas crianças?

Em seguida oferecemos uma série de soluções para tentar baixar a febre nas crianças o mais rápido possível:

Dar um banho de água morna

Para diminuir a temperatura do corpo da criança e baixar a febre, você pode lhe dar um banho para tentar refrescar o corpo da criança. Não é necessário que o banho seja com água fria. Encher a banheira com água a uma temperatura de mais ou menos 37°C é suficiente. Desta forma, a criança terá contato com a água a uma temperatura inferior à sua, sem se resfriar demais.

Mãe com a mão na cabeça do bebê

O ideal é manter a criança por um tempo na água. Assim, a água vai esfriando de forma gradual e, consequentemente, a temperatura corporal da criança também vai diminuir. Esse processo também ajuda a relaxar.

Refresque a testa, o pescoço, as mãos e as pernas

Molhe um pano ou uma compressa com água em temperatura ambiente. Passe esse pano na testa, nas mãos, nas pernas e no pescoço do seu filho. Essa é outra maneira de baixar a temperatura da criança sem precisar dar um banho no caso de ela estar muito cansada e não querer se mexer muito. Além disso, é uma ótima opção para climas mais frios.

À medida que você ver que as compressas estão ficando mais quentes, molhe outra vez e repita o mesmo processo. Isso pode ser feito quantas vezes forem necessárias até baixar a febre. Para ter certeza, verifique sempre com o termômetro.

Mantenha uma boa temperatura ambiente

É muito importante que a temperatura do ambiente onde a criança se encontre esteja equilibrada. Ou seja, nem muito frio nem muito quente. Também é aconselhável que esse ambiente esteja bem ventilado para lhe proporcionar ar fresco.

Se nos dias mais quentes você costuma utilizar um ventilador ou ar-condicionado, tenha cuidado para não expor o bebê diretamente à corrente de ar frio. É recomendável que ele fique longe desses aparelhos e receba somente uma suave brisa.

Tire algumas peças de roupas

Para que a febre não aumente é necessário tentar diminuir a temperatura do corpo da criança. Se for inverno, tire uma camada de roupa. No verão tente deixar o seu filho o mais fresco possível.

Outra opção é tirar sapatos e meias e deixar os pés da criança livres. Se for um dia muito quente, tente colocar os pés dela em contato com uma superfície fria. Dependendo da idade da criança e do que for mais confortável para ela você pode escolher colocar no piso, num pano molhado ou diretamente na água.

Evite a desidratação

A criança vai começar a suar e perder o apetite desde o primeiro momento em que começar a ter febre. Por isso é importante tentar mantê-la sempre hidratada. Se a criança costuma brincar fora de casa fique atenta à incidência de sol, principalmente durante o verão. Assegure-se de que a criança permaneça na sombra e não tome sol diretamente.

Para baixar a febre nas crianças é recomendável que elas bebam soro. Porém como na maioria dos casos essa bebida não parece agradá-las, uma boa opção é substituir por muita água, sucos, gelatinas, ou alguma sopa quente, se for inverno.

termômetro para medir e tentar diminuir a febre do bebê

Repouso e descanso

Finalmente, a melhor cura para a febre nas crianças é repousar e descansar. Quando ficam com febre, muitas crianças se mostram mais cansadas e não sentem vontade de fazer nada. No entanto, há outras que mesmo quando estão com febre não apresentam essa indisposição. Elas não têm consciência da própria temperatura corporal, correndo e brincando normalmente.

Apesar disso é recomendável que a criança fique mais tranquila e faça atividades que não exijam muito esforço como, por exemplo, assistir um filme ou ler um livro.

Se a criança tiver menos de 3 meses de idade, vá ao médico o mais rápido possível e não espere que a febre diminua em casa.

E lembre-se:

A febre é uma doença e, como tal, um médico é quem determinará um diagnóstico caso qualquer tipo de tratamento seja necessário. Nunca medique o seu filho por conta própria sem consultar um especialista. Tomar decisões por conta própria pode colocar a saúde dos seus filhos em perigo.

Se mesmo depois de colocar essas dicas em prática, você perceber que a febre do seu filho não diminuiu, ou pelo contrário, aumentou, vá imediatamente ao pediatra. Também procure ajuda médica se a febre durar dois dias consecutivos.