Dicas para uma melhor preparação para o parto natural

· 19 de outubro de 2017

Fazer uma melhor preparação para o parto natural é muito importante na hora de trazer o seu filho ao mundo. Se preparar adequadamente não é nada mais nada menos do que a disposição voluntária de enfrentar a experiência do parto com muito amor.

A preparação para o parto natural é um processo de aprendizagem, autoconhecimento e acondicionamento, que buscamos de acordo com as recomendações mais indicadas por especialistas no assunto – e a nossa própria intuição.

Se você teve uma gravidez saudável provavelmente não terá complicações durante o parto. Sabemos que existem muitos fatores internos e externos que não dependem de nós. Muitos desses fatores são de responsabilidade da equipe médica, e especialmente do obstetra e do ginecologista que nos acompanha.

No entanto você ficará surpresa ao descobrir que pode fazer muito para evitar alguns contratempos que possam ocorrer durante o parto natural. Na verdade, muito mais do que imagina! A seguir lhe contaremos como fazer a melhor preparação para o parto natural.

A mulher que opta pelo parto natural sabe que a sua decisão envolve uma experiência bastante dolorosa como papel proativo principal. Por quê? Porque as mulheres têm um maior controle sobre tudo o que envolve a experiência do parto sem a ajuda de medicamentos (ou com a menor quantidade possível) e, em geral, com a menor intervenção “artificial” possível.

No parto natural uma mulher pode ter controle sobre o seu próprio progresso e fazer as adaptações necessárias. Por exemplo, ela pode controlar melhor a posição que for mais confortável, sem que nada e nem ninguém a obrigue a manter uma única posição.

Pais segurando e beijando seu bebê

Ao contrário do que se pode pensar,um parto natural não é uma demonstração de força. Não é um espetáculo para se gabar para os outros. É simplesmente uma experiência inesquecível para a mãe.

Lembre-se de que o corpo feminino é projetado anatomicamente para ter uma alta tolerância à dor e poder dar à luz. Apesar disso no momento do parto a mulher também pode encontrar outras formas de força.

Vantagens e desvantagens do parto natural

Vantagens

A vantagem do parto natural é que a mulher tem controle de seu corpo. Sendo assim ela pode sentir e decidir o ritmo que passará por cada etapa do parto.

Além disso, ao não permitir uma “invasão” artificial por meio de medicamentos e procedimentos invasivos, são eliminados os riscos de efeitos colaterais de algumas medicações ou outros agentes externos. Da mesma forma, o bebê não será afetado por esses elementos.

Outra vantagem do parto natural é que as mulheres têm uma experiência mais concreta ao passar de “grávida”, para “mãe oficial” de um novo ser humano.

Quando a mulher opta por experimentar todas as sensações com os seus cinco sentidos bem despertos, o parto se torna uma forma de expressar amor pelo bebê. Desta forma a mulher sente-se claramente mais motivada para iniciar a maternidade.

Para muitas mulheres o sentimento de controle ajuda a diminuir a intensidade da dor.

Poder controlar o seu corpo lhe dá força para enfrentar cada estágio até o nascimento de seu bebê. Uma vez que o parto acaba as novas mamães se sentem plenamente realizadas.

Desvantangens

Se a mulher optar por um parto em um ambiente não clínico e/ou hospitalar, os riscos aumentam em todos os sentidos por não ter uma equipe de saúde disponível para ajudá-la em caso de emergência. Neste caso, a principal desvantagem é que aumenta-se os riscos de infecção, hemorragia vaginal e/ou quaisquer outras complicações, que possam surgir e desencadear uma situação de emergência.

Se durante o parto natural a mulher não conseguir resistir à dor como imaginava é melhor solicitar atendimento médico imediato. Isso não torna a mulher covarde ou menos forte. Pelo contrário, é admirável o fato que, desde o início, ela tenha tomado a decisão de ter um parto natural. Isso demonstra a sua força de vontade pelo compromisso que assumiu.

Para conseguir uma experiência saudável é necessário lembrar que devemos respeitar o nosso corpo e não forçar os limites. Se algo não acontece de acordo com o planejamento é importante saber se adaptar às circunstâncias.

Dicas para a melhor preparação para o parto natural

A seguir lhe apresentamos as melhores dicas para a sua preparação para o parto natural. Ao longo dos nove meses de gravidez seguramente você tirará essas dicas de letra, pois todas são bem simples e não lhe trarão nenhuma dificuldade.

Mulher grávida com fotos de ultrassom sobre a barriga

Se tiver quaisquer dúvidas ou preocupações não hesite em consultar o seu médico pessoal ou um especialista.

A preparação para o parto natural deve começar a partir do momento em que a mulher descobre que está grávida.

  • Informe-se! Quanto mais conhecimento você tiver sobre o assunto mais preparada estará e melhor poderá controlar a experiência.
  • Faça uma dieta equilibrada. Embora estejamos cansados de ouvir, a alimentação influencia diretamente todos os aspectos de nossas vidas e por isso é fundamental cuidá-la.
  • Pratique exercícios de respiração regularmente.
  • Faça atividades físicas moderadas. A ioga pré-natal é uma excelente opção.
  • Participe de cursos pré-natais o máximo possível. Você aprenderá técnicas de relaxamento  que serão fundamentais para gerenciar a intensidade da dor durante o parto.
  • Faça meditação guiada. A meditação é muito útil, pois dessa forma poderá criar um refúgio psicoemocional que pode recriar durante o parto.
  • Aprenda a fazer automassagens. É importante que você aprenda a conhecer seu corpo, quais pontos lhe ajudam a relaxar, quais ajudam a liberar tensão ou dor, etc…

Lembre-se de que nenhum conselho será útil se você não gerenciar o seu progresso. Para alcançar o objetivo desejado de alcançar um bom parto natural, é preciso reservar um tempo para estabelecer uma disciplina, que a permita monitorar o seu progresso.

Assim como muitas outras questões, com paciência e perseverança será possível alcançar melhores resultados. Ninguém nasce especialista, todos aprendem pouco a pouco. É uma questão de se aprofundar sobre o conhecimento do próprio corpo para poder fazer a melhor preparação para o parto natural.

Elaborar um plano de parto será muito útil para poder aplicar todas essas dicas.