Dieta leve para mulheres grávidas

Durante a gravidez, a mulher pode sofrer muitas patologias. Algumas, por exemplo, como diarreia, gastrite ou outros problemas intestinais e digestivos.
Dieta leve para mulheres grávidas

Última atualização: 08 Outubro, 2018

Muitas mulheres têm diarreia durante a gravidez. Isso geralmente se deve a alterações hormonais e sensibilidade a certos alimentos.

Embora os episódios costumem ser pontuais e quase nunca terminem em um problema grave, é necessário tomar todas as precauções, como, por exemplo, uma dieta leve para mulheres grávidas.

Alguns cuidados caseiros costumam ser suficientes. Entretanto, devemos estar atentos a qualquer sinal de perigo e ir ao médico diante da menor dúvida.

A alimentação tem um papel importante na recuperação. Em seguida, veremos algumas recomendações e ideias de dieta leve para mulheres grávidas.

O que uma mulher grávida deve fazer caso tenha diarreia?

Quando uma mulher grávida tem episódios de diarreia, eles geralmente são curtos e desaparecem espontaneamente. Normalmente, não representam nenhum risco para a saúde do bebê.

No entanto, se a diarreia durar mais de três dias, o médico deverá ser consultado.

Da mesma forma, é necessário ir imediatamente a um serviço de saúde se as fezes tiverem sangue ou se a mulher tiver episódios de vômito ou febre.

Enquanto este problema persistir, a mulher grávida deve repousar.

Além disso, também é recomendável que não faça nenhum esforço significativo e que beba muitos líquidos, como água, chá ou sucos, para evitar a desidratação.

Por essa razão, a alimentação é uma parte fundamental da recuperação. De fato, ela pode ser o principal tratamento para a diarreia.

Uma dieta leve para gestantes pode garantir a recuperação da gestante e a nutrição adequada do bebê.

dieta leve

Como evitar episódios de diarreia?

Alguns episódios de diarreia podem ser evitados tomando algumas precauções. De acordo ao exposto, a gestante deve ter isso em mente para evitar preocupações e problemas desnecessários.

O mais importante é manter uma dieta equilibrada em todos os momentos. A dieta durante a gravidez deve atender às necessidades nutricionais do período da gestação.

No entanto, há muitas mulheres que, com a desculpa da gravidez, consomem doces de maneira excessiva ou refeições muito exageradas.

O consumo excessivo de gordura ou exagero no tamanho das porções podem afetar a saúde digestiva da gestante.

Por isso, também é importante tomar a precaução de sempre comer alimentos frescos, em bom estado e que cumpram todos os padrões de higiene.

O que é a dieta leve para mulheres grávidas?

A dieta leve é uma alimentação que busca a ingestão de alimentos menos pesados ​​para o organismo e de fácil digestão.

Se uma mulher grávida tem problemas digestivos, como diarreia, ela deve cuidar de si mesma.

É muito importante que ela respeite estritamente essa dieta por alguns dias, até que esteja totalmente recuperada.

Nesse sentido, o que pode ser ingerido em uma dieta leve para gestantes?

Uma das necessidades mais importantes nesta dieta é beber muito líquido. Pode ser sucos não-cítricos, chás e água.

Por razão nenhuma deve-se consumidas bebidas gaseificadas, leite ou café.

“É importante tomar a precaução de sempre comer alimentos frescos, em bom estado e que cumpram todos os padrões de higiene”

Em geral, os alimentos que compõem uma dieta leve devem ser cozidos, levemente condimentados, com uma textura macia e livres de gordura.

Alguns dos alimentos mais recomendados são o iogurte com probióticos, maçãs ou peras descascadas e cozidas, batatas e arroz.

Além disso, também é possível consumir aveia cozida e carnes macias, como frango e peru. Peixes também são permitidos.

Vegetais cozidos ou purês, assim como como cremes de verduras —sem laticínios— são ideais.

Por outro lado, entre os alimentos que devem ser evitados a todo custo, estão as nozes, o leite e o chocolate.

Carnes vermelhas, alimentos gordurosos, alimentos condimentados ou alimentos ricos em fibras também não devem ser consumidos.

dieta leve

Quando precisa adotar uma dieta leve, a mulher grávida pode consumir no café da manhã um iogurte com probióticos e uma torrada com presunto de peru. Também pode adicionar um chá.

No meio da manhã, pode comer um pedaço de fruta, cereais ou pão integral com presunto de peru.

Para o almoço, um cardápio ideal seria frango ou peixe grelhados, acompanhado de batata e cenouras cozidas. Para finalizar, pode terminar com um chá de hortelã.

À tarde, pode comer outro pedaço de fruta, um suco que também pode ser de frutas e verduras.

Por fim, para o jantar, pode consumir uma sopa ou creme de legumes cozidos e batidos no liquidificador — frango ou vitela grelhados. Como no almoço, é muito bom finalizar com um chá de hortelã.

Pode interessar a você...
É possível seguir uma dieta vegetariana estando grávida?
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
É possível seguir uma dieta vegetariana estando grávida?

As mulheres que têm uma alimentação que não contém carne se encontram diante de uma encruzilhada na hora de encarar a gravidez. Muitas delas têm dú...



  • Guarino A., Guandalini S., Lo Vecchio A., Probiotics for prevention and treatment of diarrhea. J Clin Gastroenterol, 2015. 49: 37-45.
  • Li J., Zhao H., Song JM., Zhang J., et al., A meta analysis of risk of pregnancy los and caffeine and coffee consumption during pregnancy. Int J Gynaecol Obstet, 2015. 130 (2): 116-22.