Dilatação: primeira fase do parto

18 de novembro de 2017

A dilatação é a primeira fase do parto. Você sabia que é possível dilatar até 10 centímetros? Sem dúvida é incrível o que o seu corpo consegue fazer para permitir o nascimento do seu bebê. Se você quer saber mais sobre a dilatação, continue lendo.

A dilatação é o processo pelo qual se produz a abertura do cérvix ou colo do útero, canal que se comunica diretamente com a vagina. É um processo lento e doloroso, mas que inicia o que você leva 9 meses esperando… o parto.

Muitas mulheres podem achar desesperador o processo de dilatação. É muito difícil sobretudo para as mães de primeira viagem, já que demora muito tempo para que possam dilatar o suficiente e é muito difícil ficar muitas horas seguidas sentindo dor.

Se você ainda não passou por esse momento, provavelmente terá muito medo da dor a que nos referimos. Mas não se preocupe, é normal. Vamos contar tudo o que você precisa saber sobre a dilatação.

Como se produz a dilatação?

As contrações uterinas começam a estirar as fibras musculares do colo uterino, fazendo com que se abram. Essas contrações provocam dor, que varia em intensidade à medida que se aproxima o momento do nascimento.

a dilatação

Podemos falar de duas grandes fases:

  • Dilatação passiva: primeira parte da dilatação. Geralmente é a que leva mais tempo, ainda que chegue a dilatar apenas 3 centímetros. Essa dilatação é produzida por meio de contrações irregulares, que vão se intensificando e ocorrendo em intervalos menores.
  • Dilatação ativa: última parte da dilatação, é que vai dos 3 aos 10 centímetros. Essa fase é mais rápida que a anterior, já que as contrações são produzidas em intervalos menores e são mais intensas. Ao chegar aos 10 centímetros, começa o trabalho de parto propriamente dito.

“Deixa seu corpo fazer aquilo para o que está preparado para fazer”

O que eu posso fazer para ajudar na dilatação?

Ainda que seja difícil, manter a tranquilidade ajuda bastante. Não é que vá acelerar o processo de maneira significativa, mas fará o seu corpo tomar o controle e dessa forma ele executará o que está preparado para fazer. 

Se você está muito nervosa ou com medo, sua musculatura vai tender a se contrair, o que pode incomodar e dificultar o processo de dilatação.

Caminhar pode ajudar o bebê a ficar na posição ideal para passar pelo canal do parto. Favorece a abertura do colo do útero e, durante as longas horas de espera na primeira fase, pode aliviar um pouco a dor e os demais incômodos.

Você também pode adotar diferentes posturas que com certeza irão ajudar muito:

  • Deite-se de lado sobre a cama e coloque uma almofada entre as suas pernas. Essa posição favorece a abertura do colo do útero, mas principalmente, ajuda a descansar a zona lombar.
  • Sente-se em uma cadeira de frente para o encosto. Dessa forma você descansar suas costas e acelerar o processo de dilatação.
  • Fique de quatro sobre a cama. Balance o seu corpo suavemente para frente e para trás.

Por último, você pode utilizar a famosa bola de Pilates ou bola suíça. Essa bola, durante a gravidez e também durante as longas horas de dilatação ajuda bastante. Sente-se sobre ela e deixe-se levar num balançar suave ou dando pequenos pulinhos sobre ela.

a dilatação

Epidural e dilatação

A epidural consiste numa injeção realizada no canal raquidiano ou coluna vertebral. É introduzido um analgésico local que tem como função adormecer o corpo da cintura para baixo.

Quando falamos de epidural e dilatação, surgem várias dúvidas.

  • Dói? É uma picada realizada em zonas sensíveis, que é possível que doa no momento em que for aplicada.
  • Não vou sentir nada? Assim que fizer efeito você não vai perder a sensibilidade total do seu corpo, mas vai perceber um alívio considerável na dor das contrações. O trabalho de parto acontecerá normalmente, mas sem tanta dor.
  • Quantos centímetros preciso ter dilatado? A partir dos 3-4 centímetros é o momento de aplicá-la. Se chegar aos 7-8 centímetros já não é necessária, porque a pior parte já terá passado.
  • Dilata-se mais lentamente com a epidural? Pesquisas recentes afirmam que não vai desacelerar a dilatação.

Se você ainda tem dúvidas, consulte seu médico. Ele poderá ajudar a saber tudo o que está relacionado com a epidural e sua aplicação durante o parto.

  • Brown, H. Parto. Manual MSD- Versión para público general. [En línea].
  • Gómez, A. Periodo de dilatación. Sociedad Española de Ginecología y Obstetricia. [En línea].