Dicas para um canguru seguro

5 de julho de 2019
Um canguru seguro é uma das melhores alternativas para transportar o bebê. Por isso, vamos te dar algumas dicas que você pode seguir para começar a usá-los.

Atualmente, há uma grande variedade de dispositivos que permitem transportar o bebê: mochilas, lenços, slings… É importante conhecer o seu funcionamento e saber quais são os pontos a serem levados em conta ao escolher um ou outro canguru para carregar o seu bebê de forma segura. Veja dicas para um canguru seguro.

Já foram demonstrados os múltiplos benefícios e vantagens que o uso de um canguru apresenta quando precisamos transportar os nossos bebês. Ambos os pais podem utilizá-lo e, dessa forma, descobrir como o contato direto é benéfico para ambos.

Benefícios do canguru

Alguns dos benefícios para os bebês apresentados pelo canguru são os seguintes:

  • Aumenta o contato físico entre bebê e cuidador, o que aumenta o vínculo e a sensação de segurança para o bebê.
  • Reduz o choro, assim como ajuda a dormir melhor.
  • Promove a amamentação e incentiva a amamentação em livre demanda.
  • Previne a plagiocefalia postural.
  • Promove o apego seguro.

E para quem carrega o bebê:

  • Permite maior mobilidade e autonomia por não depender do carrinho.
  • Promove a autoestima.
  • Diminui o risco de depressão pós-parto.
  • Quando usado corretamente, o canguru protege e reforça os músculos das costas.

Idade para iniciar o uso do canguru

Com os dispositivos do tipo mochila, não se recomenda carregar o bebê antes dos 6 meses de vida. Se você quiser carregá-lo até essa fase, recomenda-se usar slings que permitam que o bebê seja envolvido.

Essa recomendação se deve ao fato de que eles ainda são pequenos demais para ficar sentados e a sua postura fisiológica implica que as suas costas fiquem curvadas em forma de C.

Idade para iniciar o uso do canguru

O uso de um canguru seguro nessa fase, quando feito corretamente, é muito benéfico para o bebê. Principalmente porque permite que ele esteja em contato com os pais, o que transmite segurança e tranquilidade.

Contudo, é essencial que o rosto do bebê esteja sempre livre e visível, pois devemos conseguir verificar facilmente se ele está respirando corretamente.

Bebê olhando para frente ou para trás?

O bebê deve estar sempre olhando para você, isto é, com o rosto voltado para o peito do carregador. Esse fato é muito importante pois, se o bebê estiver olhando para a frente, a sua postura fisiológica será modificada pela retificação de sua curvatura lombar.

Além disso, na posição olhando para frente, as pernas do pequeno ficarão penduradas (aumentando assim o risco de displasia de quadril) e ele ainda será estimulado excessivamente pelo ambiente ao seu redor.

Por outro lado, para crianças mais velhas, existem outras alternativas de canguru (para o quadril ou para as costas), que permitem que tenham maior visibilidade e que também respeitam a sua postura fisiológica.

Postura ergonômica

É muito importante que o canguru usado para transportar, seja ele um lenço, uma mochila ou um sling, permita uma posição ergonômica tanto para o bebê quanto para o carregador.

O canguru não deve ser incômodo para o carregador. Portanto, antes de comprar um dispositivo, experimente e confirme que ele fique perfeitamente ajustado às suas costas e que não fique nem apertado e nem folgado.

Aprenda a lidar com ele primeiramente sem o bebê, assim ele será mais fácil de usar. O ideal é que ele possa se adaptar ao crescimento do bebê, que seja feito de um tecido respirável e que não tenha zíperes ou botões que possam incomodar.

Nos primeiros meses, o bebê pode ficar na posição “berço” no canguru, sempre com o rosto visível e colocado na altura correta para nos certificarmos de que ele esteja respirando sem dificuldade. Porém, é essencial seguir as recomendações dos especialistas para usar o canguru de forma segura.

A partir dos 6 meses, o bebê já pode ficar sentado na mochila, mas é muito importante que as pernas não fiquem penduradas, já que essa posição não respeita a fisiologia dos quadris e pode causar lesões (displasia de quadril). O bebê deve ficar sentado com as pernas flexionadas na posição de rã (pernas em forma de M).

A que altura carregar o bebê?

A cabeça do bebê deve ter liberdade de movimento. Assim, deve ficar sempre no espaço entre o nariz e o corpo do carregador para que este possa respirar adequadamente. Além disso, o rosto do pequeno deve ficar sempre visível. Por exemplo, geralmente se usa como referência conseguir beijar a cabeça do bebê enquanto ele estiver na mochila.

Principais recomendações para usar o canguru de forma segura

Principais recomendações para usar o canguru de forma segura

  • Nunca devemos usar o canguru dentro de um veículo em movimento. O bebê deve ser colocado adequadamente em um dispositivo de retenção apropriado ao seu peso e tamanho.
  • A cabeça do bebê deve ter liberdade de movimento, e o seu rosto deve estar livre para que possa respirar.
  • Não devemos carregar o bebê no canguru enquanto estivermos fazendo atividades com risco de quedas (patinação, ciclismo, trekking, etc.).
  • Não cozinhar usando o canguru, principalmente devido ao risco de queimaduras.
  • Evitar áreas escorregadias que possam causar quedas.
  • Ajustar o tamanho do dispositivo ao peso e altura do nosso bebê e garantir que ele esteja em boas condições.

Por fim, lembre-se de tirar qualquer dúvida que você tiver com o profissional de referência. Você vai adorar essa nova alternativa para carregar o bebê de forma segura!