Dinâmicas de grupo para trabalhar em sala de aula

29 de agosto de 2019
As dinâmicas de grupo para trabalhar em sala de aula ajudam a melhorar o funcionamento da turma e permitem que os objetivos estabelecidos para o grupo sejam atingidos. Neste artigo, vamos ficar sabendo do que tratam e o que são essas dinâmicas de grupo.

Para entender o que queremos dizer quando falamos de dinâmicas de grupo para trabalhar em sala de aula, devemos, em primeiro lugar, partir do conceito de dinâmica de grupo.

Dinâmica de grupo

Dinâmica de grupo se refere à disciplina psicossocial que estuda e analisa a formação, o desenvolvimento, os problemas, os pontos fortes e as relações de interdependência que ocorrem dentro de um grupo. O psicólogo estadunidense de origem alemã Kurt Lewin foi o pioneiro no estudo de grupos.

Ele procurava obter uma melhor compreensão dos grupos e do seu funcionamento, explicando as suas mudanças internas como resultado das forças e condições que influenciam os grupos como um todo, e como os integrantes do grupo reagem.

Ou seja, se considerarmos que estudar e analisar as forças que ocorrem dentro de um grupo nos permitiria compreendê-lo melhor, então poderíamos pensar que trabalhar a sua dinâmica ajudaria a melhorar o seu funcionamento. Como isso é possível?

Técnicas de dinâmica de grupo

Dinâmicas de grupo para trabalhar em sala de aula

Foram desenvolvidas diversas dinâmicas de grupo para trabalhar sobre o funcionamento dos grupos. Muitas delas são válidas para trabalhar em sala de aula, considerando a turma como um grupo.

Essas dinâmicas de grupo se referem a meios sistematizados ou procedimentos aplicados. Elas têm como objetivo organizar o grupo e desenvolver a sua atividade.

Então, com base no conhecimento que a teoria das dinâmicas de grupo proporciona, as dinâmicas de grupo para trabalhar em sala de aula consistem no desenvolvimento de diversas atividades e jogos que podem ajudar o grupo a alcançar os objetivos propostos e a melhorar a sua eficiência.

No caso específico de um grupo-turma, as dinâmicas terão como objetivo estimular a aprendizagem significativa e a socialização, bem como a criatividade, a coesão, a comunicação, a cooperação, a autonomia e a responsabilidade, entre outros aspectos, além de ajudar na resolução de problemas e conflitos dentro do grupo.

Existem técnicas bem conhecidas de dinâmica de grupo, tais como grupo de discussão, role-playing, brainstorming, ou phillips 6.6, entre outras. Essas técnicas serviram de base para o desenvolvimento de outras dinâmicas, diversas atividades e diferentes jogos para trabalhar com grupos, de acordo com suas características particulares.

Alguns exemplos

Existem várias classificações de dinâmicas de grupo, de acordo com os autores envolvidos. Mas, na maior parte, certas condições são levadas em consideração, tais como os objetivos propostos, a maturidade do grupo, o seu tamanho, o ambiente ou as características dos seus integrantes.

Dinâmicas de grupo

Considerando que toda dinâmica de grupo para trabalhar em sala de aula deve levar em conta essas e, certamente, outras condições, compartilhamos alguns exemplos:

  • Dinâmica para trabalhar a comunicação e a cooperação. “O grande mural”. Grupos de seis alunos devem estar de acordo sobre uma ideia que deverá ser expressa em um grande desenho.
    • Essa dinâmica tem como objetivo promover a comunicação e o consenso entre os integrantes do grupo a partir do trabalho em equipe, da escuta ativa e do respeito pela opinião dos outros.
  • Dinâmica para trabalhar a comunicação, motivar e orientar para uma tarefa. “Entrevistas em pares”. Em pares, as crianças serão entrevistadas alternadamente sobre um tópico específico, correspondente à programação da matéria.
    • Essa dinâmica tem como objetivo perguntar sobre os conhecimentos prévios dos alunos e considerá-los desencadeadores para posteriormente trabalhar o assunto em maior profundidade.
  • Dinâmica para obter a resolução de um problema e trabalhar a criatividade. Como resolvemos isso? Os alunos devem dar orientações e possíveis soluções para um problema, que pode ser, por exemplo, superar o medo do escuro ou superar a timidez.
    • Essa dinâmica tem como objetivo fornecer soluções e ideias criativas, bem como discutir problemas que possam afetar a todos.